toninho do pt

Ao participar da inauguração de uma nova estação de tratamento de esgoto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vai ver, em frente ao seu palanque, uma manifestação liderada pela viúva do prefeito de Campinas, Toninho do PT. Com faixas, Roseana Garcia pede ao presidente que o governo federal investigue a morte do marido.

Uma das faixas traz a mensagem: “Presidente, mais de 70% da população de Campinas acredita em crime político. Solicitamos a presença da Polícia Federal nas investigações”.

“Desde que Lula se elegeu presidente, foi um compromisso dele de campanha comigo que esse crime seria investigado pela Polícia Federal. O governo hoje pode levar esse crime para a esfera federal. E eu espero que ele faça isso”, afirmou Roseana.

Toninho do PT foi assassinado em 10 de setembro de 2001. Segundo Roseana, as investigações para encontrar os culpados foram concluídas pela Polícia de São Paulo em maio de 2002. “Sabendo da corrupção da Polícia de São Paulo e da atuação política do meu marido nesses últimos 20 anos, já tinha solicitado a presença da Polícia Federal desde o início. Uma Polícia Federal escolhida a dedo, mas nada aconteceu”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here