Xiaomi fica proibida de usar o nome ‘MIX’ em seus celulares, caso afeta Mi Mix 4 0 107

xiomi mi mix 4 pode nao ter esse nome

A Xiaomi vem enfrentando um problema com o nome “Mix” de seus aparelhos na China. Até o momento a empresa de smartphones chinesa contava com uma linha de aparelhos chamada Mi Mix, lançado até a versão 3. Mas diante deste problema o aguardado Xiaomi Mi Mix 4 não deve chegar com este nome, pelo menos na China.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A empresa perdeu um processo judicial referente aos direitos do uso do nome “Mix” na China, que é um nome registrado por outra companhia desde o último ano de 2014. A Xiaomi porém lançou o seu primeiro modelo Mi Mix em 2016, o que justificou sua derrota.

A empresa deverá tentar um acordo com os detentores legais da marca para utilizar o nome Mix, sem haver a necessidade de rebatizar todos os seus aparelhos de alto padrão.

Nova carteira de identidade com QR Code chega ao Brasil.

Registro

A Xiaomi lançou seu primeiro modelo da linha Mi Mix em novembro de 2016. Ela registrou o nome como uma propriedade sua, porém o mesmo foi feito sem saber que havia uma outra companhia chinesa já utilizando o termo nos seus produtos.

Então o uso do nome foi levado aos tribunais chineses a partir de março de 2019. O caso transcorreu até esta semana de agosto, chegando a conclusão de que a Xiaomi terá duas alternativas:

  • Lançar uma nova linha de produtos para evitar multas e sanções;
  • Ou fechar um acordo legal com os detentores da marca Mix.

Renomeação

Mas a Xiaomi está forte em todo o mercado internacional, já sendo um dos modelos preferidos pelos brasileiros. E fora da China a linha “Mix” poderá ser chamada desta maneira, pois já há o registro. A mudança deverá ser apenas no país.

Produtos “premium”

A Xiaomi tem um carinho especial pela linha Mix, pois é a que abrange os produtos premium da marca. O Mi Mix 3, último lançamento, é um aparelho com design bem diferente do mercado, havendo inclusive uma câmera frontal retrátil. O aparelho conta também com receptor 5G, sendo um dos primeiros celulares capazes de receber sinal da internet mais rápida do mercado atual.

Está previsto que o Mi Mix 4 seja composto por processador Snapdragon 855 Plus, sensor fotográfico de 108MP e recarregamento sem fio.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novidade para gamers, GeForce RTX Super é anunciada nesta terça-feira 0 158

gforce rtx super lancamento nvidia

Chega ao mercado a partir desta terça-feira (02/07) a nova linha de placas de vídeo da Nvidia, o modelo GeForce RTX Super, que é nada menos do que um upgrade da já existente e de grande sucesso GeForce RTX. Os responsáveis pela Nvidia disseram que esta linha trará o melhor desempenho custo/benefício do mercado atual.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A empresa ainda cita que quem adquirir a placa, não vai precisar se preocupar com upgrades, pelo menos em um futuro próximo, pois ela é suficiente para executar praticamente todos os novos jogos revelados em Los Angeles EUA, durante a feira de games e tecnologia E3 de 2019.

Lançamentos e valores

Os upgrades nas placas RTX contarão com três novas opções, a Ge Force RTX 2060 Super, a RTX 2070 Super e a RTX 2080 Super. Os seus valores nos Estados Unidos serão respectivamente US$ 399, US$ 499 e US$ 699. Um valor que na conversão atual do dólar estaria entre R$ 1500 e R$ 2700, mas sabemos que ainda haverá os tributos, mais taxas de importação e provavelmente quando chegar no Brasil, será um pouco mais caro.

Os desenvolvedores da RTX Super informam que o desempenho foi bem melhorado, principalmente com relação a velocidade de memória, que subiu de 14 Gbps da antiga RTX 2080, para atuais 15,5Gbps. O benefício será com relação ao preço, pois será mais rápida que uma Titan XP, com o mesmo valor da antecessora.

A RTX 2060 Super também ganha 22% mais eficiência do que a RTX 2060 antiga, onde a evolução principal está nos atuais 8Gb de memória RAM, uma evolução de 2Gb com relação a antecessora.

A RTX 2070 super, ganha uma melhora de desempenho superior a 24% com relação ao modelo antigo e sendo superior também a GTX 1080 Ti, outro enorme sucesso do mercado de placas para gamers.

O grande “chamariz” para esta nova linha da Nvidia está em relação ao preço dos chipsets.

Nokia volta o mercado com bateria que dura duas vezes mais 0 198

nokia baterias do futuro

Com o objetivo de se alavancar novamente no mercado internacional, a empresa de smartphones Nokia faz um lançamento que é uma das principais preocupações do momento quando o assunto é tecnologia, a duração das baterias.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Uma equipe de pesquisadores que trabalham para a Nokia sob a companhia finlandesa, Bell Labs, desenvolveram um novo tipo de bateria que tem capacidade para durar duas vezes e meia a mais do que todas as opções disponíveis nos smartphones atuais.

A tecnologia desenvolvida pelos cientistas usa nanotubos de carbono, capaz de armazenar mais energia no mesmo tamanho das baterias atuais. Ela será fundamental para o futuro dos smartphones e outros dispositivos portáteis.

Ela é mais eficiente e principalmente não exige o aumento do volume do componente, afinal aparelhos portáteis precisam ser práticos e também contar com baixo peso e tamanho.

O segredo segundo o artigo publicado na Nature Energy está ligado à construção da bateria. Ela deverá eliminar os focos de ineficiência e todos os gargalos, mantendo o fluxo de energia constante e de alta durabilidade. A nova bateria da Nokia ainda contará com o diferencial de que irá proporcionar uma recarga ainda mais rápida.

Comparativo com baterias do mercado atual

As novas baterias da Bell Labs em parceria com a Nokia rendem células de 480 Wh/kg (watts hora por quilograma), uma medida de densidade utilizada por especialistas. Ou seja, mostra a relação de energia x tamanho por célula da bateria.

Os resultados feitos em laboratório foram duas vezes e meia superiores à melhor bateria de lítio utilizada em smartphones TOP de linha.

Além de melhorar o desempenho dos aparelhos, as novas baterias serão fundamentais para a nova geração de aparelhos que deverão contar com acesso à tecnologia 5G que está chegando aos países de primeiro mundo. Todos os componentes dos novos aparelhos deverão exigir um pouco mais de energia, portanto será fundamental.

Outros aparelhos importantes da nova geração que irão se beneficiar das baterias são os drones. A Uber, Amazon e outras empresas já estão iniciando os testes práticos de entrega com drones e uma das principais preocupações é com relação a autonomia.

Automóveis do futuro

O início de tudo será os smartphones, mas a Bell Labs já fala sobre a produção de baterias com tecnologias semelhantes e que poderão ser renováveis. Elas poderão fazer parte do futuro dos carros autônomos e elétricos. Mas todos os derivados desta tecnologia só devem surgir nos próximos 5 a 10 anos.

Most Popular Topics

Editor Picks