Skip to content

Praias de Miami e Fort Lauderdale serão fechadas por causa do coronavírus

16 de março de 2020
miami beach fort lauderdade fecham praias

Muitas empresas e outras instituições pelo mundo vem dispensando seus funcionários por conta da pandemia de coronavírus. E como saída para o “tédio” muitos estão optando por ficar nas praias, algo que vem preocupando as autoridades de saúde.

Em decorrência disso, regiões da Europa estão colocando policiais nas orlas e proibindo os banhos de mar. O mesmo deve ocorrer a partir desta segunda-feira (16/03) nas praias de Miami e Fort Lauderdade, ambas na Flórida, Estados Unidos.

Regiões mais populares das praias de South Beach devem ficar fechadas ao público após às 17h. A decisão foi do gerente da cidade,Jimmy Morales e do prefeito, Dan Gelber.

Espanha fecha praias e proíbe banhos de mar em tentativa de impedir surto!

Bares e outros estabelecimentos

O fechamento ao público deve se estender à bares, restaurantes e clubes, que deverão limitar os seus horários de funcionamento. É preciso que as pessoas se conscientizem sobre suas decisões de irem a bares, lojas, restaurantes ou até mesmo saírem de casa.

“Precisamos evitar que multidões se aglomerem e representem um risco à saúde pública.”

Praias pelo Brasil

Por outro lado o Brasil ainda não tem nenhuma medida para impedir multidões nas praias, principalmente no Rio de Janeiro, região que conta com uma grande porcentagem dos casos de coronavírus no Brasil.

Copacabana está completamente lotada. A população acabou deixando de lado as orientações do governador Wilson Witzel sobre evitar aglomerações nas praias. Este domingo era o último do verão 2020, mas mesmo com a referência de que haviam menos pessoas que o “habitual” nas praias da Zona Sul, todo mundo estava curtindo o dia de sol sem qualquer preocupação com a transmissão do Covid-19.

Moradores da região relatam que não adianta nada suspender as aulas, manter as crianças confinados se nos fins de semana as praias estão lotadas e durante a semana os pais precisam sair trabalhar pegando transporte coletivo.

Todo mundo acaba ficando vulnerável ao vírus e podem estar espalhando em suas rotinas de trabalho e lazer.