Denúncia faz Hospital Pró-Cardíaco pagar multa diária de mil reais à condomínio 0 115

hospital pro cardiaco multas

Uma multa de mil reais foi estabelecida contra o Hospital Pró Cardíaco do Rio de Janeiro. Motivo? Volume de ruído acima do máximo permitido por lei na região do Botafogo. O hospital realizou recentemente diversas obras para expandir suas alas e isso fez com que vários equipamentos de exaustão e refrigeração também fossem instalados.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O problema está no fato destes aparelhos terem sido instalados em a proteção acústica ideal, pois se tratam de aparelhos que funcionam 24h por dia, todos os dias da semana.

Esse barulho fica de frente para as fachadas de alguns dos principais condomínios na região. O maior incômodo é a noite, quando o silêncio do bairro faz o barulho propagar ainda mais para dentro dos apartamentos.

O incômodo se arrasta a anos, onde em 2014, os condôminos se viram obrigados a entrar com uma ação judicial para que o hospital desse uma solução para o caso. Inclusive um aparelho que mede decibéis foi adquirido e os ruídos atingiram 75db, onde no local seria permitido no máximo 55db.

Ação na justiça

O advogado responsável por representar os moradores do condomínio é Marcos Vinícius Menezes. Ele relata que como o barulho ultrapassa todos os limites toleráveis pelos seres humanos, não há outra solução senão a “briga” na justiça.

Em outubro deste ano foi divulgada uma decisão em primeira instância, onde o juiz constatou a irregularidade através de um perito oficial. A vitória por enquanto está direcionada aos moradores. Tanto que a multa está sendo aplicada justamente porque foi reconhecido o problema.

Em um primeiro momento o juiz deu o prazo de 30 dias para que as adequações necessárias fossem realizadas. A pena neste caso seria de R$ 100 por dia. Mas a questão não foi solucionada e o prazo chegou ao fim. Então o juiz definiu que haverá uma multa diária de R$ 1.000 até que o problema seja sanado.

Restos mortais do Hércules C-130 são encontrados.

O hospital diz que já foram tomadas diversas medidas, inclusive com o auxílio de empresas especializadas no assunto. Esse problema deve chegar ao fim nos próximos dias.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

45 mil litros de combustível são apreendidos pela PRF em Seropédica 0 102

45 mil litros combustivel preso pela prf

Uma apreensão considerada grande de combustíveis foi feita pela Polícia Rodoviária Federal na manhã deste último dia de novembro (30/11). A PRF parou três carretas carregadas com etanol e encontrou irregularidades nas notas fiscais.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A carga foi apreendida durante uma blitz que os agentes federais realizavam no quilômetro 208 da via Dutra. Este quilômetro fica localizado na cidade de Seropédica, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

As carretas estavam carregadas de etanol e durante o flagrante foi constatado a irregularidade nas notas fiscais dos três veículos. Elas foram apreendidas juntas pois seguiam em comboio para a capital, Rio de Janeiro.

Museu Grünes Gewölbe é invadido por ladrões na Alemanha e bilhões são levados.

45 mil litros de combustível irregular

Os policiais abordaram os motoristas e solicitaram as notas fiscais das mercadorias. Então elas foram consultadas nos sistemas de segurança da PRF e então foi constatado irregularidades tributárias nos documentos. Todos os veículos eram responsáveis pelo transporte de 45 mil litros de etanol pronto para uso.

Após constatar as irregularidades, a questão foi encaminhada para o Posto Fiscal da Secretaria de Fazenda Estadual (SEFAZ), que é localizada em Nhangapi, na região de Itatiaia, Rio de Janeiro.

Os motoristas estão prestando depoimento para a polícia rodoviária, mas devem ser liberados nas próximas horas.

Imagem divulgação: Extra.com

Programa Médicos para o Brasil tem bônus aumentado pela MP 890/2019 0 133

programa medicos para o brasil aumento bonus

O Programa Mais Médicos, agora deve ser chamado de Programa Médicos para o Brasil, pois o governo Bolsonaro criou uma emenda através da Medida Provisória (MP 890/2019) e ela foi aprovada na Câmara dos Deputados na noite desta última terça-feira (26/11), seguiu para Senado Federal nesta última quarta-feira (28/11) e também foi aprovada, mesmo que com uma certa dificuldade.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O prazo limite seria esta quinta feira, já que a MP foi assinada por Jair Bolsonaro no último mês de agosto, onde durante a prorrogação após outubro, acabou rebatizando o nome do programa para “Médicos para o Brasil“.

Bolsonaro espera que dólar caia em 2020, mas Guedes diz o contrário.

Bônus nos salários dos médicos

A emenda da MP que pretende equiparar os salários dos médicos federais ativos com as outras carreiras universitárias do Ministério da Saúde é de autoria do deputado federal Dr. Luizinho (PP-RJ).

O deputado sugeriu a criação de um pagamento de Gratificação de Desempenho da Carreira da Previdência, da Saúde e do Trabalho – GDPST, que irá aumentar em 11,8%, ou seja, em R$ 1.500 os salários.

Nos cofres públicos o impacto deve ser de 14,7 milhões de reais mensais.

Equiparação de salários dos médicos

O ex-presidente do Sindicado dos Médicos do Rio, Jorge Darze, fez parte do pleito para a equiparação salarial dos médicos federais. Todos da bancada do Rio de Janeiro acabaram votando a favor.

Cerca de 6 mil médicos ativos serão beneficiados pelas mudanças. Hoje segundo informações do sindicato, os médicos federais recebem em média R$ 2.500 a menos que psicólogos, fonoaudiólogos e outras áreas semelhantes.

Porém o “bônus” será concedido por conta do desempenho individual do servidor, com base nas metas de desempenho institucional. Além disso a entidade onde o médico está vinculado, também deverá influenciar o benefício.

Ela também será paga a partir de agora, ou seja, não há possibilidade de tentar reaver valores antigos, os retroativos.

Most Popular Topics

Editor Picks