Ministério da Saúde pretende reduzir em 15% as mortes de bebês e crianças 0 426

ministerio saude reducao mortes

Como o objetivo conhecer as circunstâncias de ocorrência de óbitos infantis e fetais, o Ministério da Saúde instituiu nesta quarta-feira, dia 14, o Comitê Nacional de Prevenção do Óbito Infantil e Fetal.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Dados de 2002 do ministério e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)apontam que a taxa de mortalidade infantil no Brasil era de 26,5 mortes por mil nascidos vivos. Em 56% dos casos, as mortes foram decorreram de causas perinatais.

Em relação à mortalidade fetal (crianças que morrem antes de nascer), dados do mesmo ano apontavam no Brasil uma taxa de 12,1 mortes por mil nascimentos totais, vivos e mortos. A maioria dos óbitos também decorreu de causas que poderiam ser prevenidas.

Com a criação do comitê, o ministério pretende identificar fatores de risco e propor medidas para melhorar a assistência à saúde para a reduzir a mortalidade natal e perinatal (ligada ao pré-natal e à assistência ao parto e ao recém-nascido).

Durante a cerimônia, foi lançado um manual dos comitês de prevenção do óbito infantil e fetal. Com isso, o governo pretende cumprir o Pacto pela Redução da Mortalidade Materna e Neonatal e reduzir em 15% os atuais índices de mortes de mulheres e de bebês com até 27 dias de vida até o final de 2006.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

IDH: 30 crianças morrem a cada 1 mil nascidas no Brasil 0 313

idh brasil nascimento criancas

O Relatório de Desenvolvimento Humano de 2004, divulgado nesta quinta-feira, dia 15, pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), aponta a redução da mortalidade infantil como um dos desafios do Brasil. De cada mil nascidos vivos, 30 acabam morrendo.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A média brasileira é maior que a da América Latina e Caribe, cujo índice é de 27 mortes para cada mil nascimentos. Na década de 70, de cada mil crianças nascidas no Brasil, 95 acabavam morrendo, nove a mais que a média verificada no mesmo período na América Latina e Caribe.

O levantamento divulgado nesta quinta-feira, dia 15, mostra que a taxa de mortalidade infantil brasileira supera a do Chile (10 mortes para cada mil nascidos), e a da Argentina (16 mortes no grupo de mil crianças). Mas os índices brasileiros são pouco melhores que os da China, por exemplo, país em que, de cada mil nascimentos, 31 crianças acabam morrendo.

Feira da Saúde acontece em Monteiro nesta quinta-feira 0 376

feira saude monteiro

A Prefeitura Municipal de Monteiro realiza nesta quinta-feira, dia 15, a feira Vivendo Saúde na Zona Rural, com uma vasta programação em atendimento médico e atenção básica. A feira acontecerá no sítio Queimadas, abrangendo toda a população atendida pelo Programa Saúde da Família na região (PSF 05). Em Monteiro, a cobertura do PSF é de 100%.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Oftalmologia, clínica geral e eletrocardiograma fazem parte dos atendimentos médicos que a Secretaria de Saúde e Bem Estar Social preparou para o evento. Na atenção básica, haverá escovódromo, teste de glicemia capilar, verificação da pressão arterial, imunização (em crianças, adultos e idosos), medição de hipertensão e diabetes e distribuição de medicamentos.

A comunidade local também receberá dicas e informações das vigilâncias Epidemiológica, Sanitária e Ambiental, além de assistir a palestras sobre fitoterapia. Na ação social, haverá cabeleireiros e manicures.

A programação da Vivendo Saúde contará ainda com apresentações de trabalhos das secretarias de Saúde e de Educação e de projetos da Escola do Sítio Queimadas, encenação de uma peça teatral, grupo de danças, apresentação de uma quadrilha junina e animação de sanfoneiros. A feira acontecerá durante todo o dia, a partir das 8 horas.

Most Popular Topics

Editor Picks