Famosos

Bruno Gagliasso se envolve em nova polêmica

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O ator Bruno Gagliasso, o protagonista de O Sétimo Guardião, se envolveu em uma nova polêmica. Ele publicou uma foto em seu Instagram pessoal, para se protestar contra o posicionamento da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

Foto editada?

Na ocasião, Damares publicou um vídeo dizendo que meninos vestem azul, e meninas vestem rosa. Não demorou muito, para o vídeo causar muita repercussão na internet, com várias pessoas e artistas se posicionando a favor, e contra.

Na foto postada por Bruno Gagliasso, o ator aparece usando uma blusa rosa, opondo-se claramente contra a declaração da ministra. Mas, o maquiador Augustín Fernandez, conhecido por apoiar Jair Bolsonaro, questionou a respeito da cor de blusa usada pelo ator.

A suspeita é de que ele tenha alterado a cor da peça, pois outra foto idêntica postada por ele, revela a diferença. Augustín disse que Bruno Gagliasso é hipócrita, e que só fez isso para chamar atenção.

Na foto considerada falsa, Bruno comentou na legenda, que usa o que quiser, roupa rosa ou saia rosa. Ele e outros artistas, postaram fotos usando roupas de cores azul e rosa, em protesto e por polêmica. 

Até o momento, o ator Bruno Gagliasso não se manifestou sobre a polêmica. Se o artista não se posicionou, o seu irmão Thiago Gagliasso não perdeu a oportunidade, e escreveu em suas redes sociais, que todo esse drama é desnecessário, pois as crianças devem usar a cor que quiserem.

Thiago criticou a classe artística, incluindo o irmão Bruno, que simplesmente ignoraram o fato de que o governo, a mídia e outras influências, insistiram em sexualizar as crianças, na área da educação, sem levar em conta a faixa etária delas, e a necessidade real para isso. 

Apenas uma foto do ator usando uma blusa rosa de manga comprida, foi postada por Bruno nas redes sociais, dando boa noite aos fãs. Muitos internautas, entenderam a postagem como uma afronta ao comentário do maquiador Augustín.

O sujo ou o mal lavado

No ano passado, Bruno Gagliasso se manifestou e processou alguns artistas e celebridades, sobre comentários considerados racistas contra a filha Titi Gagliasso. 

Ao se posicionar contra o racismo, os internautas encontraram alguns comentários feitos pelo artista no ano de 2009, em seu Twitter, onde criticava algumas pessoas por serem homossexuais, feias (de acordo com a opinião do artista) ou negras.

Na tentativa de se justificar, Bruno fez um novo post no Twitter, dizendo que era uma pessoa racista e homofóbica, mas ele mudou, por isso está passando tudo a limpo, para que enfim o mundo seja um lugar melhor.

Consequência de seus comentários, o ator perdeu uma campanha publicitária de um mês com o banco Itaú, e em uma campanha da prefeitura do Rio de Janeiro contra a LGBTfobia. 

Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e a filha Titi Gagliasso, seguem firmes em seus trabalhos artísticos, mas, protagonizando polêmicas na internet, seja com internautas, ou com qualquer um que for contra as suas ideologias políticas. 

Write A Comment