Bolsonaro discursa na abertura da ONU em Nova Iorque 0 242

bolsonaro discurso na onu

Na manhã desta segunda-feira (23/09), Jair Bolsonaro embarcou rumo a Nova Iorque nos Estados Unidos, onde deve participar da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). O presidente saiu do Palácio da Alvorada por volta das 6h30, onde seguiu até a Base Aérea de Brasília

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O Brasil é o responsável por realizar o discurso inicial na ONU desde 1949. Para este primeiro discurso do presidente eleito, Bolsonaro mencionou que irá defender a soberania nacional no quesito Amazônia. Isso porque ele acredita que será indagado por outros chefes de Estado, sobre o plano ambiental do Brasil diante das últimas situações.

Bolsonaro disse que já está com um discurso pronto sobre a resposta e que não pretende “acusar” nenhum outro presidente, mesmo discordando de pontos como os de Macron.

Impostos sobre videogames é reduzido no Governo Bolsonaro.

Brasil e o meio ambiente

Hoje há uma crise diplomática e ambiental com outros líderes de Estado, após as declarações polêmicas do presidente Bolsonaro, com relação ao aumento de queimadas e desmatamentos na Amazônia nos últimos dias.

Entre os criticados estão a Alemanha, Noruega e também o presidente francês, Emmanuel Macron, que na ocasião queria discutir internacionalmente quais seriam os próximos passos em relação a floresta amazônica, presente em boa parte no território brasileiro.

Agenda de Bolsonaro em Nova Iorque

O presidente embarcou na manhã desta segunda-feira e deve retornar ao Brasil na próxima quarta-feira (25/09). A permanência nos Estados Unidos é exclusiva para resolver assuntos da ONU.

A princípio estava marcado uma reunião em Dallas no Texas, com empresários da tecnologia, porém a mesma foi desmarcada.

A comitiva até os EUA contará com a presença da primeira-dama Michelle Bolsonaro, os ministros Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), o médico Ricardo Camarinha e o filho e deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Ao deixar o Brasil, Bolsonaro fez novamente a transmissão de cargo para Hamilton Mourão, na manhã desta segunda, onde ele irá assumir novamente o exercício da Presidência da República.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eduardo Bolsonaro confirma novo partido do pai, o Aliança pelo Brasil APB 0 304

novo partido bolsonaro alianca pelo brasil

Bolsonaro deixa o PSL e irá criar o partido Aliança Pelo Brasil (APB), onde cerca de 30 parlamentares do próprio PSL devem se desfiliar nos próximos dias e seguir o presidente nesta nova etapa de sua carreira.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Além de confirmar a criação do partido, a primeira reunião na “nova casa” está prevista para acontecer no próximo dia 21 de novembro de 2019.

Entre os que irão acompanhar o presidente, está o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que já solicitou ao Tribunal Superior Eleitoral a remoção de seu nome da chapa. Ele é um dos que não irá perder seu cargo deixando o PSL, pois concorreu em uma eleição majoritária.

Fim do DPVAT no Brasil, mas não o fim do direito de contratar um seguro.

Já outros deputados que optarem pela saída, poderão ficar sem seus mandatos.

Aliança pelo Brasil

O novo partido do presidente já está em um processo bem adiantado, algo que já vem sendo conversado nos bastidores, desde o início das crises com o PSL.

Até março os novos aliados querem estar com tudo pronto para a migração.

Eduardo Bolsonaro publicou algo que pode ser logo do novo partido e citou que “este é um momento histórico para o Brasil, onde a grande maioria silenciosa agora terá voz”.

Bolsonaro disse em uma reunião no PSL que já estava decidido em fazer um partido com “diretrizes e transparência” a sua escolha. Ele ainda informou que quem quiser permanecer no PSL pode fazer a sua escolha tranquilamente, todos devem ter a liberdade de optar por segui-lo ou não.

Brasil membro da OPEP? Este é um dos desejos de Bolsonaro 0 221

brasil membro da opep desejo de bolsonaro

Ainda durante a sua viagem para a Arábia Saudita, o presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (30/10), que se o Brasil se tornar membro da Opep, isso seria um sonho para a economia.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A afirmação ocorreu durante um evento com investidores no país saudita, sob a justificativa de que o Brasil é detentor de uma excelente tecnologia de extração de petróleo com o pré-sal e isso seria muito interessante para a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Todos artigos que houve vetos de Bolsonaro no Projeto de Abuso de Autoridade.

Opinião pessoal

Mas ele mesmo disse que esta é uma opinião pessoal e que há uma possibilidade do país fazer parte do grupo de produtores que conta como líder a própria Arábia Saudita.

Entre os membros da Opep estão os seguintes países:

  • Angola;
  • Argélia;
  • Gabão;
  • Guiné Equatorial;
  • Líbia;
  • Nigéria;
  • Gabão;
  • Venezuela;
  • Equador;
  • Arábia Saudita;
  • Emirados Árabes Unidos;
  • Irão;
  • Iraque;
  • Kuwait;
  • Catar;
  • Indonésia.

Oito destes países estão entre os 14 maiores produtores de petróleo do mundo. Mesmo diante da maioria ser árabe, a língua oficial da organização é o inglês. Mas a Opep não conta com a participação dos Estados Unidos.

Most Popular Topics

Editor Picks