Divergências | Governistas não se entendem 0 221

lindolfo pires

A falta de união entre os membros da bancada de apoio ao governo do Estado na Assembleia Legislativa, que não conseguem formar quórum para votar os projetos de interesse do Poder Executivo, começa a tomar forma.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Na manhã de ontem, o deputado estadual José Aldemir (Dem) chamou o líder da situação, deputado Lindolfo Pires (Dem) de equivocado, devido às informações prestadas em relação ao que de fato aconteceu durante a sessão da terça-feira (14), quando parlamentares teriam sido impedidos de participar da contagem de presentes para formação do quórum.

“Lindolfo Pires disse que eu e o deputado Janduhy Carneiro havíamos sido barrados pelos deputados que fazem oposição ao governo do estado para que não tivéssemos acesso ao plenário para não dar quórum, mas isso não procede porque eu sei o meu papel como parlamentar e não fugiria disso”, afirmou o deputado José Aldemir.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro reconheceu formalmente a enviada da oposição venezuelana ao Brasil 0 60

enviada da oposição venezuelana ao brasil

O presidente de extrema-direita do Brasil, Jair Bolsonaro, recebeu as credenciais diplomáticas da enviada do líder da oposição venezuelana, Juan Guaido, ao Brasil. Em outras palavras, Bolsonaro reconheceu formalmente a enviada da oposição venezuelana ao Brasil.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:

Bolsonaro reconheceu formalmente a enviada da oposição venezuelana ao Brasil

A embaixadora Maria Teresa Belandria, enviada da oposição venezuelana ao Brasil, disse na sexta-feira que o governo brasileiro retirou seu convite para apresentar suas credenciais no palácio presidencial. Mas sua porta-voz disse à Reuters na terça-feira que o governo mudou de idéia.

O porta-voz de Bolsonaro, general Otavio Rego Barros, disse que o Brasil está adotando a postura de outros membros do chamado Grupo de Lima de países que apoiam Guaido e a realização de eleições democráticas na Venezuela. Por essa razão ele reconheceu a enviada da oposição venezuelana ao Brasil.

Belandria, no entanto, não será capaz de se mudar para a embaixada venezuelana em Brasília porque ainda está ocupada por diplomatas representando o presidente esquerdista da Venezuela, Nicolas Maduro, e eles não serão expulsos do Brasil, disse Rego Barros.

A análise diplomática

Analistas diplomáticos disseram na semana passada que a ala militar do governo de Bolsonaro estava relutante em reconhecer a enviada da oposição venezuelana ao Brasil porque as autoridades não vêem uma mudança iminente de governo na Venezuela.

O pedido de Guaido às forças armadas venezuelanas para abandonar Maduro e se juntar ao movimento de oposição foi amplamente ignorado no mês passado, levando muitos a pensar que ele havia exagerado em suas mãos com o apoio do governo dos EUA.

Bolsonaro, como muitos líderes na região, tem sido fortemente crítico de Maduro e reconheceu Guaido como o líder legítimo do país.

Ex-oficiais militares, que compõem cerca de um terço do gabinete de Bolsonaro, têm sido cautelosos em provocar Maduro, alertando contra medidas que podem levar a uma crise econômica e política à violência em toda a fronteira norte do Brasil.

O principal assessor de segurança de Bolsonaro, o general aposentado Augusto Heleno, disse à Reuters no início deste mês que as forças armadas da Venezuela decidirão o futuro de Maduro e poderão destituí-lo para liderar a transição para eleições democráticas.

Concurso do TRF4 foi aberto com salários de até R$ 12 mil para o PR, SC e RS 0 89

concurso trf4 rs sc pr

Está confirmadíssimo! Concurso do TRF-4 com salários de até R$ 12 mil reais para os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul foi confirmado nesta quinta-feira e terá as inscrições iniciadas a partir da próxima segunda-feira, dia 03 de junho.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região finalmente publicou o edital do concurso público que já estava previsto a um bom tempo para sair. Há vagas para técnico judiciário e analista judiciário. Quem for aprovado irá fazer parte do quadro permanente da Justiça Federal e do TRF-4 que abrange as regiões do Paraná (JFPR), Santa Catarina (JFSC) e também do Rio Grande do Sul (JFRS).

O responsável pela organização deste concurso será a Fundação Carlos Chagas (FCC). Através de seu site oficial será possível realizar as inscrições nesta segunda-feira, a partir das 10hs. Nele o candidato poderá ler todos os detalhes do edital e conferir eventuais novidades sobre o concurso.

As inscrições seguem até o próximo dia 26 de junho às 14hs e todas deverão ser feitas exclusivamente pela internet. As provas estão previstas para acontecer no próximo dia 04 de agosto de 2019.

Edital TRF-4

Salários

Os salários para técnico judiciário estão em R$ 7591,73 + benefícios, os candidatos interessados precisam ter ensino médio completo. As áreas de atuação devem ser na parte administrativa, transporte, tecnologia da informação e também de segurança.

Já o cargo de analista judiciário contará com uma remuneração de R$ 12.455,30 + benefícios. O candidato deverá ter nível superior completo. Para a área judiciária é preciso ter graduação em direito e para a área de tecnologia da informação é preciso ter graduação em qualquer área, desde que tenha uma especialização na área de TI.

Local das provas

As provas serão feitas em cidades específicas nos três estados. No Paraná os candidatos poderão realizar as provas em:

  • Curitiba;
  • Guarapuava;
  • Cascavel;
  • Umuarama;
  • E Londrina.

Já em Santa Catarina as provas poderão ser feitas nos municípios de:

  • Florianópolis;
  • Chapecó;
  • Criciúma;
  • Itajaí;
  • Lages;
  • E Joinville.

E no Rio Grande do Sul as cidades escolhidas foram:

  • Porto Alegre;
  • Uruguaiana;
  • Canoas;
  • Caxias do Sul;
  • Passo Fundo;
  • Pelotas;
  • Santa Maria;
  • E Santo Ângelo.

Os candidatos interessados em realizar as inscrições devem acessar o site oficial da FCC através do endereço:

A comissão ainda disponibiliza o email concserv@trf4.jus.br para quem ainda está com dúvidas sobre o concurso.

Most Popular Topics

Editor Picks