Skip to content

Eduardo Bolsonaro confirma novo partido do pai, o Aliança pelo Brasil APB

12 de novembro de 2019
novo partido bolsonaro alianca pelo brasil

Bolsonaro deixa o PSL e irá criar o partido Aliança Pelo Brasil (APB), onde cerca de 30 parlamentares do próprio PSL devem se desfiliar nos próximos dias e seguir o presidente nesta nova etapa de sua carreira.

Além de confirmar a criação do partido, a primeira reunião na “nova casa” está prevista para acontecer no próximo dia 21 de novembro de 2019.

Entre os que irão acompanhar o presidente, está o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que já solicitou ao Tribunal Superior Eleitoral a remoção de seu nome da chapa. Ele é um dos que não irá perder seu cargo deixando o PSL, pois concorreu em uma eleição majoritária.

Fim do DPVAT no Brasil, mas não o fim do direito de contratar um seguro.

Já outros deputados que optarem pela saída, poderão ficar sem seus mandatos.

Aliança pelo Brasil

O novo partido do presidente já está em um processo bem adiantado, algo que já vem sendo conversado nos bastidores, desde o início das crises com o PSL.

Até março os novos aliados querem estar com tudo pronto para a migração.

Eduardo Bolsonaro publicou algo que pode ser logo do novo partido e citou que “este é um momento histórico para o Brasil, onde a grande maioria silenciosa agora terá voz”.

Bolsonaro disse em uma reunião no PSL que já estava decidido em fazer um partido com “diretrizes e transparência” a sua escolha. Ele ainda informou que quem quiser permanecer no PSL pode fazer a sua escolha tranquilamente, todos devem ter a liberdade de optar por segui-lo ou não.