45 mil litros de combustível são apreendidos pela PRF em Seropédica 0 108

45 mil litros combustivel preso pela prf

Uma apreensão considerada grande de combustíveis foi feita pela Polícia Rodoviária Federal na manhã deste último dia de novembro (30/11). A PRF parou três carretas carregadas com etanol e encontrou irregularidades nas notas fiscais.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A carga foi apreendida durante uma blitz que os agentes federais realizavam no quilômetro 208 da via Dutra. Este quilômetro fica localizado na cidade de Seropédica, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

As carretas estavam carregadas de etanol e durante o flagrante foi constatado a irregularidade nas notas fiscais dos três veículos. Elas foram apreendidas juntas pois seguiam em comboio para a capital, Rio de Janeiro.

Museu Grünes Gewölbe é invadido por ladrões na Alemanha e bilhões são levados.

45 mil litros de combustível irregular

Os policiais abordaram os motoristas e solicitaram as notas fiscais das mercadorias. Então elas foram consultadas nos sistemas de segurança da PRF e então foi constatado irregularidades tributárias nos documentos. Todos os veículos eram responsáveis pelo transporte de 45 mil litros de etanol pronto para uso.

Após constatar as irregularidades, a questão foi encaminhada para o Posto Fiscal da Secretaria de Fazenda Estadual (SEFAZ), que é localizada em Nhangapi, na região de Itatiaia, Rio de Janeiro.

Os motoristas estão prestando depoimento para a polícia rodoviária, mas devem ser liberados nas próximas horas.

Imagem divulgação: Extra.com

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eduardo Fauzi desafia a polícia, grava vídeo e chama produtores do Porta de “Bandidos” 0 95

eduardo fauzi video youtube porta dos fundos

Nesta quarta-feira (01/01), Eduardo Fauzi, que é considerado foragido pela Polícia Civil do Rio, gravou um vídeo e o publicou no YouTube, falando sobre o caso com o Porta dos Fundos e chamando os produtores, em especial Fábio Porchat e Gregório Duvivier de “criminosos, marginais e bandidos”.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Eduardo Fauzi Richard Cerquise, de 41 anos, que é um dos suspeitos do ataque à produtora do Porta dos Fundos na última semana, está sendo considerado foragido deste esta terça-feira (31/12).

Não é certo, mas há a possibilidade de Fauzi estar parando na cidade de Florianópolis em Santa Catarina. Há uma recompensa de R$ 2 mil pela Polícia do Rio, sobre informações que contribuam para a captura do suspeito.

Taj Mahal é evitado por turistas por conta de protestos na Índia.

Vídeo no YouTube

Durante o vídeo ele aparece dentro de uma casa e comenta diversos assuntos ligados ao povo brasileiro e o cristianismo. Ele fala sobre o caso envolvendo o especial de Natal no Netflix, mas em nenhum momento fala qualquer coisa sobre ter participado no ataque à produtora.

Ele fala que o povo brasileiro é um povo pobre, humilde e que satirizar um assunto como esse é um crime de “lesa-pátria”. Em seguida chama os produtores de criminosos, marginais e bandidos. Ele fala os nomes de Porchat e Duvivier em diversos trechos do vídeo.

No fim do vídeo ele pede que os internautas divulguem suas palavras, cita o seu nome e diz que é guardador de carros. Termina pedindo oração.

Confira o vídeo:

Problema com a polícia

Eduardo já está a algum tempo na mira da polícia. Ele tem 20 anotações criminais, onde algumas delas são por lesão corporal, desacato, ameaça, extorsão, Lei Maria da Penha e outras. Há inclusive um suposto envolvimento dele com uma milícia no centro do Rio de Janeiro.

Ele já foi preso em 2013, quando deu um soco no ex-secretário de Ordem Pública, Alex Costa, durante uma entrevista. Por este caso ele também foi condenado em 2018 a quatro anos de prisão pela Justiça do Rio.

Granada é lançada contra policiais no Morro do Urubu e operação mata quatro 0 116

apreensao morro do urubu twitter policia militar

Na noite deste sábado (21/12) a polícia realizou uma operação no Morro do Urubu, região localizada em Pilares, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Quatro bandidos foram mortos durante a ocupação, mas um sargento acabou sendo atingido por estilhaços de uma granada na mão esquerda e no maxilar.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O policial ferido durante a operação já recebeu alta.

Durante a operação os policiais acabaram sendo alvejados próximo da Rua Pequi. Eles estavam indo pela mata da região, quando foram recebidos com tiros pelos bandidos da região. Segundo o 3º BPM (Méier), quatro feridos foram localizados, mas mesmo sendo encaminhados para o Hospital Municipal Salgado Filho, acabaram não resistindo aos ferimentos em decorrência da operação.

Essas mortes estão sendo investigadas pela Divisão de Homicídios (DH) do município.

Operação no Morro do Urubu

Durante a operação foram apreendidos três pistolas 9mm, um fuzil calibre 556 e dois rádio transmissores. Neste ano a região viveu um intenso confronto entre os próprios traficantes, onde as facções estavam disputando o comando da região. A “guerra” no local está mais “tranquila” neste fim de ano.

Outro fuzil e uma metralhadora também foram apreendidos na comunidade da Covanca, região de Jacarepaguá. Além disso muita munição, roupas camufladas e três granadas estavam entre as apreensões.

Em 2019 já foram apreendidos 496 fuzis no Rio de Janeiro, segundo a Polícia Militar.

Most Popular Topics

Editor Picks