Cantora Simone é vista em loja de artigos para bebês em Orlando, e fãs cogitam suposta gravidez 0 335

Cantora Simone é vista em loja de artigos para bebês em Orlando, e fãs cogitam suposta gravidez 1

A cantora Simone, da dupla Simone e Simaria, publicou um vídeo em seu Instagram pessoal, para desmentir os rumores de que estaria grávida. Na ocasião, a famosa explicou que durante um passeio em Orlando, ela aproveitou para fazer compras para o seu filho Henry, de quatro anos.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Curtindo as férias, mas com saudades dos palcos

A bela ainda comentou, que nesta loja de artigo para crianças, há itens infantis para todas as idades. Simone é casada com o empresário e piloto Kaká Diniz, e está curtindo as férias em família, nos Estados Unidos.

A dupla Simone e Simaria deve retornar a agenda de shows no mês de março deste ano. Em uma outra ocasião, a morena desmentiu também os boatos de que a cantora seguiria carreira solo, sem Simaria.

Simone também ressaltou, que está sentindo muita falta de cantar junto da irmã nos palcos, e que não vê a hora de retornar a vida cantando pelo Brasil.

Tuberculose ganglionar afasta Simaria dos palcos

Simaria estaria afastada por conta de uma tuberculose ganglionar, e estaria se recuperando para voltar aos palcos com a saúde em dia. Simone apresentou alguns shows sem a parceira, mas acabou se afastando para tirar férias, e só retornarem em março de 2019.

Essa doença acomete os gânglios linfáticos do corpo, pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, partes responsáveis pela defesa do organismo, porém ela não é contagiosa, nem é preciso ficar em isolamento, como a tuberculose pulmonar.

A carreira da dupla Simone e Simaria – principais sucessos

As Coleguinhas, como popularmente são chamadas, nasceram em Uibaí, cidade do interior da Bahia, e oriundas de família humilde. No ano 2000, Simone ingressou na banda de Frank Aguiar como backing vocal, e no ano de 2002, a irmã Simaria também cantou ao lado da irmã.

No ano de 2004, a dupla lançou o primeiro trabalho como dupla, chamado de Nã, nã, nim, nã, não, pela gravadora Atração, mas o projeto não obteve continuação.

Em 2007, as duas saíram do backing vocal de Frank Aguiar, e após um curto período longe dos palcos, ingressaram na banda Forró do Muído, pela gravadora A3 Entretenimento, ao lado do cantor Binha Cardoso, onde lançaram onze discos de estúdio, e quatro gravados ao vivo.

Assim, a banda ficou famosa principalmente nos Estados do Ceará e do Rio Grande do Norte, levando-os a ganhar o Prêmio Forrozão de Música do Ano, em 2011, que é o maior título conferido a um gênero musical no Brasil.

Já em 2012, as belas cantoras saíram da banda Forró do Muído, e focaram para cantar em dupla. Desde então, as músicas de Simone e Simaria vêm alcançando os hankings de hits mais ouvidos e acessados pelos brasileiros, como: Quando o mel é bom, 126 cabides, Lokae outros sucessos.

Pela semelhança física, Simaria ficou conhecida como a Kim Kardashian brasileira, uma socialite dos Estados Unidos, casada com o rapper Kanye West, do clã Kardashian-Jenner.

Previous ArticleNext Article
Formada em Comunicação Social - Jornalismo. Já teve passagem pela Câmara dos Deputados, atuando como assessora de imprensa e produzindo matérias jornalísticas sobre política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BRT do Rio inicia sistema para multar caloteiros 0 93

fiscalizacao contra calote brt rio de janeiro

A partir desta segunda-feira (22/07) o BRT (Bus Rapid Transit) do Rio de Janeiro irá começar uma forte fiscalização nas estações através de máquinas contra calotes. Diversos fiscais espalhados pelas estações do BRT irão pedir o cartão do passageiro (Riocard), onde através de uma leitura na máquina, deverão conferir o último uso do bilhete, identificando passageiros que entraram sem pagar.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A multa para quem estiver aplicando o calote no sistema, desde que identificado pela máquina será de R$ 170.

No Twitter oficial do BRT Rio foi publicado o seguinte tweet:

“… A partir da próxima segunda-feira, 22, máquinas serão utilizadas para fiscalizar a validação do cartão Riocard nas roletas de acesso. A medida é um importante mecanismo para coibir os calotes no BRT…”

Testes finais

Os últimos testes antes da fiscalização começar foram realizados nesta sexta-feira (19/07). Agentes do sistema e guardas municipais saíram em duplas e fizeram a verificação dos bilhetes dos passageiros em busca de calotes nas estações. Eles não ficaram em pontos fixos, surpreendendo ainda mais os passageiros.

Durante a fiscalização “teste” uma pessoa foi identificada sem pagar na estação do Barra Shopping. A multa é gerada no próprio cartão e pode levar o nome para os sistemas de proteção ao crédito.

Outro sistema que vem sendo testado pela BRT Rio é um de monitoramento. Através do Terminal Alvorada, agentes irão verificar por meio de câmeras quais são os passageiros que entram sem pagar, além de verificar a segurança dos equipamentos.

Fiscalização desde outubro

Apesar das fiscalizações do BRT terem sido iniciadas nesta segunda-feira (22/07) a Guarda Municipal do Rio já está fazendo a fiscalização por contra própria contra calotes desde o último mês de outubro de 2018. Todos os dias cerca de 120 agentes circulam nas estações, principalmente nos horários com maior índice de calote.

Até este mês os agentes já aplicaram quase 3300 multas referentes à fiscalização.

Vulcão Ubinas fica ativo no Peru e 30 mil moradores são evacuados 0 111

vulcao ubinas em atividade

O vulcão Ubinas localizado no país do Peru iniciou suas atividades desde a última quinta-feira (18/07). E por conta do perigo que suas atividades representam para a região o governo peruano decretou estado e emergência neste domingo para sete distritos da região sul do país.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

De quinta-feira até este domingo cerca de 30 mil pessoas tiveram que deixar as suas casas. As regiões que tiveram as casas evacuadas foram Moquegua, Arequipa, Tacna e Puno. Nelas as cinzas do vulcão cobriram 617 escolas e 20 unidades de saúde.

O balanço acabou de ser divulgado pelo Centro de Operações de Emergência Nacional (Coen), onde neste domingo informou que o maior número de desabrigados está localizado na região de Puno, fronteira com a Bolívia. Por lá já foram evacuadas 19 mil pessoas de suas casas.

A segunda região mais atingida foi Moquegua, que já passa dos 9 mil desalojados.

Estado de emergência no Peru

O governo peruano decretou estado de emergência neste domingo para poder acelerar a retirada da população que está próxima ao vulcão ativo Ubinas, iniciando o ponto de ajuda aos que estão sendo afetados.

As atividades do Ubinas se intensificaram deste a última quinta-feira, quando o vulcão lançou ao ar uma fumaça com mais de cinco quilômetros de altura. Então o vento acabou dispersando as cinzas e há relatos de que elas chegara a atingir a Bolívia.

Um especialista do Instituto Geológico de Mineração e Metalurgia (Ingemmet), Jersy Mariño, informou que a erupção do vulcão Ubinas é moderada. O vulcão é bem ativo na região, sendo comum que tenha atividades a cada cinco anos.

A recomendação é que a população próxima deixe suas residências e ao se locomover utilize máscaras para não respirar as impurezas da fumaça tóxica.

Ele é apenas um dos oito vulcões localizados no sul do Peru. Já o país todo conta com 16 vulcões, onde os principais são:

  • Misti;
  • Sabancaya;
  • Nevado Coropuna;
  • Ampato;
  • Huaynaputina;
  • Jenchaña;
  • Chachani.

Most Popular Topics

Editor Picks