Luísa Marilac faz comentário sobre cancelamento de show e DVD de Nego do Borel 0 220

Luísa Marilac faz comentário sobre cancelamento de show e DVD de Nego do Borel 1
Luísa Marilac faz comentário sobre cancelamento de show e DVD de Nego do Borel 2
Reprodução/Isto É Independente

O cantor Nego do Borel acabou cancelando um show que ele realizaria no dia 29 desse mês, no Rio de Janeiro. Além de ter cancelado a apresentação em si, isso resulta no cancelamento da gravação de seu DVD, o primeiro da carreira. A razão por trás disso tudo foi o comentário transfóbico que ele fez sobre a travesti Luisa Marilac e que gerou resultados negativos para ele.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Depois que ficou sabendo a respeito do cancelamento do evento, Luisa Marilac resolveu se pronunciar sobre isso: ” Meu mundo caiu, estou chocada. Eu sinto muito, isso é triste porque é algo que ele planejou e queria muito. Sinto muito de verdade, não sou ser humano que deseja o mal ao próximo. Mas agora estou frita, o pessoal vai cair matando em cima de mim, a corda sempre vai arrebentar do lado mais fraco. Quero entender a decisão dele, eu não o sigo mais, então não vi, fiquei sabendo agora e não caiu a ficha ainda. Mas não achei legal, estou triste”.

Nego do Borel, por sua vez, usou uma de suas redes sociais para avisar sobre o cancelamento do seu show e a consequente gravação do DVD: ” Pessoal, boa tarde. Nos últimos dias venho tentando aprender. Estou aprendendo e entendendo o significado de tudo que vem acontecendo. Descobri que o dia 29 de janeiro, dia da gravação do meu DVD, é dia da visibilidade trans. Em respeito a todas as pessoas que feri, a comunidade LGBTQI+ e aos meus amigos que convidei para gravar o DVD junto comigo, peguei, sentei com a minha galera, sentei com todo mundo e tomei a decisão de deixar o meu DVD para gravar em outro momento. Agora não vai ser um momento de comemoração. Agora vai ser um momento de reflexão “.

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reforma da Previdência afeta aposentadorias de PCD 0 136

mudancas aposentadorias pcd

Aposentados e pensionistas que sejam Pessoas com Deficiência (PCD), também deverão entrar para as mudanças da Reforma da Previdência. A reforma que já está em tramitação no Senado Federal, propõe mudanças nos cálculos da aposentadoria e pensão por morte de pessoas portadoras de necessidades especiais.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Muitas alterações foram feitas pelo relator da proposta na Câmara, Samuel Moreira e pelo relator no Senado, Tasso Jereissati, que buscaram amenizar o impacto das medidas para esta classe em específico. Mas mesmo com uma incidência menor de mudanças, ainda sim eles deverão sofrer com reduções nos benefícios pagos de agora em diante.

Primeira parcela do 13º do INSS começa a ser paga hoje.

Aposentadorias para PCD

Adriane Bramante, presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), informou que as mudanças na reforma não serão aplicadas nos critérios para a concessão da aposentadoria. Elas devem impactar apenas no cálculo do valor do benefício.

Toda aposentadoria para pessoas com deficiência será concedida conforme os termos da Lei Complementar que foi criada justamente para regulamentar os critérios nestes casos.

Mas o que muda?

Segundo a presidente do IBDP, as mudanças que incidem sobre o cálculo da aposentadoria, irá prejudicar pessoas com deficiências mais graves. Hoje uma aposentadoria por deficiência é concedida com base em três níveis:

  • Deficiência Leve;
  • Deficiência Moderada;
  • Deficiência Grave.

Para que portadores de deficiências leves se aposentem, é exigido 33 anos de contribuição para o homem e 28 anos para a mulher. No caso de deficiências em grau moderado a exigência é de 29 anos para homens e 24 anos para mulheres.

Já nos casos graves, é exigido 25 anos de contribuição para homens e 20 anos para mulheres.

Essas regras devem ser mantidas pela reforma, mas a mudança consiste no pagamento de 100% do benefício, que hoje não conta com fator previdenciário, como em um cidadão sem deficiência. Após ser implantada, os beneficiários teriam direito a 60% do valor, mais 2% ao ano para quem ultrapassar os 15 anos de contribuição.

Quem for aposentar por invalidez causada por acidente, o percentual começa em 70%, aumentando ano após ano.

Sendo assim, entende-se que quem for aposentado por um grau leve, irá contribuir mais tempo e ter um benefício mais alto, próximo dos 100%.

Em casos de pensão por morte, o valor do benefício só seria de 100% para dependentes que tenham deficiência mental grave. Quem não se enquadrar neste quesito, irá receber 50% do valor e mais 10% por dependente. Exemplo, uma esposa dependente e outros 2 filhos do beneficiário, iriam receber 70% do valor deixado.

Mudanças ainda precisam ser aprovadas

Mas não é preciso se preocupar ainda, pois todas as regras ainda precisam ser aprovadas pelo Senado, quando voltarão a Câmara e só então poderão ser executadas.

Muitas alteração também estão sendo votadas em uma PEC paralela.

Primeira parcela do 13º de aposentados do INSS começa a ser paga hoje 0 237

pagamento parcela decimo terceiro inss 2019

O pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário sobre os benefícios do INSS para aposentados e pensionistas começa a partir de hoje, segunda-feira (26/08).

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O dinheiro “extra” do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é um adiantamento que ocorre desde 2006, mas que se tornou obrigatório a partir de uma MP criada por Jair Bolsonaro a partir deste ano de 2019.

Os pagamentos serão incluídos no calendário mensal de pagamentos do INSS. Os valores da primeira parcela do 13º será pago entre os dias 26 de agosto e 06 de setembro, conforme o calendário de pagamento para beneficiários que recebem até 1 salário mínimo e aqueles que recebem acima do mínimo.

Banco do Brasil começa a pagar cotas do Pasep.

Pagamentos do 13º

O INSS estima pagar cerca de R$ 21,9 bilhões a 30 milhões de beneficiários. Os recursos devem aquecer a economia no terceiro trimestre de 2019, juntamente com outros valores que estão sendo liberados pelo governo federal, como é o caso do Saque Imediato do FGTS e o PIS.

Nesta primeira parcela não haverá desconto do Imposto de Renda, se for o caso. Os valores do IR são retidos na fonte apenas a partir da segunda parcela do 13º. Nela será descontado o valor total do benefício.

Quem irá receber o 13º do INSS?

Irá receber os valores todos aqueles que receberam benefícios de:

  • Aposentadoria (qualquer natureza);
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio acidente;
  • Auxílio-reclusão;
  • Salário-maternidade.

Os valores serão pagos proporcionalmente ao período recebido. Se o cidadão é beneficiário do INSS desde o início do ano e a previsão de recebimento passe de dezembro, irá receber o valor integral. Em outros casos será preciso fazer o cálculo do período em que recebeu.

Beneficiários da Previdência que sejam avulso, autônomo, equiparado a autônomo, facultativo e empresário, também possuem o direito ao bônus.

Quem não irá receber o 13º salário do INSS?

Não tem direito aos valores do INSS, beneficiários de:

  • Amparo assistencial ao idoso e ao deficiente (BPC-LOAS);
  • Renda mensal vitalícia (RMV);
  • Amparo previdenciário rural;
  • Auxílio suplementar por acidente de trabalho;
  • Abono de permanência em serviço;
  • Pensão decorrente da Síndrome de Talidomida;
  • Servidor aposentado pela autarquia empregadora;
  • Salário família.

Quando será paga a segunda parcela do 13º do INSS?

Já a segunda parcela do 13º do INSS começará a ser paga a partir do próximo dia 25 de novembro, se estendendo até a primeira semana de dezembro.

Todos os aposentados irão receber seus valores na conta corrente aberta para o recebimento do benefício mensal. Ele poderá ser sacado nas agências, depositado automaticamente ou através da Lotérica e correspondentes oficiais do governo.

Most Popular Topics

Editor Picks