Proposta do Flamengo para vítimas equivale a 1 mês de salário de estrelas do elenco 0 541

Proposta do Flamengo para vítimas equivale a 1 mês de salário de estrelas do elenco 2

O Clube de Regatas do Flamengo divulgou a proposta de indenização que será oferecida às famílias das vítimas da tragédia no centro de treinamento do clube no dia 8 de fevereiro, onde morreram dez atletas da categoria de base do clube.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Segundo a Câmara, a proposta que foi repassada para as famílias é de R$ 300 a R$ 400 mil para cada família, mais uma pensão no valor de um salário mínimo para cada família por 10 anos.

Levando-se em consideração o percentual de aumento do salário mínimo ano longo dos anos, que quase sempre fica abaixo da inflação, o valor total pago pelo Flamengo às famílias das vítimas giraria em torno de R$1.437.851,39, que daria uma média de R$143.785,14 para cada família em 10 anos.

O valor fica bem abaixo do que é pago para algumas estrelas do elenco, como o Uruguaio Arrascaeta, que recebe salário por volta de R$1 milhão, e de Gabriel Barbosa, que também tem vencimentos milionários.

Somente a soma dos salários de Arrascaeta e Gabigol, por 1 mês, já ultrapassam o valor total oferecido como indenização pelo Flamengo à todas famílias, por 10 anos.

Entenda as propostas

Proposta da Câmara de Conciliação:

Indenização: 2 milhões de reais para cada família
Pensão: mínimo de R$ 10 mil para cada família por cerca de 30 anos (até que os atletas completassem 45 anos)

Proposta do Flamengo, segundo a Câmara:
Indenização: R$ 300 a R$ 400 mil para cada família
Pensão: salário mínimo para cada família por 10 anos

Leia a íntegra da nota do Flamengo:

O Clube de Regatas do Flamengo, em relação às tratativas com o MP-RJ, a Defensoria Pública e o Ministério Público do Trabalho, esclarece que:

– No primeiro dia do trágico acidente, o Flamengo tomou a iniciativa de procurar as autoridades e se pôr à disposição para, independentemente das investigações acerca de culpa, indenizar as famílias de seus jovens atletas no menor prazo possível.

– Para este fim, o Clube se prontificou a participar de um processo de composição amistosa. Trouxe familiares da vítimas para o Rio de Janeiro, com o objetivo de que estes pudessem se reunir com a Defensoria Pública e, assessorados por ela, tivessem a oportunidade de participar diretamente do processo amistoso de negociação.

– Paralelamente, o Flamengo participou de reuniões com as autoridades, buscando estabelecer critérios comuns para a negociação.

– Nestes encontros, foi solicitado ao Clube que este apresentasse uma proposta de valor que pudesse balizar as conversas. Isso foi feito, embora não atendesse ao princípio de uma mediação aberta.

– Nesta terça-feira (19), após reunião com autoridades daqueles órgãos, o Flamengo – independentemente de processo judicial – ofereceu, por fim, um valor que está acima dos padrões que são adotados pela Justiça brasileira, como forma de atender com brevidade as famílias de seus jovens atletas.

– O Flamengo teve o cuidado de oferecer valores maiores dos que estão sendo estipulados em casos similares, como, por exemplo, o incêndio da boate Kiss, ocorrido em 2013. Até hoje, vale lembrar, famílias não receberam a indenização.

– A atuação do Flamengo, no Brasil, é praticamente inédita, até onde se tem notícia.

– Diante disso, o Flamengo reitera o propósito de se antecipar e informa que vai instaurar procedimento de mediação no Núcleo de Mediação do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, coordenado pelo Desembargador Cesar Cury, e para o qual convidará as famílias – e deixando claro que as autoridades também serão convidadas.

Previous ArticleNext Article
Direto do Repórter Social, amantes de internet, redação e publicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wilsinho, chefe no roubo de cargas pelo Brasil é preso no ES 0 156

Wilsinho, chefe no roubo de cargas pelo Brasil é preso no ES 4

O fim deste sábado (08/09) foi um dia de muita alegria para muitos caminhoneiros que tiveram os seus intrumentos de trabalho tirados através das mãos de bandidos. Wilsinho, como era conhecido Wilson da Rocha Marques, foi preso em Cariacica, no estado do Espírito Santo.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Ele era nada menos do que o chefe de um grupo especializado em roubos de carretas com atuação principalmente no sudeste, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e o próprio Espírito Santo.

Wilsinho foi pego graças a uma ação integrada entre a Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas do Rio de Janeiro (PCERJ) e a Divisão Patrimonial da Polícia Civil do Espírito Santo. Informações foram cruzadas e a polícia conseguiu prender o chefe da quadrilha em sua própria residência.

Utilização dos bens do tráfico sobem 44% em relação a mesmo período de 2018!

Quem era Wilsinho

Ele tinha treze mandados de prisão expedidos, somando Minas Gerais e o Rio de Janeiro. Sua função era estar à frente de um grupo que era concentrado e especializado em roubos de carretas nas rodovias. O caminhão não importava muito, mas o foco era cargas com alto valor.

Além disso ele sequestrava os motoristas, causando ainda mais transtornos para empresas e familiares.

Wilsinho já foi preso em 2009, mas acabou fugindo da Delegacia de Sapucaia, quando foi resgatado pelo mesmo grupo. Desde então a polícia vem fazendo uma série de investigações para cerca-lo e 11 anos depois conseguiu sua prisão.

No “Dia da Privacidade” nova ferramenta do Facebook promete acabar com publicidade indesejada 0 147

facebook dia da privacidade nova ferramenta

Nesta terça-feira (28/01), a organização Facebook anunciou uma nova atualização que deixou animado os usuários ainda presentes na sua rede social principal. A atualização está relacionada as regras de privacidade das contas, onde o usuário poderá ter mais controle sobre suas informações, dados e também publicações.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A novidade a princípio é apenas para o Facebook, mas provavelmente deverá se estender também para o WhatsApp e Instagram nos próximos dias.

A empresa também disponibilizou uma ferramenta para que o usuário tenha o direito de escolha para desvincular certos dados da conta, com a finalidade de evitar o direcionamento de anúncios publicitários, o que acaba incomodando a muitos.

Hoje é “comemorado” o “Dia da Privacidade”, o que levou a empresa a escolher esta data para anunciar as novas funcionalidades.

São mais de 2 bilhões de contas ativas em todo o mundo e é preciso ter cuidado com a privacidade de seus usuários.

Nova patente da Apple promete melhorar imersão virtual com sensores nos dedos.

Nova Ferramenta

A ferramenta se chama “Verificação de Privacidade”. Nela o usuário poderá ajustar para quem seus posts e informações de perfil poderão ser exibidas. É possível também fortalecer a segurança da conta com alertas de login, revisão de informações compartilhadas com aplicativos que você mesmo permitiu e outras.

Algumas já estavam presentes na versão anterior, mas agora a plataforma estará facilitando o acesso e instruções.

Fora do Facebook

Outra ferramenta é a “Fora do Facebook”. Nela o usuário poderá ver um resumo de todas as informações comerciais que estejam vinculadas à sua conta e deixar como está ou desvinculá-las. Esta é a ferramenta para evitar o direcionamento de anúncios publicitários com base em suas pesquisas.

A demora para o lançamento deste sistema foi justamente a necessidade de reconstruir parte da programação na plataforma, sem que a mesma afetasse os usuários.

Logins externos

Hoje também foi lançado a ferramenta “Facebook Login”, onde o usuário poderá acessar outros serviços e aplicativos usando a sua conta no Facebook. Sempre que o usuário entrar em um aplicativo de terceiros, um alerta será emitido em sua conta.

Esta ferramenta irá ajudar a saber quando e como a sua conta está sendo usada e se há permissão para o mesmo. É possível também editar as configurações de acesso a estes sistemas.

Most Popular Topics

Editor Picks