Luísa Sonza cancela participação no DVD de Nego do Borel 0 409

Luísa Sonza cancela participação no DVD de Nego do Borel 1

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Depois de receber um convite, para participar das gravações do DVD do funkeiro Nego do Borel, que aconteceria no dia 29 de janeiro, na Barra da Tijuca (RJ), a cantora cancelou a sua aparição no evento.

Motivos

Um dos motivos, segundo o colunista Léo Dias, os fãs loira estariam desconfortáveis com a sua aparição no DVD do funkeiro, devido a polêmica em que ele envolveu com Luisa Marilac.

Com a repercussão em massa dos comentários, o próprio Nego do Borel decidiu cancelar a parceria com Luísa Sonza, a fim de não prejudicar a carreira e a imagem dela.

Outro possível motivo do cancelamento, seria a não-autorização da gravadora Universal Music, que apesar da amizade entre os dois cantores, o clima ficou desconfortável, por não ser uma parceria oficial aprovada por ambas as partes empresariais.

Nego do Borel e Luisa Marilac

A polêmica entre Nego do Borel e Luisa Marilac, começou quando o cantor postou uma foto em sua rede pessoal, e ela comentou: a cada dia que passa você está mais gato, homem.

Ninguém sabe se foi por brincadeira, ou má escolha de palavras, que o funkeiro respondeu ao comentário de Marilac, afirmando que ela é um homem: Você é um homem gato também, parabéns. Deve estar cheio de gatas!

Luisa Marilac não se sentiu confortável com as palavras de Nego do Borel, e desabafou indignada: Onde você está vendo um homem aqui?De coração, gosto muito do seu trabalho, acho você um homem lindo. Seu comentário me deixou passada.

Nego do Borel apagou o comentário que fez em sua postagem, mas na internet, milhares de pessoas criticaram a atitude do funkeiro, acusando-o de transfobia, deixando o clima tenso na rede.

Ciente da repercussão dos fatos, Nego do Borel publicou um vídeo se retratando e pedindo desculpas: Às vezes eu faço umas brincadeiras sem noção e que acabam machucando as pessoas, mas não é o que eu quero. Tô fazendo de tudo pra aprender e melhorar mais todo dia (…).

Para quebrar o clima pesado, Nego do Borel compartilhou uma foto em que passeava de iate, e aproveitando o sol. Na legenda, o cantor disse estar se preparando para a gravação do seu DVD, preparando-se fisicamente e psicologicamente para tal.

A apresentadora do SBT, Mamma Bruschetta do programa Fofocalizando, também se desculpou ao vivo, por ter chamado Luisa Marilac de homem, e reconheceu não saber que era uma mulher transgênero, admitindo ser ignorante nesse assunto.

Oficialmente pela justiça, Luisa Marilac é uma mulher transgênero, e devido ao comentário de Mamma Bruschetta, a apresentadora está sendo processada pela artista. 

Na tentativa de se defender, a integrante do Fofocalizando afirmou que não é transfóbica, nem nunca será. A personagem Mamma Bruschetta é interpretada por Luiz Henrique a 18 anos. 

Mesmo após o pedido de desculpas da apresentadora, Luisa Marilac afirmou que não retirará o processo contra ela, e seus advogados já estariam tomando medidas protecionistas e de direitos legais a seu favor.

Previous ArticleNext Article
Formada em Comunicação Social - Jornalismo. Já teve passagem pela Câmara dos Deputados, atuando como assessora de imprensa e produzindo matérias jornalísticas sobre política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

45 mil litros de combustível são apreendidos pela PRF em Seropédica 0 107

45 mil litros combustivel preso pela prf

Uma apreensão considerada grande de combustíveis foi feita pela Polícia Rodoviária Federal na manhã deste último dia de novembro (30/11). A PRF parou três carretas carregadas com etanol e encontrou irregularidades nas notas fiscais.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A carga foi apreendida durante uma blitz que os agentes federais realizavam no quilômetro 208 da via Dutra. Este quilômetro fica localizado na cidade de Seropédica, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

As carretas estavam carregadas de etanol e durante o flagrante foi constatado a irregularidade nas notas fiscais dos três veículos. Elas foram apreendidas juntas pois seguiam em comboio para a capital, Rio de Janeiro.

Museu Grünes Gewölbe é invadido por ladrões na Alemanha e bilhões são levados.

45 mil litros de combustível irregular

Os policiais abordaram os motoristas e solicitaram as notas fiscais das mercadorias. Então elas foram consultadas nos sistemas de segurança da PRF e então foi constatado irregularidades tributárias nos documentos. Todos os veículos eram responsáveis pelo transporte de 45 mil litros de etanol pronto para uso.

Após constatar as irregularidades, a questão foi encaminhada para o Posto Fiscal da Secretaria de Fazenda Estadual (SEFAZ), que é localizada em Nhangapi, na região de Itatiaia, Rio de Janeiro.

Os motoristas estão prestando depoimento para a polícia rodoviária, mas devem ser liberados nas próximas horas.

Imagem divulgação: Extra.com

Ex diretor do Detran no Paraná é preso em operação da Gaeco 0 130

preso ex diretor do detran pela gaeco

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, a Gaeco, prendeu na manhã desta quarta feira através da operação Taxa Alta, o ex-diretor-geral do Detran no Paraná, Marcello Panizzi.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Marcello era atualmente o diretor-geral da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP). Ele era um dos cinco alvos da Gaeco nesta operação, onde foram emitidos os mandados de prisão preventiva para Curitiba, Maringá e Brasília.

Esta operação é focada na investigação de irregularidades em um edital do Detran com a finalidade de credenciar empresas responsáveis pelo registro de financiamentos de veículos no Paraná.

Agora a cota para compras no Paraguai será de US$ 500 e US$ 1000.

Os policiais da Gaeco chegaram a casa de Panizzi, que fica localizada no bairro São Lourenço, em Curitiba, logo pela manhã. Além da prisão, os policiais também estavam executando um mandado de busca e apreensão.

Outros que receberam a visita dos policiais nesta quarta foram três servidores comissionados da época do edital e um ex-assessor da Governadoria do Estado do Paraná.

Operação Taxa Alta

Esta operação está responsável por apurar o suposto direcionamento dos credenciamentos do edital de 2018 pelo Departamento de Trânsito do Paraná. Os registros de contratos eram feitos eletronicamente, onde haviam cláusulas restritivas à venda, como reserva de domínio, penhor, alienação fiduciária ou arrendamento.

Todo o processo foi manipulado para beneficiar uma das vencedoras. A empresa que venceu a licitação, faturou entre novembro de 2018 e junho de 2019, nada menos do que R$ 77 milhões. Ela pediu seu credenciamento para o serviço um dia após a publicação do edital e por um grande período praticamente monopolizou toda a operação.

Antes do credenciamento desta empresa, o preço cobrado dos donos de automóveis no Paraná eram de R$ 143. Após a inclusão da vencedora do edital para assumir a documentação dos financiamentos, o preço pelo serviço subiu para R$ 350.

Most Popular Topics

Editor Picks