Luísa Sonza cancela participação no DVD de Nego do Borel 0 273

Luísa Sonza cancela participação no DVD de Nego do Borel 1

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Depois de receber um convite, para participar das gravações do DVD do funkeiro Nego do Borel, que aconteceria no dia 29 de janeiro, na Barra da Tijuca (RJ), a cantora cancelou a sua aparição no evento.

Motivos

Um dos motivos, segundo o colunista Léo Dias, os fãs loira estariam desconfortáveis com a sua aparição no DVD do funkeiro, devido a polêmica em que ele envolveu com Luisa Marilac.

Com a repercussão em massa dos comentários, o próprio Nego do Borel decidiu cancelar a parceria com Luísa Sonza, a fim de não prejudicar a carreira e a imagem dela.

Outro possível motivo do cancelamento, seria a não-autorização da gravadora Universal Music, que apesar da amizade entre os dois cantores, o clima ficou desconfortável, por não ser uma parceria oficial aprovada por ambas as partes empresariais.

Nego do Borel e Luisa Marilac

A polêmica entre Nego do Borel e Luisa Marilac, começou quando o cantor postou uma foto em sua rede pessoal, e ela comentou: a cada dia que passa você está mais gato, homem.

Ninguém sabe se foi por brincadeira, ou má escolha de palavras, que o funkeiro respondeu ao comentário de Marilac, afirmando que ela é um homem: Você é um homem gato também, parabéns. Deve estar cheio de gatas!

Luisa Marilac não se sentiu confortável com as palavras de Nego do Borel, e desabafou indignada: Onde você está vendo um homem aqui?De coração, gosto muito do seu trabalho, acho você um homem lindo. Seu comentário me deixou passada.

Nego do Borel apagou o comentário que fez em sua postagem, mas na internet, milhares de pessoas criticaram a atitude do funkeiro, acusando-o de transfobia, deixando o clima tenso na rede.

Ciente da repercussão dos fatos, Nego do Borel publicou um vídeo se retratando e pedindo desculpas: Às vezes eu faço umas brincadeiras sem noção e que acabam machucando as pessoas, mas não é o que eu quero. Tô fazendo de tudo pra aprender e melhorar mais todo dia (…).

Para quebrar o clima pesado, Nego do Borel compartilhou uma foto em que passeava de iate, e aproveitando o sol. Na legenda, o cantor disse estar se preparando para a gravação do seu DVD, preparando-se fisicamente e psicologicamente para tal.

A apresentadora do SBT, Mamma Bruschetta do programa Fofocalizando, também se desculpou ao vivo, por ter chamado Luisa Marilac de homem, e reconheceu não saber que era uma mulher transgênero, admitindo ser ignorante nesse assunto.

Oficialmente pela justiça, Luisa Marilac é uma mulher transgênero, e devido ao comentário de Mamma Bruschetta, a apresentadora está sendo processada pela artista. 

Na tentativa de se defender, a integrante do Fofocalizando afirmou que não é transfóbica, nem nunca será. A personagem Mamma Bruschetta é interpretada por Luiz Henrique a 18 anos. 

Mesmo após o pedido de desculpas da apresentadora, Luisa Marilac afirmou que não retirará o processo contra ela, e seus advogados já estariam tomando medidas protecionistas e de direitos legais a seu favor.

Previous ArticleNext Article
Formada em Comunicação Social - Jornalismo. Já teve passagem pela Câmara dos Deputados, atuando como assessora de imprensa e produzindo matérias jornalísticas sobre política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BRT do Rio inicia sistema para multar caloteiros 0 97

fiscalizacao contra calote brt rio de janeiro

A partir desta segunda-feira (22/07) o BRT (Bus Rapid Transit) do Rio de Janeiro irá começar uma forte fiscalização nas estações através de máquinas contra calotes. Diversos fiscais espalhados pelas estações do BRT irão pedir o cartão do passageiro (Riocard), onde através de uma leitura na máquina, deverão conferir o último uso do bilhete, identificando passageiros que entraram sem pagar.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A multa para quem estiver aplicando o calote no sistema, desde que identificado pela máquina será de R$ 170.

No Twitter oficial do BRT Rio foi publicado o seguinte tweet:

“… A partir da próxima segunda-feira, 22, máquinas serão utilizadas para fiscalizar a validação do cartão Riocard nas roletas de acesso. A medida é um importante mecanismo para coibir os calotes no BRT…”

Testes finais

Os últimos testes antes da fiscalização começar foram realizados nesta sexta-feira (19/07). Agentes do sistema e guardas municipais saíram em duplas e fizeram a verificação dos bilhetes dos passageiros em busca de calotes nas estações. Eles não ficaram em pontos fixos, surpreendendo ainda mais os passageiros.

Durante a fiscalização “teste” uma pessoa foi identificada sem pagar na estação do Barra Shopping. A multa é gerada no próprio cartão e pode levar o nome para os sistemas de proteção ao crédito.

Outro sistema que vem sendo testado pela BRT Rio é um de monitoramento. Através do Terminal Alvorada, agentes irão verificar por meio de câmeras quais são os passageiros que entram sem pagar, além de verificar a segurança dos equipamentos.

Fiscalização desde outubro

Apesar das fiscalizações do BRT terem sido iniciadas nesta segunda-feira (22/07) a Guarda Municipal do Rio já está fazendo a fiscalização por contra própria contra calotes desde o último mês de outubro de 2018. Todos os dias cerca de 120 agentes circulam nas estações, principalmente nos horários com maior índice de calote.

Até este mês os agentes já aplicaram quase 3300 multas referentes à fiscalização.

Vulcão Ubinas fica ativo no Peru e 30 mil moradores são evacuados 0 113

vulcao ubinas em atividade

O vulcão Ubinas localizado no país do Peru iniciou suas atividades desde a última quinta-feira (18/07). E por conta do perigo que suas atividades representam para a região o governo peruano decretou estado e emergência neste domingo para sete distritos da região sul do país.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

De quinta-feira até este domingo cerca de 30 mil pessoas tiveram que deixar as suas casas. As regiões que tiveram as casas evacuadas foram Moquegua, Arequipa, Tacna e Puno. Nelas as cinzas do vulcão cobriram 617 escolas e 20 unidades de saúde.

O balanço acabou de ser divulgado pelo Centro de Operações de Emergência Nacional (Coen), onde neste domingo informou que o maior número de desabrigados está localizado na região de Puno, fronteira com a Bolívia. Por lá já foram evacuadas 19 mil pessoas de suas casas.

A segunda região mais atingida foi Moquegua, que já passa dos 9 mil desalojados.

Estado de emergência no Peru

O governo peruano decretou estado de emergência neste domingo para poder acelerar a retirada da população que está próxima ao vulcão ativo Ubinas, iniciando o ponto de ajuda aos que estão sendo afetados.

As atividades do Ubinas se intensificaram deste a última quinta-feira, quando o vulcão lançou ao ar uma fumaça com mais de cinco quilômetros de altura. Então o vento acabou dispersando as cinzas e há relatos de que elas chegara a atingir a Bolívia.

Um especialista do Instituto Geológico de Mineração e Metalurgia (Ingemmet), Jersy Mariño, informou que a erupção do vulcão Ubinas é moderada. O vulcão é bem ativo na região, sendo comum que tenha atividades a cada cinco anos.

A recomendação é que a população próxima deixe suas residências e ao se locomover utilize máscaras para não respirar as impurezas da fumaça tóxica.

Ele é apenas um dos oito vulcões localizados no sul do Peru. Já o país todo conta com 16 vulcões, onde os principais são:

  • Misti;
  • Sabancaya;
  • Nevado Coropuna;
  • Ampato;
  • Huaynaputina;
  • Jenchaña;
  • Chachani.

Most Popular Topics

Editor Picks