Anitta fala sobre vaias a Nego do Borel e se diz cansada de dar conselhos: “Ele é sem noção” 0 191

Anitta fala sobre vaias a Nego do Borel e se diz cansada de dar conselhos: "Ele é sem noção" 1

Nego do Borel foi fortemente vaiado pelo público da cantora Anitta durante o primeiro ensaio do Bloco das Poderosas, no Jockey Clube, na noite deste domingo (20), no Rio de Janeiro.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O cantor subiu ao palco onde a cantora comandava grande festa, tentou falar sobre seus trabalhos e foi vaiado pelo público devido a comentário considerado transfóbico feito a Luisa Marilac na semana passada.

Sem entender, Anitta tentou acalmar os ânimos da plateia, defendeu o amigo para fúria de seus fãs e ficou chocada com o motivo da revolta após acionou sua equipe de produção.

Na manhã desta segunda-feira (21), Anitta publicou uma série de Stories, no Instagram, explicando todo o ocorrido na noite, se explicando com o público por não saber da polêmica e declarou estar cansada de tentar ajudar Nego do Borel: “Ele é sem noção“.

VEJA A SÉRIE DE RELATOS DE ANITTA SOBRE NEGO DO BOREL:

Gente, bom dia. Acordei e vi um monte de coisa que todo mundo tá falando sobre o Nego do Borel no ensaio de ontem”, começou ela. “As participações do bloco foram definidas um dia antes. A única participação que tava confirmando há tempo era o Tchakabum, porque eles sempre estão. Era a única de fato confirmada. Os outros amigos, a galera do Melim, Atitude 67, eu descobri que eles iam estar na cidade fazendo show e convidei para participar do ensaio do bloco (…). Eu não convidei o Nego como participação do bloco, porque eu acho que algumas coisas que ele tem tomado na carreira não condiz, não tem a ver com a minha carreira. Isso eu já conversei com ele, é um assunto de amigos. Inclusive ele me chamou para o DVD dele. Nós tivemos uma longa conversa sobre isso, porque eu expliquei que as coisas que ele está fazendo não têm a ver com quem eu sou e ele não tem me escutado ultimamente“.

Ele inclusive me chamou para perguntar se eu estava bolada, puta com ele. Expliquei: ‘Não estou de mal de você, continuo gostando de você, você é meu amigo, eu te amo, não vou deixar de te amar por uma coisa ou outra, eu conheço o seu caráter. Ele não é uma pessoa de mal, que tem feito eu acreditar que ele tem esses pensamentos ruins, que eu realmente não curto. Mas ele toma umas atitudes muito loucas, sem noção. Que eu já tentei várias vezes alertar, mas que não adiantou. Eu falei: ‘Olha, Nego, o que está acontecendo é que você tem tomado atitudes que eu não concordo’. Ele me perguntou e eu falei que jamais vou virar as costas para ele, ele sempre será bem-vindo como meu amigo para curtir meu evento, meu show, o que quer que seja. Mas que o que aconteceu comigo como pessoa é que eu me cansei um pouco de ficar avisando tantas coisas como o beijo do clipe dele e outras atitudes que ele não estava me escutando. Só isso”.

“Eu sempre fui esse tipo de pessoa. Sempre pego, ligo, converso. Não que eu ache que eu seja a dona da verdade e que todo mundo tem que pensar como eu. Mas no meu papel de amigo, toda vez que eu acho que eu tenho algo a acrescentar, que eu posso ajudar em algo, eu faço o papel que eu acredito que eu deva fazer. Ultimamente não tem adiantado, estava enxugando gelo e eu parei de falar. Mas isso não significa que eu não seria amiga da pessoa. Posso ter uma visão errada? Pode ser que sim. Eu não interpreto que ele seja uma pessoa ruim, mas que ele é sem noção, que ele não tem cuidado.”

“O que aconteceu no ensaio é que eu chamei todas as participações, tinha um monte de amigo meu lá, que subiu no palco, estava se divertido, Jojo acabou cantando. Todo mundo estava num clima de diversão, bebendo, zoando. Quando tocou a música que eu tenho com o Nego, ele me pediu para eu falar sobre o DVD dele. Eu realmente não tinha noção das coisas que estavam, não vi comentário que ele fez de Luísa Marilac — agora estou vendo, se eu tivesse visto teria falado, gente — mas enfim. Eu real, do fundo do coração, na inocência, como qualquer outra situação da minha vida falei: ‘Óbvio, vem cá’. Quando todo mundo começou a vaiar, eu perguntei. Tenho uma comunicação no meu fone, perguntei o que estava acontecendo e me explicaram”.

Eu não estou querendo dizer que acho incompreensível a reação do público com o Nego não. Já tinha falado para ele muitas vezes isso que não se faz piada com gênero, cor de pele, isso não se faz. Primeiro que, para mim, não é humano, e essas piadas parecem inofensivas, mas teve gente que passou por muita coisa que faz com que essas piadas doam real. Estou cansada de falar para ele e não só para ele. O que eu errei foi ter tentado justificar ou amenizar a situação dele, porque eu estava me sentindo mal com essa coisa da vaia, porque já me pus no lugar. O público LGBTQ, as mulheres, sempre vão ter minha compreensão, meu apoio. Cada dia eu aprendo mais”.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo esportivo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Criador do Ford Mustang, Lee Iacocca, morre aos 94 anos 0 79

Criador do Ford Mustang, Lee Iacocca, morre aos 94 anos 2

Na noite desta terça-feira (02/07) o criador do lendário esportivo Ford Mustang, Lee Iacocca, faleceu nos Estados Unidos aos seus 94 anos. Ele morreu em casa, na cidade de Bel Air, Califórnia, por conta de complicações após sofrer por anos com Parkinson.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Ele é um dos nomes mais importantes da indústria automobilística pois além de inventar o Mustang, foi o principal responsável por reerguer a Chrysler, uma das maiores montadoras americanas da década de 80, que estava próxima de falir.

Iacocca foi quem dirigiu a Ford Motors, a Chrysler e também ajudou a moldar Detroit (EUA) como a cidade americana dos automóveis.

O engenheiro nasceu em 1924 na cidade de Allentown, Pennsylvania, EUA. Era filho de imigrantes italianos.

História de Lee Iacocca na Ford

Ele passou a trabalhar na Ford como engenheiro em 1946, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Ele cursou engenharia industrial na famosa Universidade de Princenton.

Pouco tempo depois de estar na equipe de engenheiros, ele acabou “desistindo” da profissão e pediu para ser transferido para a divisão de vendas da Ford. Então nos 10 anos seguintes, focou em vendas na região da Filadélfia, quando em 1956 ajudou a criar e executar uma campanha de marketing que foi um sucesso.

O sucesso desta campanha foi tanta que o então vice presidente da Ford, Robert S. McNamara, onde passou a conviver com a área executiva, se tornando um ótimo profissional. Pouco tempo depois, em 1960, ele veio a substituir o próprio McNamara na vice-presidência da montadora.

Foi então que na vice presidência que Iaccoca desenvolveu e fez o lançamento do Ford Mustang em 1964. Entrando para a história mundial.

ford mustang iacocca

McNamara se tornou o chefe do Pentágono e sucessivamente diretor do Banco Mundial.

História de Lee Iacocca na Chrysler

Após anos de sucesso na Ford, Lee Iacocca foi demitido em 1987, pelo neto do fundador da empresa, Henry Ford II. Depois de deixar a marca, ele foi parar na liderança da Chrysler, que estava em uma profunda crise, as portas para fechar.

Não levou muito tempo e Lee conseguiu recuperar a montadora e criar diversos “moldes” que ainda fazem sucesso na Chrysler.

Então em 1992 ele aposentou e deixou de comandar a Chrysler. Ele começou a investir sua fortuna em azeite, bicicletas elétricas e em diversas pesquisas sobre diabetes e Parkinson.

Teve um livro chamado “Iacocca: uma autobiografia” em 1984, que vendeu 6,5 milhões de cópias, se tornando um best seller.

Final da Copa América de 2020 deve ser na Colômbia 0 96

final copa america 2020 colombia

Ontem o Brasil avançou mais uma fase na Copa América 2019, derrotando o Paraguai nos pênaltis. Mas apesar do torneio deste ano ainda não ter chegado ao fim, seus representantes já miram nas próximas competições de 2020.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Com isso o presidente da Colômbia, Iván Duque, anunciou que a próxima partida final da Copa América de 2020 será realizado na cidade mais populosa colombiana, Barranquilla. Na edição de 2020, as partidas serão realizadas na Colômbia e na Argentina, divididas entre dois grupos, o “norte e sul”.

Segundo o presidente colombiano, houve uma reunião com o presidente da Conmebol, Domínguez, e ficou decidido que a próxima final será realizada na Colômbia. O anúncio oficial foi feito através de sua rede social no Twitter.

Assim que o anúncio foi feito, o prefeito de Barranquilla, Alejandro Char, disse que a decisão deverá ser feita próxima ao mar do Caribe, no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez. Apesar de não ser a capital Bogotá, a região é uma das mais importantes do país.

Confira o pronunciamento:

Outros jogos de 2020

Os locais das quartas e semifinais da Copa América de 2020 ainda não foram definidos e não se sabe se serão realizadas somente na Colômbia ou Argentina, ou em ambos.

Copa América 2020

O torneio do próximo ano realizado no mês de junho/julho, contará com 12 seleções. Dez que são filiadas à Conmebol e outras duas convidadas. Na versão de 2020 as seleções convidadas deverão ser a Austrália e o Catar.

Este ano marca o início do torneio a cada quatro anos, sempre em paralelo à Euro, outro importante torneio mundial. Ele também contará com a novidade que será dividido em dois grupos de seis seleções, classificadas entre Norte e Sul. Os times deverão se enfrentar dentro do próprio grupo e os quatro melhores avançam para às quartas de final.

Assim em relação com a Copa América de 2019, a edição de 2020 terá 12 jogos a mais, totalizando 38 partidas, algo que eram apenas 26 até o momento. O formato de “norte e sul” será para facilitar a viagem de torcedores na primeira fase.

A Copa América de 2020 será na verdade uma experiência para à Conmebol, que irá avaliar como as nações irão desempenhar seus papeis e se será algo lucrativo também.

A Conmebol vai usar a edição de 2020 para avaliar a “experiência” das sedes Norte e Sul.

Grupo definido para 2020

O grupo norte será composto por:

  • Colômbia;
  • Brasil;
  • Equador;
  • Peru;
  • Venezuela;
  • E convidado (à definir em sorteio).

Já o grupo sul será composto por:

  • Argentina;
  • Bolívia;
  • Chile;
  • Paraguai;
  • Uruguai;
  • E convidado (à definir em sorteio).

A Austrália e o Catar devem participar de um sorteio para definir em qual grupo irão participar.

Most Popular Topics

Editor Picks