Monét X Change critica fãs racistas de Drag Race 0 276

Monét X Change critica fãs racistas de Drag Race 1

Famosos – Monét X Change, depois de dez episódios de desafios, o lip sync pelo seu legado e decolagem na passarela, ao lado de Trinity the Tuck foi considerada merecedora de uma vaga no Drag Race Hall of Fame, e é seguro dizer que isso deixou o universo drag e todos o fandom do reality show completamente surpreso. Infelizmente, após sua vitória, a queen recebeu muitos comentários negativos.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Ela fez história por duas razões: 1- nunca houve mais de uma rainha coroada ao mesmo tempo e 2 – RuPaul nunca até então havia selecionado uma queen negra para figurar no Hall of Fame.

Em uma entrevista para o site britânico Gay Times, ela conta:“Estou completamente chocada”. “Eu sinceramente não fazia ideia de que isso podia acontecer É tudo tão maluco! É como, onde RuPaul conseguiu mais 100.000 dólares? O tempo todo? O TEMPO TODO? Obrigado VH1“.

Foi uma verdadeira loucura para a drag de Nova York, que só descobriu que ela havia ganhado a coroa ao lado de Trinity por volta de 12 horas antes da entrevista para o referido site. As duas queens estavam sentadas uma do lado da outra para um vídeo de reação ao vivo da WowPresents, e se você assistiu o vídeo, viu o quanto elas ficaram absurdamente surpresas.

“Essas foram reações genuínas”, ela confessa. “Trinity ficou chocada e realmente não entendeu o que estava acontecendo no momento, e ela só queria ter certeza de que ela teria $ 100.000. Isso é tudo que ela estava pensando! Aonde minha mente foi, foi que nunca houve uma drag queen negra vencedora do All Stars, então eu estou tipo, “Woo! É uma vitória! ‘”.

Você também pode se interessar por:

É óbvio que ela gostou muito de ter ganhado o dinheiro, mas para ela o título de America’s Next Drag Superstar representa algo muito mais importante do que um cheque polpudo. “Essa vitória para mim é uma vitória por muitos motivos. É a primeira vez que uma Miss Simpatia também ganhou uma coroa, e é a primeira vez que temos uma queen negra vencendo o All Stars. Não posso expressar a você o quanto isso me deixa orgulhoso”.

Ela emenda:“ Eu acho que por um tempo, especialmente pertencente à franquia All Stars, as pessoas queriam ver uma representação mais melancólica. Monique [Heart] disse isso muito ao longo da décima temporada, como ela adorou que nós tivemos um top 4 altamente misturado, e eu acho que isso apenas reflete o mundo do drag em geral. Há muitas rainhas diferentes, há rainhas negras, rainhas brancas, rainhas roxas, rainhas cinzas, todas as cores que você pode imaginar! Então, a chance de adicionar uma pequena representação de chocolate a essa garota do Hall of Fame, e mostrar que All Stars é tão diversa quanto as temporadas regulares é incrível para mim”.

A vitória de Monét X Change também foi a primeira vez que uma queen negra saiu vitoriosa desde Bob The Drag Queen (sua melhor amiga e parceira de podcast) na oitava temporada da série, o que significa que tivemos quatro vencedoras brancas seguidas desde 2016.

O programa impulsionou maciçamente em popularidade desde então (tornou-se a primeira série a ganhar Emmys para o Programa de Competição de Realidade Excepcional e Outstanding Host no mesmo ano) o que significa que a base de fãs ficou maior e agora tem seu quinhão de fanáticos apaixonados, mas também, por outro lado, o racismo veio à tona e por isso Monét X Change faz críticas aos fãs racistas de Drag Race.

Quando Monét X Change faz críticas ao fãs racistas, nos vem à memória queens como Bebe Zahara Benet, Kennedy Davenport, Naomi Smalls e Asia O’Hara são apenas algumas das queens que foram inundadas com ameaças de morte. “Temos observado o quanto eventualmente alguns fãs do programa são racistas”, ela desabafa.

Monét X Change recebeu comentários racistas desde sua primeira aparição na série em 2018. Contudo, quando ela foi anunciada como uma das duas vencedoras do All Stars 4, a coisa piorou vertiginosamente.

Os comentários racistas para Monét X Change após sua vitória no All Stars 4

“Trinity e eu postamos fotos com nossa coroa e cetro”, prossegue ela. “Se você simplesmente percorrer os comentários de cada uma de nossas fotos, elas são muito diferentes. Trinity está sendo tão amada e celebrada, e todo mundo está dando o devido respeito a ela. 98% dos comentários dela são “Linda, você fez um ótimo trabalho”. Você acessa minhas postagens e eu estou sendo chamada de “n”, chamada de barata. Sim, isso me ofende, mas não abala meu espírito porque sei o que eu fiz nesta competição e o que alcancei. Eu tenho pessoas que me apoiam e amam o trabalho que fiz no Drag Race, então eu não vou deixar esse conjunto de pessoas nublar minha vitória e nublar essa grande vitória para rainhas de cor em All Stars. Eu não vou deixar isso me afetar … mas é muito diferente quando você olha para essas respostas. É irritante e desconcertante para dizer o mínimo, especialmente considerando que a principal mensagem do programa é promover o amor e a inclusão”.

Algumas semanas atrás, Monét X Change chamou o racismo em sua linha do tempo no Twitter quando um “meme” dela, Trinity, Naomi, Monique e Latrice Royale foi trazido à sua atenção, que mostrava as rainhas da cor como homens negros masculinos em pé atrás da Trinity. que foi retratado como uma “menina branca”. “Foi claramente um ‘meme’ racista e racista, e a pessoa que fez isso se apegou a ele e acabou sendo uma criança de 12 anos que não percebeu a gravidade do que estava fazendo”, explica Monét X Change. “Eu acho que isso é parte do problema, que o fandom de Drag Race tende a ser muito jovem e eles não entendem. Eles acham que estão sendo obscuros e engraçados, mas na verdade estão sendo muito desagradáveis ​​e rudes”.

Fonte:Gay Times UK.

 

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BRT do Rio inicia sistema para multar caloteiros 0 94

fiscalizacao contra calote brt rio de janeiro

A partir desta segunda-feira (22/07) o BRT (Bus Rapid Transit) do Rio de Janeiro irá começar uma forte fiscalização nas estações através de máquinas contra calotes. Diversos fiscais espalhados pelas estações do BRT irão pedir o cartão do passageiro (Riocard), onde através de uma leitura na máquina, deverão conferir o último uso do bilhete, identificando passageiros que entraram sem pagar.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A multa para quem estiver aplicando o calote no sistema, desde que identificado pela máquina será de R$ 170.

No Twitter oficial do BRT Rio foi publicado o seguinte tweet:

“… A partir da próxima segunda-feira, 22, máquinas serão utilizadas para fiscalizar a validação do cartão Riocard nas roletas de acesso. A medida é um importante mecanismo para coibir os calotes no BRT…”

Testes finais

Os últimos testes antes da fiscalização começar foram realizados nesta sexta-feira (19/07). Agentes do sistema e guardas municipais saíram em duplas e fizeram a verificação dos bilhetes dos passageiros em busca de calotes nas estações. Eles não ficaram em pontos fixos, surpreendendo ainda mais os passageiros.

Durante a fiscalização “teste” uma pessoa foi identificada sem pagar na estação do Barra Shopping. A multa é gerada no próprio cartão e pode levar o nome para os sistemas de proteção ao crédito.

Outro sistema que vem sendo testado pela BRT Rio é um de monitoramento. Através do Terminal Alvorada, agentes irão verificar por meio de câmeras quais são os passageiros que entram sem pagar, além de verificar a segurança dos equipamentos.

Fiscalização desde outubro

Apesar das fiscalizações do BRT terem sido iniciadas nesta segunda-feira (22/07) a Guarda Municipal do Rio já está fazendo a fiscalização por contra própria contra calotes desde o último mês de outubro de 2018. Todos os dias cerca de 120 agentes circulam nas estações, principalmente nos horários com maior índice de calote.

Até este mês os agentes já aplicaram quase 3300 multas referentes à fiscalização.

Vulcão Ubinas fica ativo no Peru e 30 mil moradores são evacuados 0 112

vulcao ubinas em atividade

O vulcão Ubinas localizado no país do Peru iniciou suas atividades desde a última quinta-feira (18/07). E por conta do perigo que suas atividades representam para a região o governo peruano decretou estado e emergência neste domingo para sete distritos da região sul do país.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

De quinta-feira até este domingo cerca de 30 mil pessoas tiveram que deixar as suas casas. As regiões que tiveram as casas evacuadas foram Moquegua, Arequipa, Tacna e Puno. Nelas as cinzas do vulcão cobriram 617 escolas e 20 unidades de saúde.

O balanço acabou de ser divulgado pelo Centro de Operações de Emergência Nacional (Coen), onde neste domingo informou que o maior número de desabrigados está localizado na região de Puno, fronteira com a Bolívia. Por lá já foram evacuadas 19 mil pessoas de suas casas.

A segunda região mais atingida foi Moquegua, que já passa dos 9 mil desalojados.

Estado de emergência no Peru

O governo peruano decretou estado de emergência neste domingo para poder acelerar a retirada da população que está próxima ao vulcão ativo Ubinas, iniciando o ponto de ajuda aos que estão sendo afetados.

As atividades do Ubinas se intensificaram deste a última quinta-feira, quando o vulcão lançou ao ar uma fumaça com mais de cinco quilômetros de altura. Então o vento acabou dispersando as cinzas e há relatos de que elas chegara a atingir a Bolívia.

Um especialista do Instituto Geológico de Mineração e Metalurgia (Ingemmet), Jersy Mariño, informou que a erupção do vulcão Ubinas é moderada. O vulcão é bem ativo na região, sendo comum que tenha atividades a cada cinco anos.

A recomendação é que a população próxima deixe suas residências e ao se locomover utilize máscaras para não respirar as impurezas da fumaça tóxica.

Ele é apenas um dos oito vulcões localizados no sul do Peru. Já o país todo conta com 16 vulcões, onde os principais são:

  • Misti;
  • Sabancaya;
  • Nevado Coropuna;
  • Ampato;
  • Huaynaputina;
  • Jenchaña;
  • Chachani.

Most Popular Topics

Editor Picks