Skip to content

Bolivianos passam fome e enfrentam filas para conseguir comida no país

17 de novembro de 2019
fome na bolivia

Praticamente nos mesmos moldes da população venezuelana, os bolivianos fazem enormes filas nas ruas de La Paz, capital da Bolívia, para poder comprar comida e gás, pois há um enorme bloqueio nas estradas do país.

A busca neste domingo é por frango, ovos e também combustível para poder fazer o alimento da semana. O bloqueio está sendo feito por apoiadores de Evo Morales, impedindo que os carregamentos vindos das regiões metropolitanas possam chegar até a capital.

Diante desta ação, hoje um avião militar Hercules pousou com produtos para a população. Ainda neste sábado, o ministro da Presidência, Jerjes Justiniano, informou que o governo criou uma “ponte aérea” para a capital boliviana. Em pouco tempo o mesmo deve ser feito a outras cidades que tiveram a entrega de suprimentos isoladas pelas estradas.

Caos na Bolívia

Desde o último dia 20 de outubro, a Bolívia vem vivendo momentos de tensão. Isso porque Evo Morales acabou vencendo as eleições com fraudes comprovadas pela Organização dos Estados Americanos (OEA). Então ele acabou renunciando a presidência no último domingo (10/11) e pedindo asilo político no México.

Foi então que diversos arruaceiros foram as ruas armados com pistolas, granadas e até armamento mais pesado, enfrentando as forças de segurança do país.

Mesmo com salário de 20 mil, noiva de Lula larga tudo para se casar.

Diante da violência, muitas regiões acabaram ficando sem gás liquefeito, passando a cozinhar com lenha e tendo que ficar horas em filas para conseguir pouquíssima comida.

Moradores da região estão dizendo que estão sem comida ou combustível e esperam que as coisas se acalmem nos próximos dias, pois não é possível saber quais serão as reais consequências para toda a população.