Kevin Feige conta quais foram as 2 escolhas mais complicadas nos primórdios da Marvel Studios 0 406

kevin feige marvel escolhas

Olhando para o Universo Cinematográfico da Marvel agora, especialmente depois de Vingadores:Ultimato, é difícil imaginar qualquer parte dele sendo diferente. Nos últimos 11 anos, os vários filmes, histórias, elementos e atores se uniram de uma maneira completamente sem precedentes. No entanto, enquanto tudo faz sentido agora, de acordo com o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, havia algumas opções que eram um pouco difíceis de vender no início.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:Carson Kressley, jurado de RuPaul’s Drag Race comenta o 1º personagem gay da animação Arthur.

Kevin Feige recebe perguntas do Reddit

kevin feige marvel escolhas

Durante um Reddit AMA, Kevin Feige foi questionado sobre o que foi mais difícil de “vender” para os executivos da Marvel ou da Disney nos últimos 11 anos, especificamente o que ele mais lutou ou que outros tentaram fechar mais. Acontece que havia duas coisas, as quais, se fossem diferentes, teriam mudado drasticamente todo o MCU.

Leia também:Emma Thompson fala sobre sua participação no filme live action da Cruella.

“Sempre há conversas e discussões antes de um filme ser feito, e na maior parte tem sido uma colaboração incrível, mas quando começamos, os dois que vêm à mente a partir de 10 anos atrás são ter de Robert Downey Jr. no elenco e tomar a decisão de fazer o Capitão América: O Primeiro Vingador, um filme do período da Segunda Guerra Mundial, “disse Kevin Feige.

Embora ambas as escolhas de Kevin Feige sejam um pouco surpreendentes, é a idéia de que a convocação de Robert Downey Jr. foi uma venda difícil que realmente se destaca. Pode parecer impossível imaginar alguém além de Downey como Homem de Ferro, mas em 2007, quando ele foi escalado para o papel, a decisão foi um pouco controversa.

A contratação complexa de Robert Downey Jr

Não só Downey nunca teve realmente um papel em um filme de sucesso, apesar de seus sucessos críticos, mas ele também foi um pouco ainda reconstruindo sua carreira depois que ele saiu da pista devido a seus problemas de dependência anos antes. No entanto, para o diretor do Iron Man, Jon Favreau, Downey melhor entendeu Tony Stark fazendo-o um bom ajuste para o papel.

Claramente, essa escolha – e Kevin Feige lutando por isso – acabou sendo crucial. Homem de Ferro foi um enorme sucesso e Downey passou a ser o centro do MCU, algo que faz a maneira como sua história se fecha em Vingadores:Ultimato ainda mais agridoce. É claro que, enquanto Tony Stark, do Downey, é uma grande parte do MCU, o próprio ator atribui o sucesso geral do MCU aos outros e ao seu trabalho.

“Tony estava lá fora para eu começar”, disse Downey no livro Vingadores:Ultimato – The Official Movie Special. “Mas você não pensa nos dois separadamente. Acho que se você tivesse feito tantos filmes como eu e o primeiro foi tão definitivo e revolucionário – não porque eu seja tão bom, mas porque todo mundo fez o trabalho deles tão bem – o que Favreau fez e o que Gwyneth [Paltrow] fez e todos … É como ter um grande time de futebol, um ótimo grupo de pessoas. “

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

45 mil litros de combustível são apreendidos pela PRF em Seropédica 0 115

45 mil litros combustivel preso pela prf

Uma apreensão considerada grande de combustíveis foi feita pela Polícia Rodoviária Federal na manhã deste último dia de novembro (30/11). A PRF parou três carretas carregadas com etanol e encontrou irregularidades nas notas fiscais.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A carga foi apreendida durante uma blitz que os agentes federais realizavam no quilômetro 208 da via Dutra. Este quilômetro fica localizado na cidade de Seropédica, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

As carretas estavam carregadas de etanol e durante o flagrante foi constatado a irregularidade nas notas fiscais dos três veículos. Elas foram apreendidas juntas pois seguiam em comboio para a capital, Rio de Janeiro.

Museu Grünes Gewölbe é invadido por ladrões na Alemanha e bilhões são levados.

45 mil litros de combustível irregular

Os policiais abordaram os motoristas e solicitaram as notas fiscais das mercadorias. Então elas foram consultadas nos sistemas de segurança da PRF e então foi constatado irregularidades tributárias nos documentos. Todos os veículos eram responsáveis pelo transporte de 45 mil litros de etanol pronto para uso.

Após constatar as irregularidades, a questão foi encaminhada para o Posto Fiscal da Secretaria de Fazenda Estadual (SEFAZ), que é localizada em Nhangapi, na região de Itatiaia, Rio de Janeiro.

Os motoristas estão prestando depoimento para a polícia rodoviária, mas devem ser liberados nas próximas horas.

Imagem divulgação: Extra.com

Ex diretor do Detran no Paraná é preso em operação da Gaeco 0 137

preso ex diretor do detran pela gaeco

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, a Gaeco, prendeu na manhã desta quarta feira através da operação Taxa Alta, o ex-diretor-geral do Detran no Paraná, Marcello Panizzi.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Marcello era atualmente o diretor-geral da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP). Ele era um dos cinco alvos da Gaeco nesta operação, onde foram emitidos os mandados de prisão preventiva para Curitiba, Maringá e Brasília.

Esta operação é focada na investigação de irregularidades em um edital do Detran com a finalidade de credenciar empresas responsáveis pelo registro de financiamentos de veículos no Paraná.

Agora a cota para compras no Paraguai será de US$ 500 e US$ 1000.

Os policiais da Gaeco chegaram a casa de Panizzi, que fica localizada no bairro São Lourenço, em Curitiba, logo pela manhã. Além da prisão, os policiais também estavam executando um mandado de busca e apreensão.

Outros que receberam a visita dos policiais nesta quarta foram três servidores comissionados da época do edital e um ex-assessor da Governadoria do Estado do Paraná.

Operação Taxa Alta

Esta operação está responsável por apurar o suposto direcionamento dos credenciamentos do edital de 2018 pelo Departamento de Trânsito do Paraná. Os registros de contratos eram feitos eletronicamente, onde haviam cláusulas restritivas à venda, como reserva de domínio, penhor, alienação fiduciária ou arrendamento.

Todo o processo foi manipulado para beneficiar uma das vencedoras. A empresa que venceu a licitação, faturou entre novembro de 2018 e junho de 2019, nada menos do que R$ 77 milhões. Ela pediu seu credenciamento para o serviço um dia após a publicação do edital e por um grande período praticamente monopolizou toda a operação.

Antes do credenciamento desta empresa, o preço cobrado dos donos de automóveis no Paraná eram de R$ 143. Após a inclusão da vencedora do edital para assumir a documentação dos financiamentos, o preço pelo serviço subiu para R$ 350.

Most Popular Topics

Editor Picks