Celebridades manifestam seus lamentos e críticas pela tragédia de Suzano 0 266

Celebridades manifestam seus lamentos e críticas pela tragédia de Suzano 1

Famosos – Hoje aconteceu uma terrível e lamentável tragédia na cidade de Suzano, localizada na Grande São Paulo. Dois adolescentes entraram em uma escola do referido município, armados e mataram cerca de 8 crianças/adolescentes.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O fatídico acontecimento está estampado nos principais veículos de comunicação do país e todo mundo está se condoendo por esse triste fato.

Diversos políticos já expressaram suas condolências pelo ocorrido e igualmente algumas celebridades fizeram o mesmo.

O ator Pedro Neschiling comentou o seguinte a respeito da tragédia: “Uma chacina acontece e nosso presidente defensor da flexibilização do porte de arma, sempre tão tuiteiro, ainda não disse uma palavra”.

Paola Carosella, chef de cozinha e apresentadora, retweeta um post que cita a fala de Major Olímpio, do PSL, dizendo que “se os professores estivessem armados, a tragédia teria sido evitada”. Paola então retweeta comentando o seguinte:”São malvados perversos crueis irresponsáveis idiotas e extremamente perigosos”.

Você também pode se interessar por:

A ativista Cynara Menezes tweetou: “Estão importando dos EUA o que há de pior lá:supremacia branca, fundamentalismo “cristão”, fake news e chacinas de inocentes em escolas”.

Maisa, por sua vez, declarou: “Não acredito 🙁 Meus sentimentos à todos. Orando por Suzano”.

Cantor Jão expressa seu pesar sobre o ocorrido: “Meus sentimentos e respeito às vítimas de Suzano e da Nigéria”.

Amanda Ramalho, ex-apresentadora do Pânico, igualmente se lamenta: “Essa historia de suzano é escabrosa. ES CA BRO SA. nao podemos achar esse momento do brasil normal. Nao ta normal, gente! Olhem para as pessoas.”

MC Rashid comenta: “Muito doloroso esse atentado à escola em Suzano. Que fita … força pros feridos e familiares das vítimas. Com tudo q está acontecendo, infelizmente o que nos resta muitas vezes é demonstrar que nossa humanidade ainda não se dissipou. Essas tragedias nos derrubam.”

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Johan Renck, diretor de ‘Chernobyl’, fala sobre as filmagens de série “como se fosse um filme” 0 75

Johan Renck

Do criador / roteirista Craig Mazin e do diretor / co-produtor executivo Johan Renck, a minissérie de cinco partes da HBO, Chernobyl, explora como o acidente nuclear de 1986 se tornou uma das piores catástrofes provocadas pelo homem na história.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:Hartley Sawyer, o ‘Homem Elástico’ da série The Flash, adoraria ver a Batwoman com ele em crossover.

O diretor da série “Chernobyl”, Johan Renck e como foi trabalhar com a mesma

Johan Renck

Depois da Usina Nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, a União Soviética sofreu uma explosão maciça que liberou material radioativo na Ucrânia, Bielorrússia e Rússia, e na Escandinávia e na Europa Ocidental, inúmeros homens e mulheres corajosos sacrificaram suas próprias vidas, consciente e inconscientemente, numa tentativa de salvar a Europa de um desastre inimaginável.

Durante essa entrevista por telefone com o site americano Collider, o cineasta Johan Renck falou sobre ser atraído pela verdade da história, abordando Chernobyl como um filme de cinco horas, a liberdade que ele teve em desenvolver sua visão para os roteiros, como o projeto mudou, o processo de elenco, filmar aquela cena na Ponte da Morte, e como ele sente que precisa fazer uma pausa do trabalho antes de decidir qual será a próxima realização.

Leia também:Keanu Reeves pode ser o novo Wolverine?Descubra agora.

Ao ser questionando pelo Collider do trabalho hercúleo em contar uma história tão densa e complexa em poucos episódios, Johan Renck disse que o bom trabalho do roteiro e a oportunidade de se focar somente em ser diretor e não em outras funcionalidades a mais no desenvolvimento da série permitiu que a montagem da narrativa da tela fosse muito bem trabalhada.

Quanto ao seu envolvimento com a minissério, Johan Renck respondeu:”Eu sou atraído por coisas com uma certa escuridão, e escuridão com beleza dentro dela. Como escandinava, gosto do desespero e da austeridade estranha no desespero das coisas. Eu sou muito atraído pela melancolia e por esse tipo de emoção. Então, eu sabia apenas vendo a página de título, que muito disso estaria lá”.

Sobre filmar “Chernobyl” como um filme

Quando perguntado sobre o processo de filmagem da minissérie Chernobyl, o diretor revela que a mesma foi filmada como se fosse um filme, ou seja, “tudo de uma vez” e não por episódios, como é costumeiramente feito com as séries tradicionais.

Leia também:Brie Larson mostra mais uma vez o quanto é uma fã número 1 de Star Wars.

Johan Renck declarou: ” Sim, eu insisti nisso. Você tem que cruzar o tabuleiro e filmar como um filme. Não tem nada de televisão tradicional sobre isso. É basicamente um longo filme, dividido em cinco partes, então é assim que você tem que lidar com isso. Foi filmado assim, e cada aspecto disso foi tratado dessa maneira. Eu trabalho na televisão há muito tempo e conheço todos os aspectos da televisão. Nunca houve concessões, e nunca houve qualquer desejo de fazer nada além do que era melhor para o projeto”.

Hartley Sawyer, o ‘Homem Elástico’ da série The Flash, adoraria ver a Batwoman com ele em crossover 0 77

hartley sawyer

Muitas das estrelas do Arrowverso falaram no passado sobre quais personagens eles adorariam ter uma ou duas cenas no grande esquema das coisas e para o Flash de Hartley Sawyer, ele também tem um personagem que ele adoraria ver Ralph Dibny interagir.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:

Hartley Sawyer e o crossover com Batwoman

hartley sawyer

Quando se trata dos crossovers Arrowverse da The CW – tanto os eventos grandes, oficiais, multi-episódios quanto os pequenos momentos em que os personagens de um show surgem nos outros – são as interações entre os personagens dos diferentes shows que estão frequentemente entre os personagens. mais divertido para os fãs e para os atores também.

Em uma entrevista recente ao Hollywood Life, Hartley Sawyer foi questionado com quem ele gostaria de ver Ralph interagir. A resposta? Superman (Tyler Hoechlin), com o par indo em uma longa viagem juntos.

“Há um casal que seria muito divertido”, disse Hartley Sawyer. “Quero dizer, obviamente, isso nunca vai acontecer, mas eu adoraria ver Ralph e Superman em uma viagem, como em um carro por cinco horas. Sobre o que eles falariam? Para onde iria?”

A idéia de Superman e Ralph em uma viagem juntos é bem engraçada.Dado que Superman é educado e apenas um cara realmente bom e Ralph tem uma tendência a ser exagerado e um pouco abrasivo, assistir o par de heróis se aventurando em uma longa viagem de carro poderia proporcionar tantos momentos cômicos.

Claro, Hartley Sawyer também tinha outro personagem que ele gostaria de interagir;

“Ou Batwoman … eu adoraria ver esses dois personagens juntos”, disse Hartey Sawyer. “Há uma justaposição lá que seria tão divertida de se jogar que eu acho que seria muito divertido.”

Ruby Rose se empolga com possibilidade de crossover

Sawyer não é o único ator de Arrowverso que está animado com as oportunidades de crossovers e interações entre os vários personagens. A estrela da Batwoman Ruby Rose disse recentemente ao ComicBook.com que ela também está ansiosa para as interações de crossover – incluindo potencialmente algumas das quais ela ainda não pode falar.

“Oh meu Deus, estou muito feliz. Estou emocionada”, disse Rose. O crossover é o melhor porque você começa a trabalhar com todos os outros atores, mas eu apenas acho, é claro, todos eles fizeram um ano, dois anos, três anos, seis anos. Eles conhecem seus personagens tão bem”.

Most Popular Topics

Editor Picks