Vídeo Show emociona público após exibição do último programa 0 128

Vídeo Show emociona público após exibição do último programa 2

Nesta sexta feira a TV Globo exibiu pela última vez o programa “Vídeo Show”, após 35 anos ininterruptos no ar. O assunto, claro, foi um dos mais comentados da semana e como não poderia deixar de ser, foi muito comentado entre o público e as celebridades.

Sofrendo com uma forte queda de audiência e com muita dificuldade de se reinventar para trazer de volta a atenção do novo público, a maior emissora do País resolveu tirar o programa de circulação mas manter a marca “Vídeo Show” ainda em funcionamento.

E como não poderia ser diferente, com um clima de nostalgia e despedida, o programa emocionou a todos, deixando até os apresentadores sem palavras. Mostrando os melhores momentos do programa, a TV Globo fechou o ciclo de forma triunfante.

Como não poderia ser diferente, os famosos que passaram pelo programa deixaram sua mensagem e lembraram com carinho sobre os momentos em que o Video Show fez parte de suas vidas.

Otaviano Costa, um dos apresentadores que passaram pela atração, foi um dos primeiros a se manifestar. “Uma linda história, um incrível família, um inesquecível programa. GRATIDÃO E ORGULHO por ter tido a chance de fazer parte desta maravilhosa história da televisão brasileira”.

Outros famosos como a esposa de Otaviano Costa, Flavia Alessandra, Claudia Leitte, Bruno de Lucca, Juliana Alves e tantos outros deixaram mensagens de carinho em suas redes sociais.  

Vídeo Show emociona público após exibição do último programa 3
Previous ArticleNext Article
Jornalista especialista em marketing digital e redes sociais. Curiosa, amante de músicas, filmes e seriados nas horas vagas. Ampla experiência no jornalismo esportivo (vôlei e tênis), com passagem de três anos no portal Break Point Brasil.Contato: karinacarneiro@outlook.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Santa brasileira! Após segundo milagre Dulce será canonizada por Vaticano 0 69

Santa brasileira! Após segundo milagre Dulce será canonizada por Vaticano 5

Na manhã desta terça-feira o Brasil teve uma surpresa após o site oficial do Vaticano publicar que o país terá a sua primeira santa canonizada. O comunicado foi feito através do Vatican News, confirmando o segundo milagre do “Anjo bom da Bahia”, a irmã Dulce.

A mensagem através do canal de comunicação do Vaticano confirma a proclamação de Santa para a primeira mulher nascida no Brasil. O decreto foi autorizado pelo Santo Padre, onde a beata será canonizada nos próximos dias, através da solene celebração de canonizações.

A audiência para decidir sobre a Irmã Dulce ocorreu nesta segunda-feira, dia 13 de maio, com a presença do Papa Francisco, o cardeal Angelo Becciu, prefeito da Congregação das Causas dos Santos, onde recebeu as devidas autorizações para promulgar o decreto.

Milagres

O Vaticano estava analisando três graças alcançadas por devotos da igreja, logo após orações feitas à Irmã Dulce. Os três casos foram enviados ao Vaticano pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), no último ano de 2014, logo após a análise e conclusão de profissionais dentro da própria organização.

A beata já tinha um milagre reconhecido em outubro de 2010, quando adquiriu o status de beatificação. Logo após este primeiro passo, foram iniciados as análises para poder buscar a canonização da freira, onde a partir do segundo milagre a igreja católica passa a reconhecer um beato como santo.

O Vaticano exige que o milagre tenha ocorrido logo após a beatificação. E para ser considerado um milagre, é preciso seguir quatro exigências, só assim será possível comprovar a veracidade do caso. Entre as exigências estão:

  • Ser preternatural, algo que a ciência não consegue explicar;
  • Acontecer logo após a oração, ou seja, instantâneo;
  • Ser duradouro;
  • Uma obra perfeita.

Assim este segundo milagre alcançou as quatro exigências, porém ainda não foi divulgado.

Irmã Dulce

A santa brasileira irmã Dulce, tem o seu nome de batismo Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes. A beata nasceu na capital baiana, Salvador, no dia 26 de maio de 1914. Ela é muito famosa em sua região por ter praticado diversas obras de caridade e assistências aos mais necessitados. Ela era membro religiosa da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus.

Ela veio a falecer aos 77 anos no Convento Santo Antônio, no dia 13 de março de 1992.

131 anos da Lei Áurea neste dia 13 de maio, o que mudou? 0 60

131 anos lei aurea

Neste dia 13 de maio de 2019 é comemorado o 131º aniversário da assinatura da Lei Áurea por Isabel, a princesa de Portugal responsável pela libertação dos escravos. Porém, apesar do que muitos possam acreditar, durante a libertação dos escravos grande parte da população negra no Brasil já era livre.

Neste artigo estaremos falando um pouquinho mais sobre este assunto importante para nossa sociedade.

Escravos no Brasil

Durante a assinatura da Lei Áurea em 1888, cerca de 5,8 milhões habitantes no país eram negros. Mas deste total, muitos já eram livres, onde apenas cerca de 1,5 milhão (26%) contava com uma relação de servidão total à supostos “donos”.

Os números são importantes pois na época grande parte dos negros no Brasil já era livre, isso através do auxílio de grupos abolicionistas ou pela compra de sua própria alforria. Assim a Lei Áurea foi muito importante, mas causou pouco impacto na condição de vida, inclusive dificultando a vida de milhares que foram “libertos” e sendo deixados a seguir o seu próprio rumo.

Outro ponto que causou um grande problema no desenvolvimento socioeconômico desta parte populacional é que logo após este período, para poder “preencher” as vagas dos escravos que foram libertos, foi editado um decreto que incentivava a vinda de imigrantes europeus para o Brasil, onde lhes era garantido moradia, passagem e trabalho.

Assim grande parte da população “liberta” acabou ficando sem moradia, estudo e trabalho para o seu sustendo, o que antes era, mesmo que de maneira escassa, ainda feito pelas grandes fazendas.

Marco histórico

Apesar de todos os problemas gerados após a Lei Áurea, os 131 anos são comemorados pois para muitos isso significa o poder de liberdade e do quanto um decreto é capaz de mudar a história de um país por séculos. Hoje no Brasil apesar de ainda haver uma grande parcela de discriminação, há incentivos para a população negra em diversos campos da sociedade.

E você acha que a Lei Áurea deve ser comemorada ou não? Deixe seus comentários.

Most Popular Topics

Editor Picks