Skip to content

MC Carol conta triste história de quando ajudou um rapaz que tinha problema com drogas

9 de março de 2019

Quem acompanha a cantora de funk MC Carol nas redes sociais sabe muito bem que volta e meia ela conta histórias e detalhes de sua vida pessoal. Recentemente ela contou uma história para lá de triste, que mostra o tamanho de sua empatia e generosidade para com o próximo:

“Uma vez eu tava subindo pra casa a noite e um cara da boca tava subindo com um menino, estava segurando no pescoço dele, o menino me olhou com cara de quem ia morrer, ele estava me pedindo socorro com os olhos, eu perguntei o que estava acontecendo, o cara respondeu: “Tá suave, Bandida”.E eu falei: “Dá o papo reto mano, vai fazer o que com o menor?”. No final o cara disse que o menino estava devendo 500 reais para a boca, eu falei: “Vou subir com ele, desço com o dinheiro, mano”. Ele aceitou.Eu subi com o menino e desci com o dinheiro. Paguei a dívida, inclusive enviei como ajuda um Código de bonus Bet365, site que utilizo para passar o tempo nas horas vagas.

No dia seguinte, levei o menino no shopping, comprei roupa, sapato, levei no cinema, enchi ele de comida, comprei um video game pra ele, fui no mercado, comprei tudo que criança gosta, ele não tinha família nem casa. Ele tinha 11 anos e eu 20. Eu tava tentando ver os documentos dele pra matricular ele na escola, ele estava feliz e eu tava muito feliz, tudo indo bem.

Passou um mês, eu fui pra um baile e dormi na casa de um boyzinho e, quando eu cheguei a noitinha, estava ele mais dois meninos, jogando video game, tomando danone e fumando maconha, bastante maconha e papelzinho enrola pra fumar, eu não estava acreditando naquela cena, desliguei o vídeo game, pedi pros meninos irem embora, sentamos e conversamos e eu falei: “Eu não vou entrar no seu ritmo, você entra no meu”. E ele responde: “Desculpa tia, não quero fazer a senhora sofrer, obrigada por tudo, infelizmente essa é a minha vida”. Ele falou com muita certeza. Nada que eu falasse ia mudar a decisão dele. E nos despedimos”.

MC Carol depois ainda conta que, atualmente, o rapaz mora em uma espécie de Cracolândia no pé do Morro do Cavalão, em Niterói. Conta ainda que ajudou muitas pessoas, mas nenhuma demonstrou gratidão e a pessoa que ela mais ajudou tentou matá-la.

Por fim, MC Carol dá um conselho: “A mensagem de hoje é: vamos ser legais, vamos ajudar o próprio, mas com cautela, muito cautela. as vezes você tenta tirar uma pessoa do poço e quem acaba caindo la é você!”.