Skip to content

Wilsinho, chefe no roubo de cargas pelo Brasil é preso no ES

9 de fevereiro de 2020

O fim deste sábado (08/09) foi um dia de muita alegria para muitos caminhoneiros que tiveram os seus intrumentos de trabalho tirados através das mãos de bandidos. Wilsinho, como era conhecido Wilson da Rocha Marques, foi preso em Cariacica, no estado do Espírito Santo.

Ele era nada menos do que o chefe de um grupo especializado em roubos de carretas com atuação principalmente no sudeste, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e o próprio Espírito Santo.

Wilsinho foi pego graças a uma ação integrada entre a Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas do Rio de Janeiro (PCERJ) e a Divisão Patrimonial da Polícia Civil do Espírito Santo. Informações foram cruzadas e a polícia conseguiu prender o chefe da quadrilha em sua própria residência.

Utilização dos bens do tráfico sobem 44% em relação a mesmo período de 2018!

Quem era Wilsinho

Ele tinha treze mandados de prisão expedidos, somando Minas Gerais e o Rio de Janeiro. Sua função era estar à frente de um grupo que era concentrado e especializado em roubos de carretas nas rodovias. O caminhão não importava muito, mas o foco era cargas com alto valor.

Além disso ele sequestrava os motoristas, causando ainda mais transtornos para empresas e familiares.

Wilsinho já foi preso em 2009, mas acabou fugindo da Delegacia de Sapucaia, quando foi resgatado pelo mesmo grupo. Desde então a polícia vem fazendo uma série de investigações para cerca-lo e 11 anos depois conseguiu sua prisão.