“Big Little Lies” ganha data para estreia da segunda temporada 0 157

“Big Little Lies” ganha data para estreia da segunda temporada 1

Uma das séries mais aclamadas de 2017, “Big Little Lies” parece que anda a todo vapor para estrear logo a segunda temporada. O programa de grande sucesso da HBO nos últimos anos (só atrás de Game Of Thrones) coleciona milhões de fãs, mesmo tendo apenas 08 episódios.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

E ainda para coroar com as fotos incríveis que o canal divulgou em seu material de promoção, a data de estreia da segunda temporada do seriado foi anunciada. Aproximadamente 15 de junho.

Além das protagonistas maravilhosas como Nicole Kidman e Laura Dern, Reese Whiterspoon e Zoe Kravitz, essa temporada terá nada mais do que a presença da atriz consagrada de Hollywood Meryl Streep.

Você é fã do seriado? Está ansioso? Enquanto muitos fãs comemoraram a renovação do programa, outros ficaram extremamente chateados alegando que estragaram a ideia inicial do projeto.

Previous ArticleNext Article
Jornalista especialista em marketing digital e redes sociais. Curiosa, amante de músicas, filmes e seriados nas horas vagas. Ampla experiência no jornalismo esportivo (vôlei e tênis), com passagem de três anos no portal Break Point Brasil.Contato: karinacarneiro@outlook.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Corra! Inscrições do SISU 2º 2019 semestre terminam hoje 0 62

Corra! Inscrições do SISU 2º 2019 semestre terminam hoje 3

As inscrições para candidatos interessados nas vagas do segundo semestre do SISU 2019 terminam nesta sexta-feira, dia 07 de junho. Todo estudante que deseja concorrer a uma vaga de ensino superior através do Sistema de Seleção Unificada utilizando as notas do ENEM, não pode perder esta oportunidade.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O 2º semestre do SISU 2019 conta com 59 mil vagas em 76 instituições de ensino, que estão oferecendo cerca de 1,7 mil diferentes cursos. O Ministério da Educação (MEC) informou em uma nota que este é o maior número de vagas do sistema desde que ele foi criado.

Já foram realizadas mais de um milhão de inscrições pelo Brasil segundo o MEC. Porém é preciso lembrar que estudantes interessados nos SISU podem escolher um curso principal e uma segunda opção caso não consiga entrar na primeira, criando maiores chances do início de uma formação superior.

Inscrições SISU segundo semestre 2019

Todos os candidatos interessados tem somente até às 23h59 desta sexta-feira para realizar as inscrições através do site:

O resultado com base nas notas do ENEM e outros requisitos serão divulgados nesta segunda-feira, dia 10/06.

O candidato interessado deverá ter feito o ENEM 2018 e ter tirado nota acima de zero na redação. As matrículas após a confirmação no edital deverão ser feitas entre o período de 12 a 17 de junho de 2019. E a lista de espera segue até o mesmo dia.

Total de inscritos no programa

Na manhã desta sexta-feira, mais de 540 mil candidatos já estão inscritos no SISU. Os números são 30% maiores do que os do último ano, onde as regiões com mais inscritos são os estados da Bahia, Minas Gerais e o Rio de Janeiro.

O total de inscritos por região até o momento:

  • Rio de Janeiro: 74.730
  • Minas Gerais: 68.133
  • Bahia: 52.048
  • São Paulo: 48.626
  • Maranhão: 35.276
  • Ceará: 34.435
  • Paraíba: 27.657
  • Rio Grande do Sul: 21.481
  • Pernambuco: 20.032
  • Piauí: 18.420
  • Paraná: 16.740
  • Espírito Santo: 15.780
  • Pará: 13.555
  • Rio Grande do Norte: 12.893
  • Alagoas: 12.028
  • Goiás: 10.168
  • Distrito Federal: 9.440
  • Santa Catarina: 7.888
  • Tocantins: 6.490
  • Acre: 4.965
  • Mato Grosso do Sul: 3.873
  • Amapá: 2.040
  • Rondônia: 1.908
  • Roraima: 1.052

Johan Renck, diretor de ‘Chernobyl’, fala sobre as filmagens de série “como se fosse um filme” 0 99

Johan Renck

Do criador / roteirista Craig Mazin e do diretor / co-produtor executivo Johan Renck, a minissérie de cinco partes da HBO, Chernobyl, explora como o acidente nuclear de 1986 se tornou uma das piores catástrofes provocadas pelo homem na história.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:Hartley Sawyer, o ‘Homem Elástico’ da série The Flash, adoraria ver a Batwoman com ele em crossover.

O diretor da série “Chernobyl”, Johan Renck e como foi trabalhar com a mesma

Johan Renck

Depois da Usina Nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, a União Soviética sofreu uma explosão maciça que liberou material radioativo na Ucrânia, Bielorrússia e Rússia, e na Escandinávia e na Europa Ocidental, inúmeros homens e mulheres corajosos sacrificaram suas próprias vidas, consciente e inconscientemente, numa tentativa de salvar a Europa de um desastre inimaginável.

Durante essa entrevista por telefone com o site americano Collider, o cineasta Johan Renck falou sobre ser atraído pela verdade da história, abordando Chernobyl como um filme de cinco horas, a liberdade que ele teve em desenvolver sua visão para os roteiros, como o projeto mudou, o processo de elenco, filmar aquela cena na Ponte da Morte, e como ele sente que precisa fazer uma pausa do trabalho antes de decidir qual será a próxima realização.

Leia também:Keanu Reeves pode ser o novo Wolverine?Descubra agora.

Ao ser questionando pelo Collider do trabalho hercúleo em contar uma história tão densa e complexa em poucos episódios, Johan Renck disse que o bom trabalho do roteiro e a oportunidade de se focar somente em ser diretor e não em outras funcionalidades a mais no desenvolvimento da série permitiu que a montagem da narrativa da tela fosse muito bem trabalhada.

Quanto ao seu envolvimento com a minissério, Johan Renck respondeu:”Eu sou atraído por coisas com uma certa escuridão, e escuridão com beleza dentro dela. Como escandinava, gosto do desespero e da austeridade estranha no desespero das coisas. Eu sou muito atraído pela melancolia e por esse tipo de emoção. Então, eu sabia apenas vendo a página de título, que muito disso estaria lá”.

Sobre filmar “Chernobyl” como um filme

Quando perguntado sobre o processo de filmagem da minissérie Chernobyl, o diretor revela que a mesma foi filmada como se fosse um filme, ou seja, “tudo de uma vez” e não por episódios, como é costumeiramente feito com as séries tradicionais.

Leia também:Brie Larson mostra mais uma vez o quanto é uma fã número 1 de Star Wars.

Johan Renck declarou: ” Sim, eu insisti nisso. Você tem que cruzar o tabuleiro e filmar como um filme. Não tem nada de televisão tradicional sobre isso. É basicamente um longo filme, dividido em cinco partes, então é assim que você tem que lidar com isso. Foi filmado assim, e cada aspecto disso foi tratado dessa maneira. Eu trabalho na televisão há muito tempo e conheço todos os aspectos da televisão. Nunca houve concessões, e nunca houve qualquer desejo de fazer nada além do que era melhor para o projeto”.

Most Popular Topics

Editor Picks