Skip to content

Traje à prova de coronavírus é desenvolvido em Los Angeles

4 de maio de 2020

Um grupo de designers da Production Club desenvolveram um traje à prova de coronavírus, que além da proteção à face com o capacete no melhor estilo espacial, também oferece proteção para os braços, mãos e peitoral.

Esse traje futurista foi desenvolvido justamente para oferecer uma alternativa para aqueles que ainda insistem em desobedecer as regras de distanciamento social. Quem estiver usando, ficará imune graças a um sistema de filtragem de ar e de materiais de altíssima qualidade.

Clubbers

Os trajes foram criados para clubbers, pessoas que gostam de frequentar clubes e pubs e que de alguma forma ainda estão fazendo isso, colocando a vida de muitos em risco. Mas além dos “teimosos”, aqueles que sentem falta de estarem em uma balada, podem se beneficiar do traje para voltar a se socializar.

traje anti coronavirus e pandemias

A roupa

O traje vem sendo chamado de Micrashell Futuresuit. É uma roupa à prova de pandemias por vírus, onde permite que pessoas possam se reunir com segurança nos ambientes e até mesmo tomar uma bebida.

Ele vem sendo desenvolvido pelo estúdio de produção de Los Angeles, Production Club. Eles dizem que o além do traje, há também um capacete hermético, sendo classificados como o futuro da interação humana.

Ela é colorida, conta com um sistema de bebidas, alto-falantes embutidos e um carregador de telefone. O capacete conta com um sistema de filtragem de ar N95 e um sistema de comunicação sem fio para efetuar conversas.

A grande vantagem é que ela permite que as pessoas ainda possam usar suas roupas casuais e consigam ir ao banheiro normalmente.

Quem ficar com fome pode solicitar refeições líquidas que podem ser acopladas onde ficam os recipientes para bebidas.

Como é um traje mais voltado para baladas, seus equipamentos servem para que o cidadão aproveite todos os detalhes da festa sem nenhum problema. Ele conta com luzes de LED que podem ser alteradas através do smartphone.

Desenvolvimento

O chefe de invenções da Production Clube, Miguel Risueño, informa que todos os setores da empresa são focados no desenvolvimento de soluções virtuais, mas que agora diante da pandemia, ficou decidido voltar parte dos projetos para algo mais emocional, físico e de contato humano, justamente para que os setores de bares e baladas possam se recuperar mais rapidamente.

“Acreditamos que eventos são essenciais para os humanos, onde criamos memórias que definem nossas vidas”.

“Estamos entusiasmados com o desafio de criar soluções inovadoras para promover o entretenimento ao vivo e de qualidade, principalmente no que diz respeito à conexão humana”.

Conheça todos os detalhes no site oficial: production.club/micrashell