Criador do Ford Mustang, Lee Iacocca, morre aos 94 anos 0 287

Criador do Ford Mustang, Lee Iacocca, morre aos 94 anos 1

Na noite desta terça-feira (02/07) o criador do lendário esportivo Ford Mustang, Lee Iacocca, faleceu nos Estados Unidos aos seus 94 anos. Ele morreu em casa, na cidade de Bel Air, Califórnia, por conta de complicações após sofrer por anos com Parkinson.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Ele é um dos nomes mais importantes da indústria automobilística pois além de inventar o Mustang, foi o principal responsável por reerguer a Chrysler, uma das maiores montadoras americanas da década de 80, que estava próxima de falir.

Iacocca foi quem dirigiu a Ford Motors, a Chrysler e também ajudou a moldar Detroit (EUA) como a cidade americana dos automóveis.

O engenheiro nasceu em 1924 na cidade de Allentown, Pennsylvania, EUA. Era filho de imigrantes italianos.

História de Lee Iacocca na Ford

Ele passou a trabalhar na Ford como engenheiro em 1946, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Ele cursou engenharia industrial na famosa Universidade de Princenton.

Pouco tempo depois de estar na equipe de engenheiros, ele acabou “desistindo” da profissão e pediu para ser transferido para a divisão de vendas da Ford. Então nos 10 anos seguintes, focou em vendas na região da Filadélfia, quando em 1956 ajudou a criar e executar uma campanha de marketing que foi um sucesso.

O sucesso desta campanha foi tanta que o então vice presidente da Ford, Robert S. McNamara, onde passou a conviver com a área executiva, se tornando um ótimo profissional. Pouco tempo depois, em 1960, ele veio a substituir o próprio McNamara na vice-presidência da montadora.

Foi então que na vice presidência que Iaccoca desenvolveu e fez o lançamento do Ford Mustang em 1964. Entrando para a história mundial.

ford mustang iacocca

McNamara se tornou o chefe do Pentágono e sucessivamente diretor do Banco Mundial.

História de Lee Iacocca na Chrysler

Após anos de sucesso na Ford, Lee Iacocca foi demitido em 1987, pelo neto do fundador da empresa, Henry Ford II. Depois de deixar a marca, ele foi parar na liderança da Chrysler, que estava em uma profunda crise, as portas para fechar.

Não levou muito tempo e Lee conseguiu recuperar a montadora e criar diversos “moldes” que ainda fazem sucesso na Chrysler.

Então em 1992 ele aposentou e deixou de comandar a Chrysler. Ele começou a investir sua fortuna em azeite, bicicletas elétricas e em diversas pesquisas sobre diabetes e Parkinson.

Teve um livro chamado “Iacocca: uma autobiografia” em 1984, que vendeu 6,5 milhões de cópias, se tornando um best seller.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasileira é o cosplayer perfeito de Malévola e Angelina Jolie 0 174

barbara moreno angelina jolie malevola

Barbara Moreno é uma cosplayer de 37 anos que vem fazendo muito sucesso em Minas Gerais. O que chama a atenção é a semelhança com a atriz americana Angelina Jolie, principalmente em papeis como Lara Croft e o mais recente trabalho, Malévola.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Diante da semelhança e o sucesso nas redes sociais, Barbara, que participa efetivamente das Comic Con brasileiras e outros eventos de conteúdo Geek, é convidada para fazer trabalhos nos principais shoppings de MG, para divulgar o novo filme Malévola 2.

barbara moreno angelina jolie malevola

Sempre que ela aparece em algum lugar caracterizada, as reações do público são as mais adversas. Muitos acreditam que a própria Angelina Jolie está fazendo a divulgação do filme na região.

Angélica sem maquiagem, apresentadora posta foto de cara limpa nesta sexta.

Início de carreira

A produção de cosplayer surgiu na vida de Bárbara logo após um de seus filhos fazer aniversário. Ela havia se fantasiada para a festa e nos últimos cinco anos o hobbie acabou se tornando um negócio próprio.

Segundo ela, o início de suas atividades remuneradas começou na Comic Con de 2015.

Brasileira é o cosplayer perfeito de Malévola e Angelina Jolie 3

Barbara tem três filhos.

Alegria das crianças

Além da semelhança com Jolie e uma caracterização quase que perfeita, Barbara é dotada de uma boa carisma e trata muito bem os fãs, principalmente crianças que acabam formando filas para tirar fotos e tocar na vestimenta do personagem.

Brasileira é o cosplayer perfeito de Malévola e Angelina Jolie 4

Produção

Para se produzir como Malévola, a brasileira leva ao menos duas horas. É preciso fazer a maquiagem, o penteado e ajeitar a roupa para deixar o mais parecido possível.

Na grande maioria dos eventos é mais fácil chegar produzida do que se arrumar nele. A única coisa no caso da Malévola que é feita no local é a colocação das asas, pois ocupa um espaço muito grande, dificultando a locomoção em qualquer veículo.

Sigam ela, vale muito a pena @barbaraxmoreno

Fotos divulgação: Instagram.

Farmácias de manipulação entram na justiça contra WhatsApp 0 124

farmacias de manipulacao bloqueio whatsapp

Cerca de 560 contas de farmácias de manipulação no Brasil tiveram a sua conta suspensa do WhatsApp. A justificativa segundo a empresa é que em suas políticas comerciais, qualquer tipo de transação que envolva drogas e remédios sob prescrição médica, são proibidos na plataforma.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Como o WhatsApp Business é um importante recurso de venda e trabalho de marketing nos dias atuais, a solução foi entrar na Justiça tentando reverter o bloqueio. A responsável por mover uma ação legal foi a Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag).

Segundo a Anfarmag, todos os perfis eram usados para contactar clientes, tirando dúvidas e informando sobre prazos, entregas e valores.

Venezuela não foi a responsável por derramar óleo no Nordeste.

Restabelecimento das contas

O pedido liminar da Anfarmag foi destinado a restabelecer as contas de todas as contas que foram bloqueadas. O número de 560 é apenas para algumas delas e o intuito é justamente que o caso não atinja a todas as farmácias de manipulação do país que usam o WhatsApp.

A associação informou que o número de bloqueios aumentou muito na última semana de outubro, onde pequenos e grandes grupos passaram a exibir avisos que haviam violado os termos de uso. Segundo eles não houve um motivo claro sobre os bloqueios, mesmo diante das políticas comerciais.

A legislação brasileira permite que produtos manipulados possam ser vendidos com receita digital e isso seria um bom motivo para não haver o bloqueio dos grupos.

Ferramenta de comunicação

As farmácias de manipulação utilizam o WhatsApp como uma importante ferramenta de comunicação com o cliente. Através das receitas digitais é possível solicitar o pedido, obter informações de atendimento e todas as orientações necessárias sobre cada caso.

A representante até tentou contato com o Facebook, empresa responsável pelo aplicativo, mas não houve uma resposta conivente, havendo a necessidade do contato judicial.

 

Most Popular Topics

Editor Picks