Damares Alves diz NÃO para boato sobre saída do Governo! 0 385

damares alves twitter

A atual Ministra Damares Alves, responsável pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, está sob rumores de deixar o Governo de Jair Bolsonaro. A representante da bancada evangélica e alvo de diversos temas polêmicos nos meses de governo realizou uma reunião com o presidente para definir o seu futuro na política.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Segundo informações Damares após realizar um levantamento de seus dias como Ministra, acabou concluindo que o melhor para sua saúde será deixar o cargo, mesmo que isso ainda leve algum tempo, pois anda bem debilitada e irá dedicar os dias fora dos compromissos para recuperar a sua saúde física e mental.

O fardo do Ministério

Após assumir o controle dos Direitos Humanos no dia primeiro de janeiro de 2019, todos os dias tem sido bem estressantes, principalmente após estar a frente de diversos assuntos polêmicos. Além da debilitação na saúde, a ministra relata que está sofrendo duras ameaças de morte, sendo um dos principais objetivos para deixar o governo.

Hoje Damares deixou a sua residência oficial em Brasília e está morando em um hotel, onde pelo bem de sua vida, o endereço faz parte de um sigilo total. A agenda e rotina da ministra também não é seguida a risca, onde sempre sofrem alterações de última hora para evitar o contato com possíveis situações.

Ao circular por Brasília ela depende de uma escolta armada e em sua sala de trabalho um segurança fica de plantão na porta e sempre que necessário outros realizam rondas pelas intermediações do prédio.

Essas constantes ameaças vem sendo um dos fatores principais para que a ministra cogite a saida do governo.

É 100% de certeza de que ela irá sair?

Os rumores são bem grandes sobre sua saída, principalmente pelo fato das ameaças. Mas na manha desta sexta-feira, dia 03 de maio, a ministra acabou divulgando uma nota com a seguinte frase em seu Twitter pessoal:

@DamaresAlves

“…Esclareço que não pedi para deixar o governo. Fico até quando o presidente @jairbolsonaro quiser e Deus me der saúde. E olha, tenho muita. Também estou com muita disposição para ajudar a mudar o país…”

tweet damares alves

Foto divulgação: Twitter.

Há sim a possibilidade de sua saída, mas a ministra tem planos de revisar todos os principais programas de seu Ministério e no que depender de Bolsonaro ela permanece até o fim de seu mandato.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No “Dia da Privacidade” nova ferramenta do Facebook promete acabar com publicidade indesejada 0 146

facebook dia da privacidade nova ferramenta

Nesta terça-feira (28/01), a organização Facebook anunciou uma nova atualização que deixou animado os usuários ainda presentes na sua rede social principal. A atualização está relacionada as regras de privacidade das contas, onde o usuário poderá ter mais controle sobre suas informações, dados e também publicações.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A novidade a princípio é apenas para o Facebook, mas provavelmente deverá se estender também para o WhatsApp e Instagram nos próximos dias.

A empresa também disponibilizou uma ferramenta para que o usuário tenha o direito de escolha para desvincular certos dados da conta, com a finalidade de evitar o direcionamento de anúncios publicitários, o que acaba incomodando a muitos.

Hoje é “comemorado” o “Dia da Privacidade”, o que levou a empresa a escolher esta data para anunciar as novas funcionalidades.

São mais de 2 bilhões de contas ativas em todo o mundo e é preciso ter cuidado com a privacidade de seus usuários.

Nova patente da Apple promete melhorar imersão virtual com sensores nos dedos.

Nova Ferramenta

A ferramenta se chama “Verificação de Privacidade”. Nela o usuário poderá ajustar para quem seus posts e informações de perfil poderão ser exibidas. É possível também fortalecer a segurança da conta com alertas de login, revisão de informações compartilhadas com aplicativos que você mesmo permitiu e outras.

Algumas já estavam presentes na versão anterior, mas agora a plataforma estará facilitando o acesso e instruções.

Fora do Facebook

Outra ferramenta é a “Fora do Facebook”. Nela o usuário poderá ver um resumo de todas as informações comerciais que estejam vinculadas à sua conta e deixar como está ou desvinculá-las. Esta é a ferramenta para evitar o direcionamento de anúncios publicitários com base em suas pesquisas.

A demora para o lançamento deste sistema foi justamente a necessidade de reconstruir parte da programação na plataforma, sem que a mesma afetasse os usuários.

Logins externos

Hoje também foi lançado a ferramenta “Facebook Login”, onde o usuário poderá acessar outros serviços e aplicativos usando a sua conta no Facebook. Sempre que o usuário entrar em um aplicativo de terceiros, um alerta será emitido em sua conta.

Esta ferramenta irá ajudar a saber quando e como a sua conta está sendo usada e se há permissão para o mesmo. É possível também editar as configurações de acesso a estes sistemas.

2020 não terá concursos, mas orçamento prevê 50 mil novas vagas para servidores 0 137

brasil 2020 sem concursos

Na última sexta-feira (17/01) o Orçamento da União de 2020 sob a Lei 13.978/2020, foi sancionada sem qualquer veto pelo presidente Jair Bolsonaro, onde mesmo diante de uma afirmação de que não haverá concursos públicos neste ano, o governo pretende criar 51.391 novas vagas nos três Poderes da União e no Ministério e Defensoria Pública.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Das novas vagas, 45.816 são apenas para ocuparem os cargos vagos por aposentados e também por falecimentos.

Do total, a maior quantidade de vagas, 46.708, estará disponível para o poder Executivo.

Barbara Lomba é transferida de caso Flordelis, quem assume é Allan Duarte.

Um 2020 sem concursos?

Segundo a pasta do Ministério da Economia, a regra geral é não ter concursos em 2020, salvo para cargos de professor equivalente ao quadro dos cargos técnicos administrativos em universidades federais, que foram criadas por leis e aprovadas pelo Congresso Nacional.

Serão criadas 2.560 vagas para os professores.

Outras áreas que serão beneficiadas são as de Polícia Federal, somando 580 vagas e Polícia Rodoviária Federal, com 614 novas vagas. Porém mesmo para estes cargos, ainda não há uma data específica para que as mesmas sejam ocupadas.

Comunicado

O ministério publicou o seguinte comunicado:

“No âmbito do poder Executivo Federal, reiteramos que a autorização de novos concursos​ é medida excepcional. Os números contemplam os cargos para as Universidades Federais do Norte do Tocantins, Catalão/GO, Delta do Parnaíba/PI, Rondonópolis/MT, Jataí/GO e Agreste de Pernambuco, todas recém-criadas por leis. Bem como vagas relativas aos aprovados remanescentes do concurso da Polícia Rodoviária Federal e a reestruturação regimental da Polícia Federal”

Porém especialistas afirmam que esta é apenas uma intenção do Governo Federal, não quer dizer que de fato será obedecida ou que não haverá a necessidade.

Muitos citam que não haverá concursos até que a reforma administrativa no governo seja realizada. Para eles não faz sentido lógico criar um concurso sem antes discutir sobre este caso. É preciso primeiramente discutir qual o real papel do estado, de servidores e outros temas relevantes.

Com o governo sem dinheiro, a despesa de novos concursos entram no Orçamento e o mesmo não pode ser diminuído mais pra frente.

Most Popular Topics

Editor Picks