Impacto de asteroide na Terra! Nasa já se prepara contra catástrofe 0 77

asteroide terra

Você sabia que a Nasa já está se preparando para um possível impacto de asteroide na Terra, que seria capaz de destruir nosso planeta? Em um cenário apocalíptico, um asteroide com até 300 metros de diâmetro pode atingir o nosso planeta e liberar uma energia de 800 milhões de toneladas, causando uma catástrofe total.

Para ter uma noção da dimensão da destruição deste “pequeno” asteroide, se comparado com a dimensão da Terra, seu impacto corresponderia a 53 bombas atômicas lançadas em Hiroshima na Segunda Guerra Mundial. Detalhe, lançadas de uma só vez.

Ficção

Ficção: A IAWN, Rede Nacional de Alerta de Asteroides lançou uma nota recentemente, onde foi calculado que um asteroide de grandes proporções caminha em direção a Terra, passando muito próximo de nosso planeta no dia 29 de abril de 2027. Segundo ela, as chances dele atingir nosso planeta está atualmente em 10%.

Com o anúncio desta previsão cientistas do mundo todo irão precisar concentrar seus esforços para serem capazes de desviar ou destruir a bomba relógio de nosso planeta!

Assustador não é mesmo? Apesar de ser possível um cenário deste, as informações acima são apenas fictícias, pois se trata de uma simulação de treinamento que acabou mobilizando astrônomos e cientistas pelo mundo todo neste último mês de abril.

Conferência de Defesa Planetária

Todo este cenário foi exposto à pesquisadores do mundo todo na Conferência de Defesa Planetária, realizado na Academia Internacional de Astronáutica em Washington, Estados Unidos. Todas as informações foram criadas pela Nasa (Agência Espacial Americana).

Durante o cenário os cientistas precisaram criar soluções e prevenções para uma eventual catástrofe como esta, pois se trata de uma “realidade” mesmo que um pouco distante de acontecer.

O responsável pela simulação foi o diretor do Entro de Estudos de Objetos Próximos à Terra (divisão da Nasa, CNEOS), Paul Chodas.

Salvando o planeta Terra

A simulação aplicada por Paul Chodas tinha por objetivo “ajustar” as tomadas de decisões dos especialistas, onde em pouco tempo poderiam iniciar as medidas cabíveis para evitar o fim de nossa era. Durante seus discursos ele cita que apesar de oito anos ser um “longo prazo”, dependendo da situação talvez não seja possível reagir a tempo de evitar a catástrofe.

Seriam necessárias a criação de novas tecnologias, desenvolvimento das atuais e adaptação conforme o tipo de asteroide. Hoje a defesa planetária é uma vertente das missões espaciais, cujo os objetivos são bem diferentes, sendo preciso estudos e aplicações totalmente distintas.

Durante a convenção os astrônomos realizaram exercícios onde era preciso calcular com o máximo de precisão os asteroides, mesmo a anos luz de distância. A partir desta precisão, então era possível iniciar a próxima etapa da missão, cujo os objetivos eram as medidas práticas para evitar o contato com a Terra.

Entre as medidas práticas estava a capacitação em desviar o asteroide com o auxílio de uma nave espacial ou através de uma explosão nuclear. Porém a primeira opção é desviar o objeto ao invés de explodir, pois os destroços poderiam também trazer consequências para o planeta.

Quais são os riscos reais de um impacto?

A Nasa realiza estudos a anos, onde com o avanço da tecnologia é possível calcular com mais precisão os efeitos do espaço sobre a Terra. Todos os dias aproximadamente 100 toneladas de material, normalmente proveniente de cometas, cai no planeta em forma de pó.

Esse material porém não é uma ameaça. Mas estimasse que a cada 10 mil anos, um asteroide com mais de 100m seja capaz de atingir a Terra e provocar diversos desastres. Inicialmente o impacto pode lançar os escombros para a atmosfera e então causar chuvas ácidas. Depois de um tempo os fragmentos iriam cair novamente na Terra, totalmente em chamas.

Confira este documentário do YouTube:

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dwayne Johnson compartilha no Instagram fotos do encerramento da produção da sequência de Jumanji 0 47

Dwayne Johson jumanji sequência

A sequência de Jumanji: Bem vindo à Selva tem um elenco cheio de estrelas, e todos eles têm postado toneladas de conteúdo divertido dos bastidores do próximo filme. Dwayne Johnson, mais conhecido como The Rock recentemente compartilhou várias fotos no seu Instagram, uma das quais revelou a notícia de que o novo filme encerrou oficialmente a produção.

As postagens de Dwayne Johnson sobre a sequência de Jumanji

Dwayne Johson jumanji sequência

Veja abaixo a foto compartilhada por Dwayne Johnson em seu Instagram:

“E, ao pôr do sol no deserto, nossos avatares de videogame favoritos se vão. Senhoras e senhores, essa é uma apresentação oficial para o nosso novo JUMANJI. Obrigado a TODOS e TODAS AS EMPRESAS que dedicaram seu tempo e talento para tornar nosso filme o melhor possível para nosso público. E o mais importante, OBRIGADO, fãs de Jumanji em todo o mundo, por fazer da nossa franquia um sucesso além dos nossos sonhos mais loucos ”, escreveu Dwayne Johson.

Leia também:Will Smith traz um gênio divertido para o live action de Aladdin.

Muitas pessoas foram rápidas em comentar o post, incluindo um de seus colegas de elenco.

Leia também:Joonas Suotamo, o novo Chewbacca de Star Wars, presta homenagem a Peter Mayhew.

“As pessoas não têm idéia do que temos reservado para eles … A operação explodir as pessoas está oficialmente em sessão”, respondeu Kevin Hart.

Mais detalhes sobre a sequência de Jumanji produzida por The Rock

Dwayne Johnson e Hart estarão se juntando a Jack Black, Karen Gillan, Nick Jonas e Rhys Darby para o novo filme.

O elenco de atores adolescentes do filme anterior, Serdarius Blain, Madison Iseman, Morgan Turner e Alex Wolff, também estão contratados para o novo filme. O filme também assistirá a uma nova série de novidades, incluindo Awkwafina, Danny DeVito, Danny Glover e Dania Ramirez.

O Jumanji: Bem-vindo à Selva está agendada para lançamento em 13 de dezembro.

35 corpos encontrados enterrados ao redor da cidade de Guadalajara, no México 0 49

35 corpos encontrados enterrados ao redor da cidade de Guadalajara, no México 2

35 corpos encontrados enterrados por investigados mexicanos na região metropolitana de Guadalajara, a segunda maior cidade do país, disseram neste sábado os promotores públicos.

A descoberta dos 35 corpos encontrados enterrados próximo a Guadalajara

35 corpos encontrados enterrados guadalajara
Reprodução/Radio Formula Guadalajara

A descoberta dos 35 corpos encontrados enterrados foi outro lembrete da tarefa do presidente Andres Manuel López Obrador, que tomou posse em dezembro prometendo reduzir a violência provocada por gangues que produziu quase 29.000 assassinatos no México no ano passado, um recorde.

Leia também:Trump afirma não ter pressa em fazer acordo com a China.

Gerardo Octavio Solis, procurador-geral de Jalisco, estado natal de Guadalajara, disse que 27 corpos foram encontrados enterrados em uma propriedade na área de Zapopan durante investigações realizadas na semana passada. O trabalho continuava, ele acrescentou.

Leia também:Snapchat lança filtro de criança, conquista usuário e renasce no Brasil.

“Estamos cavando mais de três metros (10 pés) para baixo”, disse Solis em entrevista coletiva com o governador do Estado, Enrique Alfaro e outros.

Além dos 35 corpos encontrados enterrados, outros sete crânios humanos foram encontrados em um túmulo clandestino separado na cidade, onde as investigações também estavam em andamento. Um corpo adicional foi recuperado do município de Tlajomulco, no sudoeste de Guadalajara, acrescentou Solis.

Leia também:Annabelle 3 vai ser lançado mais cedo este ano.

Solis descreveu a descoberta dos túmulos como um golpe para o crime organizado local e disse que quatro suspeitos foram presos.

Não ficou claro por quanto tempo os corpos foram enterrados.

O estado é o lar de uma das mais poderosas gangues de drogas do México, o Cartel de Nova Geração de Jalisco, e sofreu com as guerras territoriais que convulsionaram grande parte do país.

Lopez Obrador diz que está contendo o problema, mas os homicídios nos primeiros quatro meses de seu governo superaram os níveis registrados um ano antes, mostraram dados oficiais.

Most Popular Topics

Editor Picks