taylor swift scooter braun

Taylor Swift desabafa sobre compra de seu catálogo por Scooter Braun

Scooter Braun, um empresário de sucesso acaba de adquirir a gravadora Big Machine, de Scott Borchetta. E a situação não agradou nem um pouco Taylor Swift, pois a gravadora é dona de seus seis primeiros álbuns e ela não conta com uma relação de paz com o empresário.

Braun é hoje o empresário de Justin Bieber e Ariana Grande. Ele é muito conhecido no ramo musical e apesar da indignação de Taylor Swift, o mesmo é bem visto no mercado.

Tudo começou após a notícia chegar até Swift. Em seguida ela publicou em seu Tumblr, que diz estar triste e abatida, além do coração partido por a partir de agora depender do empresário para comercializar seus seis primeiros álbuns. Segundo ela, Braun lhe intimidava e praticava bullyng contra ela no início de carreira.

Desabafo de Taylor Swift

No Tumblr, a cantora publicou que durante anos tentou comprar os direitos de seu trabalho. “Porém toda vez que eu tentava, eu ganhava uma nova oportunidade de voltar à Big Machine Records, onde gravava um novo álbum. Terminei a relação pois saberia que havia a chance de ao assinar mais um contrato, o fundador Scott Borchetta, poderia vender o selo, o que também seria a venda do meu futuro”.

“Tive que fazer uma grande escolha, deixar para trás todo o meu passado, músicas que foram escritas no chão do meu quarto, que foram sonhadas e pagas com dinheiro que ganhei cantando em bares, depois clubes, depois arenas e por fim em estádios lotados”.

Ela termina a sua carta dizendo algumas “curiosidades” sobre a notícia de seus álbuns, afirmando que se surpreendeu pela compra por Scooter Braun e como a notícia chegou ao mundo. “Tudo o que eu conseguia pensar era a incessante e manipuladora intimação que recebi de Braun durante anos”.

Até o momento ambas as empresas e seus donos não comentaram nada sobre as publicações de Swift, mas Justin Bieber e Demi Lovato saíram em defesa de Braun.

Compra da Big Machine

A compra foi finalizada pela Ithaca Holdings LLC em decorrência de um acordo de US$ 300 milhões, do qual também inclui a Big Machine Music, que era a ex gravadora de Taylor. Além dos seis álbuns, Braun será responsável por artistas como Lady Antebellum, Reba McEntire e Sheryl Crow.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *