Skip to content

O que diz Bolsonaro sobre o Trabalho Infantil

5 de julho de 2019
bolsonaro trabalho infantil

Para muitos o trabalho infantil é um tema muito delicado, afinal no mesmo tempo em que crianças devem aprender a ter responsabilidades, também é necessário que possam desfrutar de sua infância, pois se trata de um período curto e que pode influenciar diretamente na vida adulta.

A discussão gira sempre em torno do que é “responsabilidade” e o que é “trabalho escravo infantil”. Ter responsabilidades desde cedo não prejudica ninguém, o problema está quando elas começam a afetar o desempenho escolar, inclusive até hoje muitos deixam os estudos para se dedicar a ajuda no sustento do lar e também o tempo de lazer.

O tema veio novamente a tona nesta semana, pois o presidente Jair Bolsonaro em uma entrevista “defendeu” o trabalho infantil, onde contou relatos de sua própria vida e diz não ter sido prejudicado em nada, pois trabalhava para ajudar seu pai com nove anos de idade em uma fazenda de São Paulo.

Durante uma live no Facebook ele disse:

  • “O trabalho dignifica o homem e a mulher, não interessa a idade…”

Porém ele disse que não cogita nem a possibilidade de apresentar algum projeto de lei para a descriminalização do trabalho para menores, pois tem a certeza de que seria massacrado por parte da população.

Além disso ele também comenta sobre a sua experiência como pescador, pois estava ao lado do secretário nacional de Pesca e Aquicultura, Jorge Seif Júnior. Mas diz que esta não foi a sua primeira “profissão”.

  • “Posso confessar agora, se bem que naquele tempo não era crime”.

Ele diz que recentemente encontrou com o dono da fazenda onde morou com seu pai em Eldorado Paulista. Na fazenda as coisas que ele ajudava seu pai a plantar era milho. “Naquele tempo para você cortar o milho, não tinha que chegar na plantação e pegar. Era preciso quebrar o milho e colocar no saco de estopa e então carregar nos braços. Com nove e dez anos, quebrava o milho na plantação e depois de alguns dias de sol, voltava para colhê-lo..”

Para enfatizar o problema que a sociedade atual vive, ele mencionou que quando uma criança de 9 ou 10 anos vai trabalhar para ajudar seus pais, muita gente julga e diz que o mesmo está sob as leis do trabalho infantil, agora quando a mesma criança de 9 ou 10 anos está em um paralelepípedo fumando crack, ninguém diz nada.

Mas durante as suas falas ele disse que apesar do trabalho não atrapalhar a vida de ninguém, disse que todos os seus opositores podem ficar tranquilos, pois não será apresentado nenhum projeto para descriminalizar o trabalho infantil.

Ele termina dizendo que hoje em dia é tanto “direito”, tanta proteção, que uma grande parte da juventude não está na linha certa, não respeita professores e não está apto para assumir responsabilidades. “O trabalho dignifica o homem e a mulher, não interessa a idade”.

Tema polêmico

Se fosse possível encontrar um “meio termo”, seria ótimo que as crianças e adolescentes pudessem assumir certas responsabilidades. Não tanto a ponto de serem responsáveis por todas as contas de uma casa, mas em um nível que não prejudicasse seus estudos, seu lazer e tão pouco a sua dignidade.

O papel dos pais é fundamental na formação do caráter de uma criança. Mas realmente este assunto sobre trabalho infantil conta com inúmeros prós e contras.