Projeto Voe Minas Gerais será encerrado pelo Governo, afirma deputado 0 327

Projeto Voe Minas Gerais será encerrado pelo Governo, afirma deputado 1

O Voe Minas Gerais, projeto criado pelo ex-governador Fernando Pimentel (PT), tem data para acabar. O último voo será o dia 28 de junho. O projeto foi criado em 2016 com a intenção de integrar as regiões de Minas e fomentar o turismo no estado.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A informação sobre o fim do Voe Minas é do deputado estadual Neilando Pimenta (Podemos), empresário do setor de educação que tem sua base em Teófilo Otoni. O deputado lidera um movimento para que uma empresa do setor privado mantenha o projeto.

A partir do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, são oito destinos atendidos pela TWOFlex. Os voos de Teófilo são os mais rentáveis. Em alguns dias da semana a cidade é atendida com dois voos em cada sentido. Os outros voos com boa taxa de ocupação são os de Caratinga, Manhuaçu, Almenara e Patos de Minas. Nenhuma destas cidades possui voos comerciais de outra companhia.

As outras cidades que vão ficar sem voos do Voe Minas a partir de 28 de junho são Ipatinga, Governador Valadares e Diamantina. O projeto chegou a atender 18 cidades. O governador Romeu Zema (Novo) decidiu acabar com os voos por causa dos prejuízos dados aos cofres do estado. Em Governador Valadares e Ipatinga a aAzul oferece voos para Confins, na Grande Belo Horizonte.

A Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) já suspendeu a venda das passagens para viagem a partir de 28 de junho, mas oficialmente não confirma o fim do projeto. A Codemge afirma que está analisando os projetos.

A venda das passagens foi suspensa no site do projeto Voe Minas

Previous ArticleNext Article
Direto do Repórter Social, amantes de internet, redação e publicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular Topics

Editor Picks