Skip to content

Cantor chama Madonna de nojenta em lançamento de livro

24 de outubro de 2019
elton john chama madonna de nojenta

Madonna não escapou das críticas de nada menos do que Elton John nesta semana. Ele acabou escrevendo que a cantora americana é “desagradável e nojenta”, não tendo o direito de criticar Lady Gaga, uma rivalidade de anos principalmente após o lançamento de uma música que se assemelha muito a de Madonna.

Elton escreveu estes “elogios” em seu novo livro de memórias chamado “Me”. Além de criticar a atitude com Gaga, ele também cita sua própria briga com Madonna no livro.

PlayStation 5 deve custar menos do que você imagina.

Rainha do pop

Elton John de vez em quando tirava sarro do fato de Madonna usar playback no palco, mas nada tinha tomado proporções tão grandes até o momento em que a “Rainha do Pop” fez críticas contra Lady Gaga em um programa americano em 2012, a ABC News.

Madonna na ocasião disse que a música Born This Way de Lady Gaga era semelhante a um de seus hits de 1989, o Express Yourself.

John cita em seu livro que a música realmente é bem parecida, mas não é motivo para que Madonna seja tão desagradável e nojenta sobre este assunto, afinal era para ela ter encarado como um elogio, homenagem, etc, principalmente por se auto definir como uma representante da força feminina.

A crítica é que um artista de tamanho porte como a Madonna não deve humilhar artistas mais novos, principalmente em início de carreira, o que deve ser feito é justamente o contrário, é preciso incentivar.

O livro conta com muitas histórias pessoais e também de casos polêmicos como este.

Stripper de feira

Elton John não descarta que a rixa entre eles aumentou drasticamente quando ele acabou chamando ela de uma “stripper de feira”. Na ocasião ele disse ter ficado furioso e dito coisas muito ruins sobre a cantora em um programa de entrevistas na Austrália. O entrevistador na ocasião era Molly Meldrum, a quem John conhecia desde a década de 70.

As falas foram ditas fora da entrevista, mas para fomentar o programa elas foram publicadas mesmo assim. Mas mesmo diante disso tudo, John disse que pediu desculpas para Madonna pelo ocorrido.