Andréa Bueno comenta experiência no comando do “Conectados” 0 461

Andréa Bueno comenta experiência no comando do “Conectados” 2

Apresentadora do canal Shoptime, há 13 anos, Andréa Bueno comanda o programa “Conectados”, onde tira dúvidas sobre o mundo tecnológico, além de mostrar o que há de melhor nesse mercado de maneira simples.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Filha de pais professores de teatro, acompanhou de perto o trabalho deles, o que fez com que se tornasse um sonho, desde criança, seguir na vida artística. Teve seu primeiro contato com o público em suas apresentações de ballet e depois atuou em peças infantis como “Pluft, o fantasminha”, “Alice no País das Maravilhas” e os “Saltimbancos”, que foram premiadas no X Festival Estudantil de Teatro do Estado de São Paulo. Desde então, não parou mais.

Em 2001, passou em psicologia na Universidade Federal de Santa Catarina seguindo o conselho dos pais de ter uma outra formação, caso a carreira artística não desse certo. “Escolhi esse curso porque vi os meus pais usarem psicodrama na construção de personagens e sempre gostei de ouvir as pessoas. Para me ajudar nos custos, passei a trabalhar com eventos e publicidade e, em paralelo, segui estudando interpretação. Me mudei para Florianópolis, onde continuei na faculdade e consegui tirar o registro de atriz. Recém-formada, entreguei o diploma nas mãos dos meus pais e segui para o Rio de Janeiro em busca de realizar o meu verdadeiro sonho. Quatro meses depois, fui indicada por uma amiga para um teste no Shoptime, onde estou há 13 anos”, revela Andréa Bueno.

Ao longo de sua carreira, atuou na novela “Como uma onda”, da TV Globo, fotografou para catálogos, fez participação no programa de premiação ‘Lig Bolada’ e gravou campanhas publicitárias.

Bastante ligada em sua saúde física e mental, Andrea é apaixonada por esportes: jogou futebol, praticou ginástica olímpica, yoga, muay thai, crossfit, snowboard e wakeboard, saltou de paraquedas, fez curso de mergulho e, nos finais de semana, gosta de andar de patins e bicicleta pela orla do Rio de Janeiro.

Como é estar à frente do programa “Conectados” do Shoptime?

É uma honra! Há 13 anos, quando entrei no Shoptime, passamos por todos as lojas do canal, e um diretor me convidou para fazer as férias de um apresentador mais experiente da área de tecnologia. Ele achava interessante que tivesse uma mulher falando sobre o tema, até para ser uma maneira de desassociar a tecnologia do universo masculino. E esse novo desafio foi um presente, porque consigo mostrar para as pessoas que a tecnologia é acessível a todos. Independente de gênero ou idade, sempre haverá um produto que poderá te ajudar no seu dia a dia, seja no trabalho, no universo estudantil, no entretenimento ou na aproximação entre as pessoas.

A temática do programa no caso é voltada a tecnologia. Como é a sua relação com esse assunto?

Tem uma frase clássica: “Escolha um trabalho que você ame e você nunca terá que trabalhar um dia em sua vida”. Me sinto completamente em casa no Shoptime com o tema tecnologia, sou apaixonada por tudo que é novidade nesse mundo. Desde muito nova já gostava de pegar a filmadora do meu pai e fazer filminhos com as minhas barbies, para me ajudar a estudar e fixar o conteúdo das provas da escola.

Andréa Bueno comenta experiência no comando do “Conectados” 3
Foto: Saulo Soares

Filha de professores de teatro, quando foi que você decidiu levar a arte para sua vida?

Creio que desde a barriga da minha mãe essa decisão já estava tomada. O palco sempre me encantou. Ter uma plateia te assistindo, poder dar vida a personagens, os figurinos, os cenários, as maquiagens… Desde bebê vivia entre as cochias e nos bastidores do Teatro Municipal de Ribeirão. Meu pai, inclusive, era diretor do Teatro na época, então lá era minha segunda casa. Como eles também davam aulas, assistia a todas, via todas as montagens, ensaios, e aquele universo me fascinava. Aos 11 anos, estreei com a peça “Pluft, o Fantasminha”, de Maria Clara Machado, onde eu fazia o personagem da Maribel. Sei o texto de cor até hoje. Atualmente, a minha plateia só cresce e me sinto muito realizada por falar para tantas pessoas por meio do Shoptime.

O que te levou a escolher a psicologia como formação?

Quando chegou a minha época de escolher um curso para a faculdade, meus pais me perguntaram se eu queria ser atriz. Eles me incentivaram a correr atrás dos meus sonhos, mas também ter uma outra formação.

Como durante as preparações de espetáculos, eles usavam técnicas de psicodrama, para aprofundar as construções dos personagens, perguntei ao meu pai qual curso ensinava aquilo, e ele disse a Psicologia. Decidi fazer o curso e minha mãe adorou a ideia porque eu já ficava horas escutando minhas amigas ao telefone.

Você atuou em novelas como “Como Uma Onda” da Rede Globo. Pretende voltar para a dramaturgia um dia?

Eu vim para o Rio para conhecer esse lado de novelas. Participei de gravações, como figurante, e achava tudo lindo e apaixonante! Mas quando fiz meu teste para apresentadora do Shoptime e fui aprovada, descobri que amo ser apresentadora, ser eu mesma, contar minhas histórias, improvisar, criar coisas diferentes para cada produto que apresento.

Andréa Bueno comenta experiência no comando do “Conectados” 4
Foto: Saulo Soares

Como é a sua ligação com os esportes?

Sempre gostei, sempre fui muito ativa, a disciplina que eu mais gostava no colégio era Educação Física. Fui dessas crianças que tiveram a oportunidade de brincar na rua sem medo, andar de bicicleta, patins, perna de pau, jogar queimada, subir em arvores, pular corda. Meus pais também sempre incentivaram eu e meu irmão a fazermos atividades. Fiz ballet por 11 anos, joguei futebol, vôlei, basquete (mesmo com meu 1,62m), fiz ginástica olímpica… Na fase adulta, já fiz Muay Thai, crossfit, yoga, e hoje por conta da vida mais corrida, faço apenas musculação e nos fins de semana, gosto de pedalar ou andar de patins. Acho que todo mundo deveria fazer atividade física, até porque o nosso corpo é uma máquina e não foi feito para ficar parado.

Deixe uma mensagem.

Sonhe! Você pode chegar aonde você quiser, mas para isso é necessário esforço e muita força de vontade. Para que os nossos sonhos se tornem realidade, precisamos de incentivo, principalmente de nós mesmos.

Previous ArticleNext Article
Jornalista especialista em marketing digital e redes sociais. Curiosa, amante de músicas, filmes e seriados nas horas vagas. Ampla experiência no jornalismo esportivo (vôlei e tênis), com passagem de três anos no portal Break Point Brasil.Contato: karinacarneiro@outlook.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tom Hardy ajudou a escrever roteiro da sequência de Venom 0 136

roteiro-da-sequência-de-venom

Andy Serkis não foi anexado à sequência de Venom por mais de 24 horas, mas isso não o impediu de entrar no projeto de cabeça. Serkis estava na parada de imprensa TCA de verão da FX para ajudar a promover A Christmas Carol e, naturalmente, os repórteres tinham muitas perguntas para a próxima sequência de Tom Hardy. Não só Serkis revelou o que ele quer fazer com o filme, ele também mencionou que o próprio Hardy tinha uma grande mão na criação do roteiro da sequência de Venom.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:Poster criado por fã mostra Namor em Pantera Negra 2.

O roteiro da sequência de Venom

roteiro-da-sequência-de-venom

“Estou bem nos estágios iniciais, então tenho algumas ideias muito claras sobre a jornada, [e o que] eu gostaria de ver visualmente, e como podemos levar os personagens para outra direção”, explicou ele ( via Gamespot).

“Estou animado para trabalhar com todos os grandes atores envolvidos. É uma franquia fantástica”, disse ele. “Eu estou realmente honrado por ter sido convidado para dirigi-lo. E parece que é uma história muito, mais uma vez, muito contemporânea. E é que eu acho que vai ser, espero, uma peça de história do cinema.”

Kelly Marcel (Cinquenta Tons de Cinza) foi convidada a voltar para escrever o roteiro da sequência de Venom, e Hardy aparentemente a ajudou a sair.

“Tom estava muito envolvido com a escrita – com [a roteirista] Kelly Marcel – da nova história”, disse Serkis. “Então, é muito centrado em torno de sua tomada.”

Detalhes sobre Venom 2

Embora pouco se saiba sobre o follow-up, espera-se que Woody Harrelson retorne para interpretar Cletus Kasaday / Carnage como o principal antagonista do filme. Apesar de apresentar Venom e Carnage, um serial killer preso dentro de um vírus alienígena, o produtor de Venom, Avi Arad, disse anteriormente que é provável que o filme ainda não seja classificado como R-rated.

As possibilidades sobre o futuro de Venom

“Sabe de uma coisa? Quando você ouve Venom … esqueça Venom. Quando você ouve, Carnage, a única coisa que você pode pensar é R. Mas, se você conhece a história dele, se você realmente conhece os quadrinhos, não há R aqui”. Arad disse ao Collider a respeito do roteiro da sequência de Venom.

“Ele é uma alma torturada. Não é sobre o que ele faz, porque nós nunca temos que mostrar a faca indo daqui para lá, e o sangue está derramando. O que você tem que mostrar é, qual é a motivação? Ele nasceu assim?” , ou é alguém por quem devemos nos sentir, porque se você está conseguindo fazer de um vilão alguém que você pode sentir. “

Beyoncé lança álbum exclusivo para filme O Rei Leão, conheça as faixas 0 220

Beyoncé lança álbum exclusivo para filme O Rei Leão, conheça as faixas 5

Para quem é fã do desenho Disney “O Rei Leão”, o lançamento do novo longa metragem, que na verdade é uma regravação do filme, mas com personagens “reais” (Live action) em vez dos desenhos, já foi um sonho incrível alcançado, principalmente para adultos que nasceram nos anos 90.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Porém as novidades sobre “O Rei Leão” e todas as suas emoções não param por aí. A cantora Beyoncé, que é a responsável por dublar a personagem Nala no novo filme, acabou de lançar um álbum exclusivo para “O Rei Leão”, que está sendo chamado de “The Gift” (O presente).

O novo álbum da cantora foi lançado na manhã desta sexta-feira (19/07) e conta com nada menos do que 27 faixas. Entre as faixas estão músicas regravadas e relacionadas às cenas do filme (Interlude) e outras 14 músicas feitas originalmente para o filme, ou seja, um álbum inteiro dedicado a esta obra da Disney, com o toque especial da voz de Beyoncé.

A diva pop também deu seus pitacos sobre as letras, arranjos e outros detalhes sobre o álbum. Algumas músicas da qual ela participa, já estão inclusive com clipe, como é o caso do single “Spirit”. Confira:

Participações em “The Gift” do O Rei Leão

O álbum conta com participações exclusivas de Jay-Z, Kendrick Lamar, Blue Ivy Carter, Tierra Whack, Donald Glover e Pharrell.

Nome de todas as músicas do álbum “The Gift”

  • Balance (mufasa interlude)
  • The stars (mufasa interlude)
  • Uncle scar (scar interlude)
  • Danger (young simba & young nala interlude)
  • Run away (scar & young simba interlude)
  • New lesson (timon, pumbaa & young simba interlude)
  • Reunited (nala & simba interlude)
  • Come home (nala interlude)
  • Follow me (Rafiki interlude)
  • Remember (mufasa interlude)
  • War (nala interlude)
  • Surrender (simba & scar interlude)
  • I’m home (mufasa, sarabi & simba interlude)
  • Beyoncé: “Bigger”;
  • Beyoncé: “Find Your Way Back (Circle of Life)”;
  • Beyoncé e Kendrick Lamar: “The Nile”;
  • Beyoncé, Jay-Z e Donald Glover: “Mood 4 Eva”;
  • Salatiel, Pharell e Beyoncé: “Water”;
  • Blue Ivy Carter, St. Jhn, Wizkid e Beyoncé: “Brown Skin Girl”;
  • Beyoncé: “Other Side”;
  • Beyoncé, Shatta Wale e Major Lazer: “Already”;
  • Tierra Whack, Beyoncé, Busiswa, Yemi Alade e Moonchild Sanelly: “My Power”;
  • Beyoncé: “Spirit”.

Beyoncé disse em um programa americano que este álbum é uma carta de amor para a África.

Most Popular Topics

Editor Picks