Skip to content

Weliton Costa e Eduardo chegam na Polícia Civil para esclarecer caso Clayton

15 de janeiro de 2020
eduardo weliton costa policia civil

Suposta ameaça contra o cantor Clayton da dupla sertaneja Clayton e Romário, fez com que Welinto e Eduardo Costa comparecessem à Polícia Civil nesta terça-feira (14/01) para prestar depoimento. Porém o caso só foi divulgado nesta quarta.

O depoimento à polícia aconteceu em Belo Horizonte, onde a delegacia responsável pelo caso não deu nenhuma informação relevante sobre o caso, pois o processo ainda está em investigação. Até o momento todos os detalhes estão na Justiça e ainda é preciso que as audiências aconteçam nos próximos dias para que todos os envolvidos contem as suas versões.

Estava previsto para que Weliton Costa e o cantor Eduardo Costa fossem hoje na delegacia, mas os dois acabaram indo um dia antes para agilizar as investigações e pegar a imprensa de surpresa.

Maníaco do Sandero trocava as placas do carro para não ser identificado pela Polícia.

Ambos chegaram a assinar um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) diante da Polícia Civil. Porém o documento também foi encaminhado para análise da Justiça.

Acusação

No último dia 23 de dezembro, o cantor Clayton fez um Boletim de Ocorrência (BO), onde relata estar sendo ameaçado tanto por Weliton Costa, como pelo próprio Eduardo Costa.

As mensagens de ameaça teriam sido enviadas para o seu irmão com as ameaças. O irmão de Clayton é o próprio Romário da dupla.

O motivo das ameaças estaria relacionado a uma ex namorada de Eduardo Costa, que atualmente está namorando Clayton. O nome dela é Victória Villarim, mas não se sabe se apenas isso é o real motivo das provocações e ameaças.