Ingressos de Riverplate x Internacional já estão à venda 0 267

Ingressos de Riverplate x Internacional já estão à venda 1

Agora, os ingressos de Riverplate x Internacional já estão disponíveis para venda. Posteriormente, partida ocorrerá pela Libertadores da América, no dia 3 de abril, no estádio do Beira-Rio.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Disponibilidade dos ingressos de Riverplate x Internacional

Antes de mais nada, no que concerne a área Coração do Gigante, os ingressos de Riverplate x Internacional podem ser comprados pelo site. Por outro lado, na bilheteria física, situada no andar térreo do Edifício Garagem, as entradas serão vendidas a partir do dia 1º de abril, uma segunda-feira. Se houver restado alguma quantia de ingressos, nesse caso.

Ademais, o atendimento para venda dos ingressos de Riverplate x Internacional será no horário das 10h às 18h.

Leia também:

A princípio, em razão de um conjunto de regras da CONMEBOL, não vai ter a comercialização de venda de ingressos na bilheteria física no dia da partida.

Além disso, aqueles que forem assistir o jogo ao vivo de carro já podem efetuar sua reserva pela Internet da vaga de estacionamento. Com o fim de fazer isso, você nesse caso deve acessar o seguinte site: https://www.estapar.com.br/unidades/estadio-beira-rio/2583#eventos.

Ingressos na bilheteria física

01/04 – Das 10h às 18h

02/04 – Conforme disponibilidade de ingressos, das 10h às 16h;

03/04 – Provavelmente, por conta do regulamento da CONMEBOL, neste dia não haverá venda de ingressos na bilheteria.

Valores

Cadeiras (Central e Lateral)

– Torcedor Coração do Gigante (ingressos para acompanhante): R$ 80

– Sócio do Inter: R$ 120

– Público em geral: R$ 160

– Meia-entrada: R$ 80

Cadeira Camarote Superior

– Torcedor Coração do Gigante (ingressos para acompanhante): R$ 90

– Sócio do Inter: R$ 135

– Público em geral: R$ 180

– Meia-entrada: R$ 90

Cadeira Mundial (com alimentação inclusa)

Primordialmente, a venda exclusiva é para Torcedor Coração do Gigante que possui Cadeira Mundial.

R$ 140 (até 3 ingressos), ao passo que para os demais ingressos é R$350,00.

Cadeira Mundial (sem alimentação inclusa)

– Torcedor Coração do Gigante (ingressos para acompanhante): R$ 175

– Sócio do Inter: R$ 260

– Público em geral: R$ 350

– Meia-entrada: R$ 175

Camarote

– Enfim, consulte valores pelo telefone (51) 3392.1000 ou contato@coracaodogigante.com.br

Fonte:Agora no RS

 

 

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cruzeiro é investigado por lavagem de dinheiro pela polícia de Minas Gerais 0 93

Cruzeiro é investigado por lavagem de dinheiro pela polícia de Minas Gerais 5

Mesmo com os títulos das últimas duas edições da Copa do Brasil e de todos os investimentos realizados no clube, o Cruzeiro acumula uma dívida de 500 milhões de reais. Dívidas em clubes é algo comum, muitos sofrem com os altos e baixos das últimas realizações nos principais campeonatos, mas o que vem chamando a atenção, inclusive das autoridades é a suspeita de irregularidades na administração.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O atual presidente do clube é Wagner Pires de Sá, onde já está a frente do Cruzeiro por um ano. Sob indícios de irregularidades a Polícia Civil de Minas Gerais acabou instaurando um inquérito para investigar e apurar denúncias de lavagem de dinheiro, falsificação de documento particular e também de falsidade ideológica.

Nesta investigação já foram ouvidas 15 pessoas, das quais todas contam com um forte envolvimento com o Cruzeiro. Entre eles estão dirigentes, empresas e prestadores de serviços, funcionários e ex-funcionários. A investigação está focada principalmente em transações e pagamentos suspeitas, onde alguns estão superfaturados e outros que não chegaram a nem serem executados.

Quem está a frente do caso é o delegado Domiciano Monteiro, atual chefe da Divisão de Investigação de Fraudes e Crimes contra a Administração Pública.

Cruzeiro

O clube foi procurado por repórteres do Fantástico, que exibiu uma matéria na noite deste domingo, 26/05, mas não obteve respostas inicialmente. Porém o presidente Wagner Pires emitiu uma nota oficial onde relata que um pequeno grupo da oposição do clube está plantando informações falsas juntamente com outros profissionais de reportagem.

Todos os pagamentos feitos pelo Cruzeiro em 2018 estão sendo analisados pela investigação. São contratos, planilhas e outros documentos contábeis que estão sendo avaliados com minuciosidade. Em certos pontos dos documentos há indícios de que o clube burlou as regras do Governo Federal, FIFA e também da CBF no que diz respeito ao Profut, um programa de renegociação de dívidas fiscais com os clubes.

Entre os indícios está um contrato assinado pelo Cruzeiro com um empresário conhecido como Cristiano Richard dos Santos, atual sócio de empresas de equipamentos para proteção individual e também de locação de veículos, assuntos que não estão relacionados com o futebol. Foram emprestados 2 milhões de reais para o clube, dois quais deveriam ser pagos mensalmente, mais a inclusão de juros.

Trump quer usar fundos do TSA para reforçar fronteira 0 74

trump quer usar fundos do TSA

O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos está considerando investir mais de US $ 230 milhões da Administração de Segurança de Transporte para financiar operações na fronteira EUA-México se o Congresso não aprovar financiamento adicional, disse uma pessoa informada sobre o assunto. Em outras palavras, Trump quer usar fundos do TSA para reforçar fronteira.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:

Trump quer usar fundos do TSA para reforçar fronteira com o México

A NBC News informou o plano anteriormente, citando documentos de um plano de contingência para financiar US $ 1,1 bilhão em esforços na fronteira sul. Ou seja, Trump quer usar fundos do TSA para aplicar na fronteira com o México.

O Comitê de Apropriações da Câmara dos Deputados dos EUA disse na terça-feira que não recebeu nenhuma notificação do DHS de que planeja transferir os fundos existentes.

A NBC News informou que a TSA poderia transferir US $ 50 milhões que haviam sido reservados para comprar equipamentos avançados de filtragem de aeroportos e US $ 64 milhões de um fundo de compensação para trabalhadores feridos da TSA.

A Casa Branca, no dia 1º de maio, pediu ao Congresso US $ 4,5 bilhões em fundos de emergência para atender ao crescente número de pessoas que cruzam a fronteira sudoeste com o México.

O porta-voz do DHS, Tyler Houlton, disse em um comunicado que a agência “está considerando todas as opções para enfrentar a crise humanitária e de segurança em nossa fronteira sul. Continuaremos a trabalhar com nossa força de trabalho para encontrar soluções dinâmicas e financiamento para resolver esse problema muito sério ”.

Houlton disse que a agência está explorando “mecanismos fiscais que garantirão a segurança e o bem-estar de nossa força de trabalho e da população migrante, o que também se reflete na solicitação suplementar apresentada ao Congresso”.

A Federação Americana de Funcionários do Governo, o sindicato que representa os trabalhadores da TSA, disse em um comunicado que a transferência de fundos da TSA causaria “outra crise gerada pelo governo Trump”.

“A TSA já está subfinanciada e com falta de pessoal, e desviar seus recursos da mesma maneira que entramos na temporada de viagens mais movimentada será um desastre operacional”, disse o presidente do grupo, J. David Cox Sr.

Ações na fronteira do EUA com o México

Na semana passada, a TSA confirmou que planejava redirecionar a equipe para a fronteira sul dos EUA para ajudar nas tarefas de imigração e nos fluxos de migrantes.

Um porta-voz da TSA disse que a agência estava procurando voluntários para apoiar os esforços na fronteira com o México, onde o governo disse que está enfrentando um número recorde de pessoas.

A equipe da TSA incluirá 175 agentes da lei, incluindo agentes aéreos, e cerca de 400 seguranças de seis cidades norte-americanas, mas não incluirá rastreadores de aeroportos, informou a CNN na semana passada, citando duas fontes adicionais não identificadas.

Os policiais prenderam quase 99 mil pessoas que cruzaram a fronteira com o México em abril, o maior número desde 2007, informou o governo dos EUA no início deste mês. Mais de dois terços deles eram crianças ou pessoas viajando como famílias.

No início deste mês, a Alfândega e Proteção de Fronteiras (CBP) informou que estava enviando mais 186 oficiais do CBP para ajudar os agentes da Patrulha de Fronteira em setores na fronteira sudoeste, depois de mais de 300 funcionários mudarem de aeroportos, pontos de controle da fronteira norte e outros locais.

Most Popular Topics

Editor Picks