Skip to content

Mais uma vez no “cheirinho”. Jogadores do Athletico provocam Gabigol

18 de julho de 2019
cheirinho flamengo eliminado copa do brasil 2019

Na noite desta quarta-feira (17/07) o Flamengo acabou sendo eliminado da Copa do Brasil, onde após terminar o tempo normal empatado com o Athletico PR, acabou perdendo a vaga da semifinal através das cobranças de pênaltis. Enquanto o Athletico converteu 3, o Flamengo diante de um Maracanã com 70 mil torcedores, acabou convertendo em gol apenas 1.

E logo após a derrota as provocações sobre mais uma vez ter ficado no “cheirinho” começaram a surgir, já de dentro de campo, pois os jogadores do Athletico acabaram brincando com a situação e provocando principalmente o atacante flamenguista, Gabigol.

Os jogadores começaram a imitar o estilo de comemoração do atacante e ainda soltaram um sonoro “cheirinho”, sendo uma provocação claramente direcionada para o jogador.

Mas a “provocação” direcionada tem uma justificativa. Toda a equipe do Athletico estava um verdadeiro “furacão” com relação ao jogador, pois ele estava a tempos provocando o clube, principalmente após o primeiro jogo na Arena da Baixada, quando o Flamengo empatou por 1 a 1.

Segundo os jogadores do Athletico, após o empate Gabigol havia falado que o placar foi um bom resultado, pois no Maracanã seria fácil resolver a situação do mengão na Copa do Brasil.

Mas a provocação de Gabigol saiu pela culatra, pois os jogadores disseram que isso serviu como uma grande motivação para a garra em campo e principalmente pela vitória. Segundo eles, quando o time está ganhando é possível fazer graça, mas é preciso aceitar as brincadeiras quando perde. O volante Bruno Guimarães ainda ironizou citando uma frase famosa do presidente Bolsonaro, “Foi uma brincadeira sadia”.

Léo Pereira disse que Gabigol havia dito durante o jogo que a partida estava fácil. “-Foi então que mostramos pra ele que não estava..”

O que disse o técnico

Tiago Nunes não falou especificamente sobre as “provocações” dos jogadores do Athletico, mas disse que este tipo de comemoração é algo normal no futebol, pois sempre são feitas brincadeiras quando os times perdem, principalmente o Flamengo, que é um time com uma das maiores torcidas do Brasil.

“- Todo mundo tem direito de brincar, desde que haja um limite. Já tomamos cornetada, hoje o futebol está tão chato. Quando provocaram a gente, matamos no peito, afinal é bom quando os atacantes se desafiam…”

O que disse Gabigol após a partida?

Logo após o fim da partida e das comemorações atleticanas, Gabigol saiu sem falar muito sobre a situação, mas disse que cada um festeja do jeito que quer e que a comemoração dos jogadores não foi provocativa a ponto de ser uma situação desagradável.

O Athletico deverá enfrentar o Grêmio nas semifinais da Copa do Brasil.