Para poder lutar torneios de boxe masculino, Tatyana Dvazhdova se fingia de homem 0 62

Para poder lutar torneios de boxe masculino, Tatyana Dvazhdova se fingia de homem 2

Um caso bem curioso aconteceu na Rússia. Uma mulher russa chamada Tatyana Dvazhdova após descobrir seu talento em brigas de rua, decidiu iniciar sua carreira no boxe com seus 16 anos.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O curioso é que ela não se inscreveu como mulher, mas passou a adotar um “disfarce” para que pudesse competir com homens, já que o esporte é dominado praticamente pelo sexo masculino, principalmente em um país como a Rússia.

Após provar que mulheres são tão competentes quanto homens no boxe, ela resolveu assumir sua verdadeira identidade aos seus 22 anos, após realizar diversas lutas contra atletas masculinos.

Quarentena italiana cria desespero na população e também na economia.

Disfarce de sucesso

Tatyana é moradora de São Petersburgo na Rússia. Ela acabou falsificando uma identidade e usava o nome de Vladmir Ermolaev. Para dar mais ênfase em seu disfarce, deixou de depilar as pernas e passou a usar ataduras para comprimir seus seios.

Seus treinos de musculação também davam formas mais “masculinas” aos seus braços e outras áreas do corpo.

Para poder lutar torneios de boxe masculino, Tatyana Dvazhdova se fingia de homem 3

Para não estragar a identidade secreta, ela evitava falar com seus oponentes e tão pouco ter amizades neste meio. Todos os caras que ela venceu não sabiam que ela era mulher. Ela deu um depoimento para o site “Unilad”, contando toda a sua história e carreira de sucesso.

Ela disse que já disputou 17 lutas disfarçada e venceu grande parte dos homens que enfrentou.

A verdade

Mas ela acabou se cansando de ter essa vida dupla e guardar este segredo. Além de revelar sua identidade e começar a mostrar sua força de liberdade, já fez a sua primeira inscrição como mulher em um torneio russo de boxe masculino.

Antes de cabelo curto e com porte mais masculino, agora Tatyana está deixando seu cabelo crescer e vem se trajando de forma mais feminina antes de colocar o uniforme de treino e estar nos locais das lutas.

Para poder lutar torneios de boxe masculino, Tatyana Dvazhdova se fingia de homem 4

O torneio deverá ser disputado em setembro. A inscrição foi feita, porém os membros da organização ainda estão analisando o caso. O fato de ter vencido homens ao longo da carreira deve pesar na hora de definir se ela tem ou não o direito a estar entre os classificados.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Barcelona alcança 800 milhões de Euros de Receita e é o clube mais rico do mundo 0 136

ranking do dinheiro barcelona

Os times de futebol mais ricos do mundo estão praticamente concentrados na Europa. Mas em 2020 é a primeira vez que o Barcelona se torna o clube que mais gera receita, superando o Real Madrid como o clube mais rico do mundo.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Quem relata isso é a Liga do Dinheiro do Futebol Deloitte. O ranking foi divulgado nesta terça-feira (14/01), onde apesar do novo feito do Barça, não há muita surpresa, já que ano após ano o clube espanhol vem superando seus concorrentes europeus com suas negociações e fórmulas de arrecadação.

O Barcelona rompeu a barreira dos 800 milhões de euros em receita. Esta é 23ª edição deste ranking, que teve como topo em sua maioria das vezes o Real Madrid.

O Deloitte aponta um aumento de 11% na receita do Barça, excluindo taxas de transferências. Na temporada 2018/2019 todos os grandes clubes europeus aumentaram suas receitas, o que contribuiu para a marca histórica de 9,3 bilhões de euros arrecadados na temporada.

Lembrando que estamos falando de receita de clube e não de negociações dos jogadores.

Ranking dos clubes mais ricos do mundo

O Real Madrid que sempre vinha no topo, acabou ficando na segunda colocação pois na temporada 2018/2019 arrecadou “só” 757,3 milhões de euros. O terceiro colocado no ranking ainda é do Manchester United, mesmo diante das últimas atuações nos campeonatos da Europa.

Esta é a primeira vez nos últimos 23 anos que o Arsenal acabou ficando fora do Top 10 da lista. O Bayern de Munique é o quarto colocado, o quinto é o Paris Saint-Germain e o sexto é o Manchester City. Já em sétimo chega o grande campeão da Europa na temporada, o Liverpool.

Em oitavo está o inglês Tottenham Hotspur.

Prefeita de Paris cobra título da Champions League de Neymar.

Barcelona quer mais na temporada 2019/2020

O Barça mudou sua estratégia com relação aos merchandising e licenciamento de produtos. Hoje o clube tem menos dependência das rendas de transmissões e mais rendas provenientes de outros setores, onde estão exclusivamente sob seu controle.

Para a temporada 2019/2020 o Barcelona acredita que terá uma renda extra de 30 milhões de euros em relação a temporada 2018/2019. Para a 24ª edição do ranking, o clube pretende alcançar 880 milhões e está se encaminhando para ser o primeiro clube a chegar no um bilhão de euros na Liga do Dinheiro.

Torcedores são presos por homofobia e racismo em jogo da Premier League 0 149

problema de racismo e homofobia amex stadium

Brighton & Hove Albion e Chelsea jogaram nesta quarta-feira (01/01) pela 21ª rodada do Campeonato inglês Premier League. E algo surpreendente aconteceu nesta partida. Três torcedores foram presos por conta de ofensas homofóbicas e racistas no estádio.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O clube da casa, Brighton, informou que os torcedores foram expulsos do Estádio Amex. Eles estavam propagando ofensas racistas contra os jogadores do Chelsea e também ofensas homofóbicas contra os torcedores do clube inglês.

Os três foram presos pela polícia de Sussex assim que saíram do estádio e agora estão sendo processados.

Vice-presidente do Brighton

Paul Barber, vice-presidente do Brighton deu um depoimento onde citou que mais uma vez a equipe de segurança e vigilância do estádio, em parceria com a polícia de Sussex, conseguiram colocar ordem em três problemas indesejáveis por torcedores sem educação.

“Não serão aceitos qualquer tipo de ofensa racista ou homofóbica em nosso estádio.”

Ele continua dizendo que se a proibição vitalícia de ver seus clubes jogarem não for o suficiente para mudar as suas mentes, é necessário que os tribunais possam aplicar punições mais severas. Hoje existe um limite no que o próprio futebol pode fazer nestes casos.

Ele termina dizendo que na Europa todos estão cansados da reputação do esporte ser manchada por pessoas deste nível.

Jogador Harvey Elliot é contratado por Liverpool e tem apenas 16 anos.

Premier League afetada

Neste ano de 2019 diversos jogos da liga inglesa foram afetados por conta de incidentes de racismo. No último mês outros dois torcedores do Wolverhampton Wanderers acabaram presos no estádio Amex por conta destes episódios.

Most Popular Topics

Editor Picks