Rally Minas Brasil: Patense é campeão da categoria Production Aberta 0 457

Rally Minas Brasil: Patense é campeão da categoria Production Aberta 1

O 2º Rally Minas Brasil abriu mais uma temporada do Brasileiro de Rally Cross Country (CBA), Brasileiro de Rally Baja e Mineiro de Rally. A prova foi realizada neste último final de semana (16 e 17 de março), na cidade de Patos de Minas (MG), e reuniu um grid de 107 veículos, entre Motos, Quadriciclos, UTVs e Carros. Organizado pela Rallymakers, o evento foi um grande sucesso e recebeu muitos elogios dos participantes. Estiveram representados nesta competição, 12 Estados e 46 cidades.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O parque de apoio do 2º Rally Minas Brasil foi montado no Centro de Convenções e Eventos UNIPAM, onde a população teve livre acesso para visitar o evento e conhecer de perto a estrutura de rali de abrangência nacional.

Aceleradas, freadas, retomadas de curvas, inúmeras trocas de marchas e o desejo de subir no pódio… Com esta motivação, todos os participantes fizeram bonito dentro das trilhas e esbanjaram habilidade e experiência nos mais variados tipos de terreno. De Patos de Minas, esteve o piloto Bruno Ayrton Leles que, após dois dias de disputas e 300 quilômetros percorridos, conquistou o título da categoria Motos – Production Aberta, na marca de 04h42min00seg. Na classificação geral, ele ocupou o quarto lugar.

“O 2º Rally Minas Brasil foi sensacional, a organização e os apoiadores levantaram a especial mais completa que participei em um Baja”, disse o piloto. “O ponto mais alto da competição foi a grande variação de trechos: serras, trial e pedras, estrada larga com muitas curvas e um chão muito convidativo a acelerar. Teve também terreno mais arenoso, retas em meio as plantações, piso duro e estradas mais estreitas. Foi uma prova rápida e que agradou a todos os pilotos. Fora que a região é maravilhosa, sou suspeito para dizer, pois é a minha terra natal”, completou Leles.

Outro representante local foi piloto patense Ronie Von Silva, que ficou na quarta posição da categoria Motos – Over 40, e no  15º lugar na classificação geral (05h11min16seg). Já o piloto Rodrigo Domingues, venceu a categoria Motos – Regional, na marca de 06h28min53seg (no ranking geral, ele ocupou a 22ª posição). Pela categoria UTV, os pilotos Otavio Leite e Cristiano Batista tiveram problemas mecânicos e não concluíram a etapa.

O roteiro adentrou o município de Presidente Olegário, passando pelas regiões de Tiririca, do Facão, da Bananeira, do Pé do Morro, do Cruzeiro da Prata, de Boa Vista, do Piçarrão, de Vargem Grande e da Lobeira. Apresentando “de tudo um pouco”, o trajeto passou por propriedades particulares de produção agrícola, serras e estradas vicinais. Entre longas retas (por muitas vezes quebradas por curvas), os off-roaders encararam erosões, pedras, trial, areia, lombadas (e saltos), travessia de rios, poças de lama (e barro), curvas em gancho e 90 graus, além de subidas e descidas.

Para o diretor executivo da Rallymakers, Fernando Bentivoglio, o 2º Rally Minas Brasil cumpriu o seu papel e foi uma digno de uma etapa de abertura de campeonato. “Encerramos a competição com o sentimento de dever cumprido, e a escolha por Patos de Minas não poderia ter sido mais acertada. A região tem muitas trilhas e podemos escolher as melhores. E ainda, tivemos uma ajuda de São Pedro que, no segundo dia de rali, mandou um pouco de chuva para transformar o terreno e proporcionar mais um tipo diferente de obstáculo aos competidores”, encerrou Bentivoglio.

 O 2º Rally Minas Brasil é uma realização da Rallymakers, com apoio da Prefeitura Municipal de Patos de Minas e Prefeitura Municipal de Presidente Olegário

Supervisão: CBM, CBA, FMEMG, FMA e RCMG

Previous ArticleNext Article
Direto do Repórter Social, amantes de internet, redação e publicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Companheiro de Cristiano Ronaldo na Juventus é diagnosticado com coronavírus 0 58

Companheiro de Cristiano Ronaldo na Juventus é diagnosticado com coronavírus 6

O time da Juventus está sob alerta devido a um de seus jogadores ter se contaminado com o coronavírus. Todos estão em supervisão, inclusive o atacante Cristiano Ronaldo, pois pode ter tido contato com o companheiro de banco.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O jogador diagnosticado com coronavírus da Juventus é o zagueiro Daniele Rugani. A notícia é do próprio clube italiano, que fez a divulgação através de seu site oficial. Publicou:

“The footballer, Daniele Rugani has tested positive for Coronavirus-COVID-19 and is currently asymptomatic.”

Segundo o relatório médico, Daniele está assintomático, ou seja, mesmo com positivo para o Covid-19, ele não vem apresentando os sintomas.

Mesmo sem sintomas, ainda sim o vírus pode ser transmitido.

Companheiro de Cristiano Ronaldo na Juventus é diagnosticado com coronavírus 7
(Photo by Giorgio Perottino – Juventus FC/Juventus FC via Getty Images)

Isolamento na Juventus

Em seu comunicado, a Velha Senhora italiana disse que está correndo contra o tempo para ativar todos os procedimentos de isolamentos previstos na normativa da OMS e garantindo a saúde de todos os jogadores.

Ele estava presente no clássico contra a Inter de Milão, que foi realizado no último domingo com portões fechados. Mas acabou ficando no banco.

Conheça como é um Raio X de uma pessoa infectada com coronavírus.

Rugani é companheiro de banco do CR7 e também de Alex Sandro e Danilo, dois brasileiros que foram convocados por Tite para os dois primeiros jogos da Seleção na fase das Eliminatórias da Copa.

Ele hoje está com 25 anos e vem das categorias de base da própria Juventus.

Conheça como é um Raio X de uma pessoa infectada com coronavírus 0 127

raio x coronavirus

Foram divulgadas algumas imagens de raio x na Europa, onde os danos causados por coronavírus aos pulmões de pessoas infectadas são apresentados de maneira bem nítida.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Os médicos responsáveis conseguiram identificar padrões semelhantes aos encontrados em pacientes dos surtos de MERS e SARS, além de anormalidades específicas do Covid-19. Todos esses vírus tiveram o seu epicentro na China.

As imagens apresentam manchas nos pulmões e este estudo está facilitando para os especialistas um diagnóstico rápido e que ajuda a prevenir infecções, possibilitando a cura desta doença.

Pandemia mundial

A OMS decretou nesta quarta-feira (11/03) que o coronavírus passou para o estágio de pandemia mundial. A presença de infecções já estão confirmadas em 110 países.

FMI recomenda isenção de impostos por conta de coronavírus.

Raio x e tomografia de infectado com coronavírus

A primeira pessoa britânica a pegar o coronavírus relatou que a doença foi como se ela tivesse sido atingida por um “trem”, deixando-a com dores intensas por semanas e muito sufocante.

Esta é a tomografia computadorizada da mulher de 54 anos, que testou positivo para coronavírus após visita a cidade de Wuhan na China. O exame mostra manchas brancas nos pulmões:

tomografia pessoa com coronavirus

Estas anormalidades por conta do coronavírus são conhecidas como fluídos nos espaços dos pulmões, mas foram somente identificadas e ficaram mais evidentes em exames posteriores.

Ela foi internada após estar com febre por uma semana, fadiga e tosse. Então ela foi diagnosticada com pneumonia grave devido ao Covid-19. Seu tratamento foi a base de antibióticos e ela teve que receber oxigênio.

Seu raio X foi o seguinte:

Conheça como é um Raio X de uma pessoa infectada com coronavírus 8

Confira as manchas brancas no pulmão.

Conheça como é um Raio X de uma pessoa infectada com coronavírus 9

Outro caso de coronavírus

Um homem de 44 anos, trabalhador do mercado de frutos do mar de Wuhan, foi internado após sofrer com febre e tosse durante duas semanas. Sua tomografia computadorizada do tórax apresentou manchas semelhantes ao caso acima e em exames posteriores as opacidades se espalharam pelo pulmão.

Conheça como é um Raio X de uma pessoa infectada com coronavírus 10

Ele foi diagnosticado com pneumonia grave e desconforto respiratório agudo, onde acabou morrendo após uma semana.

evolucao raio x do coronavirus em infectado

Raio x de mulher infectada com coronavírus

Uma mulher de 45 anos da província de Sichuan, na China, foi diagnosticada logo após retornar do Japão e começar com os sintomas de febre, tosse e dor no peito.

Nela também foram identificadas diversas manchas brancas através do raio x.

raio x covid-19 pessoa infectada

Estudo em mil casos

Um estudo publicado pela Radiology, feito com mais de mil pacientes, identificou que a tomografia computadorizada do tórax era melhor do que testes de laboratório para diagnosticar o coronavírus em estágio inicial.

Desde então este exame vem sendo o principal método de triagem em novos suspeitos.

Most Popular Topics

Editor Picks