Mini documentário mostra casal de youtubers com diferença de idade de 37 anos 0 110

casal de youtubers com diferença de idade de 37 anos

Já ouviu falar de um casal de youtubers com diferença de idade de 37 anos? Imagine que você se apaixona por alguém mais velho. Isso é bastante comum, na verdade. E quando essa pessoa tem 37 anos a mais que você? Talvez seja menos comum, porém não menos legítimo. A Barcroft TV, um agência de notícias britânica que tem um dos canais mais populares de todo o Youtube, exibiu recentemente um documentário sobre Julia Zelg, youtuber que namora, Eileen De Freest.

Leia tambémÚltimo episódio de Game of Thrones (19/05) será exibido na Praça do Povo em Belém do Pará.

Continue adiante para entender mais dessa história de amor diferente.

‘Love don’t judge’:casal de youtubers com diferença de idade de 37 anos

casal de youtubers com diferença de idade de 37 anos

A Barcroft TV, como dissemos anteriormente, é uma agência de notícias britânica que possui um popular canal no youtube. Eles se destacaram como uma espécie de mídia alternativa, onde eles difundem notícias consideradas incomuns.

Um dos mini documentários lançados recentemente por eles falou a respeito do casal de youtubers com diferença de idade de 37 anos, formado por Julia Zelg e Eileen De Freest.

Quem são Julia Zelg e Eileen De Freest?

Julia é brasileira e tem 24 anos de idade. Ela tem dupla cidadania: brasileira e portuguesa, por conta de sua ascendência. Ela se mudou para Londres há quase 6 anos atrás, a fim de estudar, trabalhar, enfim, expandir seus horizontes. Julia é cantora também.

Já há alguns anos Julia tem um canal no youtube, no qual ela fala sobre experiências pessoais, roupas, sapatos, cabelos e uma série de outros assuntos.

Eileen é americana e tem 61 anos de idade. Ela, assim como Julia, tem dupla cidadania, ou seja, tem a cidadania americana e a da União Europeia. Ela se mudou para o Reino Unido há alguns anos. Eileen eventualmente é convidada pela BBC para fazer uma participação a fim de falar sobre política e escreve frequentemente sobre política. Há pouco tempo ela também montou um canal no youtube, onde conta experiências pessoais.

Como elas se conheceram?

Um dia, como Julia e Eileen, o casal de youtubers com diferença de idade de 37 anos contam, elas abriram descompromissadamente o Tinder. E, nesse ínterim no app, deram match uma com a outra. Julia Zelg revela que sempre gostou de mulheres mais velhas e inclusive já se relacionou com uma anteriormente. Eileen De Freest, por outro lado, falou que normalmente sempre se relacionou com pessoas da mesma faixa etária.

Foi amor instantâneo e elas estão juntas há praticamente 8 meses. Aliás, o casal de youtubers com diferença de idade de 37 anos está de casamento marcado, que ocorrerá em breve.

Elas afirmam ainda que, apesar de serem diferentes no perfil geral, elas tem um número incrível de coisas em comum e são parecidas em vários aspectos. O casal de youtubers com diferença de idade de 37 anos conta que elas dificilmente brigam e se dão super bem.

Julia conta no documentário e também em seu canal que elas já receberam muito hate nas redes sociais e nos comentários do YouTube, alguns falando que ela tem “problemas mal resolvidos e reprimidos com a mãe”, que ficam chamando Eileen de “mamãe” (no sentido de ofendê-la por ser alguém mais velha). No entanto, também já receberam muito carinho e muito apoio também. Não só da família e amigos, mas de inúmeros internautas.

Assista o documentário: “I’m not her mother, I’m her lover – Love Don’t Judge”

Veja abaixo o documentário sobre Julia e Eileen De Freest, que também possui um canal no youtube agora.

 

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A maior treta do Youtube: James Charles x Tati Westbrook e outros famosos 0 10

a maior treta do youtube

Há relativamente pouco tempo aconteceu a maior treta do Youtube em todo o planeta: James Charles, famoso maquiador que também é youtuber e sua ex-amiga Tati Westbrook. Como você verá mais adiante, a briga toda também envolveu outros youtubers famosos e até mesmo celebridades de Holywood. O babado foi fortíssimo mesmo!

Leia também Nicolaj Coster-Waldau, o ‘Jaime Lannister’ de GOT, nunca achou que o personagem pudesse matar Cersei.

Quem é James Charles?

a maior treta do youtube james charles

James Charles é um jovem de 19 anos de idade, que além de maquiador, é um youtuber bastante famoso nos Estados Unidos.Aliás, seu canal no Youtube, que fala sobre beleza e afins, é um dos mais badalados do nicho na plataforma.

Seu canal foi lançado em 2015. Contudo, foi no ano seguinte, 2016, que ele começou a bombar na web. Com o sucesso estrondoso, ele lançou a própria paleta de cosméticos, em uma parceria com a Morphe Cosmetics. Além disso, foi garoto propaganda da Cover Girl.

Grande parte desse sucesso se deve à ajuda da sua amiga Tati Westbrook, uma youtuber também estadunidense e super famosa por lá, com um canal repleto de inscritos. Após algum tempo de canal, ele entrou em contato com ela, dizendo-se um grande fã. Ela decidiu então ajudar o rapaz a impulsionar sua carreira no Youtube. Não deu outra:ele “estourou” na Internet e teve contato com muitos famosos, como Iggy Azalea, Kim Kardashian, entre outros.

As polêmicas anteriores de James Charles: o post racista

Não é a primeira vez que James Charles se envolve em polêmica. O jovem Youtuber já destilou transfobia, racismo e até mesmo assédio sexual com homens heterossexuais.

Em 2017, antes dele viajar a trabalho para a África, ele postou o seguinte tweet:

a maior treta do youtube tweet racista james charles

Em uma tradução livre:”Eu não acredito que estou indo para a África hoje. Oh meu deus, e se eu pegar Ebola? James, tá de boa, nós poderíamos ter pego no Chipotle ano passado”. Isso fazia referência a um restaurante chamado Chipotle, no qual uma atendente acabou transmitindo Ebola para quem estava presente por lá.

Esse comentário preconceituoso gerou uma série de críticas (e com razão) a ele. A priori, ele não se retratou e se resumiu a bloquear as pessoas. Não bastasse isso, ele ainda tweetava dizendo “Bloqueie e siga em frente, Charles”, como se estivesse falando consigo próprio.

Por conta da repercussão, após algum tempo ele tentou “pedir desculpas” por meio de um vídeo.

Mais uma polêmica prévia: o comentário transfóbico em vídeo

Em um vídeo em seu canal, no qual ele conversa com um amigo hetero enquanto é maquiado por ele, James Charles afirma que não se vê como totalmente gay, pois já achou meninas bonitas no passado e também homens trans.

Esse comentário infeliz gerou uma nova repercussão negativa, pois ele estava equiparando homens trans com mulheres, ou seja, dizendo que eles não são homens. Depois de toda uma confusão, ele pediu desculpas novamente nas rede sociais.

E quem é Tati Westbrook?

A maior treta do Youtube: James Charles x Tati Westbrook e outros famosos 2

Tati Westbrook também é maquiadora e youtuber. Aliás, ela está há muito mais tempo na “estrada” do que James Charles. Quando Tati conhecer Charles, ela já era bastante famosa pela web.

Ela chegou a ser considerada pela Newsweek como a pioneira da cena da beleza no Youtube e uma verdadeira “mãe” da comunidade de beleza da plataforma. Seu foco principal é fazer reviews de maquiagem e beleza, dicas e tutoriais.

A amizade de James Charles e Tati Westbrook

Quando Tati conhecer James, ela viu muito potencial nele e decidiu ajudá-lo. A partir de então, volta e meia ela o chamava para fazer vídeos, chamou-o para maquiá-la em seu casamento, enfim, eles foram estreitando cada vez mais os laços de amizade.

No ano passado, Tati lançou uma linha de vitaminas para a pele e cabelo chamada “Halo Beauty”. Em um dado momento, Tati pede para Charles uma “forcinha”, a fim de divulgar o produto em seu canal e coisas afins. Ela disse ainda que pagaria para ele divulgar o produto e, mais do que isso, patrocinaria ele e seu canal.

Contudo, ele se nega a fazer isso, por ser contra divulgar esse tipo de produto, por esse modelo de produto ser carregado de controvérsias e como seu público é adolescente e ele, de certa forma, é um exemplo para esse público, ele preferia não fazer a divulgação. Ela entende a posição dele e fica tudo bem, por enquanto…Está plantada aí a sementinha daquela que é a maior treta do Youtube.

Como rolou a maior treta do Youtube?

Entretanto, agora em 2019, durante o Coachella, em abril, James Charles fez vários posts em seu stories no Instagram divulgando um produto da marca Sugar Bear Hair, que é exatamente uma marca de vitaminas para o cabelo e pele, “idêntica” à de Tati e portanto sua concorrente direta. A maior treta do Youtube começa a tomar forma.

Algum tempo depois, Tati postou um vídeo seu chorando, porém sem dar nomes aos bois e se lamentando da “puxação de tapete” nessa indústria, reclamando da falsidade. A reação dos internautas ao vídeo dela não foi muito boa, dizendo que ela queria “se aparecer”.

James Charles então faz um stories em formato de texto explicando o ocorrido e pedindo desculpas publicamente para Tati. Segundo ele, o tal stories-propaganda foi só uma “troca de favor”, pelo fato do pessoal da marca ter ajudado-o durante o Coachella, pois ele começou a receber ameaças de uma parte do público e a marca forneceu alguns seguranças.

Um outro youtuber de beleza palpitou sobre o caso, não botando muita fé em Tati e, ao final, incitando que se há alguma coisa a ser resolvida e fala, que ela fizesse. E com isso, com esse involuntário “isqueirinho”, a maior treta do Youtube explodiu de vez.

Então dia 10 de maio agora Tati Westbrook publicou um vídeo intitulado “Bye Sister”, de 43 minutos,  no qual ela bota a boca no trombone e diz a sua versão, expondo todos os defeitos, erros, enfim, todos os podres de James Charles e o quanto e como ele vacilou. Estava acesa a maior treta do YouTube.

Segundo ela, ele teve tempo o bastante para falar com ela durante e logo após o Coachella. Tati diz ainda que ele sempre se mostrou uma pessoa capaz de fazer qualquer coisa para chegar onde quer. Falou ainda que ele ficou contando a versão dele em canais de fofoca e que suas desculpas não eram sinceras e sim somente para ficar bem diante do público. Depois disso, ela fala e explica o quanto ele é uma pessoa tóxica.

O vídeo bombou de uma tal forma que chegou a ficar no topo dos trendings do YouTube, atingindo a marca de 48 milhões de visualizações. O verdadeiro boom daquela que é a maior treta do youtube.

O vídeo-resposta de Charles

Em resposta à Tati, James Charles postou um vídeo de 8 minutos. Ele não justificou seus atos, não adotou a postura de vítima. Ele, de certa forma, assume tudo o que fez e dizia estar triste por ter pedido a confiança de uma pessoa querida.

A bola de neve

Depois disso, houve ao menos mais um ou dois vídeos de Tati comentando o caso. Outro youtuber maquiador famoso também fez um vídeo falando bastante mal de Charles. Além disso, duas celebridades, entre elas Zara Larson, postou críticas no Twitter sobre o fato dele ter assediado seu boy. Desse modo, a maior treta do Youtube só ficava cada vez maior e mais intensa.

Respostas aqui e acolá, vídeos, posts em rede sociais e assim por diante, de diferentes pessoas, James Charles chegou a perder mais de 3 milhões de inscritos, sendo ao menos 1 milhão de uma vez só.

Agora, dia 16 de maio, ele publicou um novo vídeo, bem maior, desmentindo todo mundo, mostrando prints e contradizendo até mesmo coisas que ele havia admitido antes.

Em suma, a maior treta do Youtube parece estar meio distante de acabar.

 

 

 

Nicolaj Coster-Waldau, o ‘Jaime Lannister’ de GOT, nunca achou que o personagem pudesse matar Cersei 0 18

nicolaj coster-waldau

Havia poucos vencedores em Game of Thrones, embora alguns personagens favoritos dos fãs tenham conseguido sobreviver. Mas os deuses de Westeros, antigos e novos, não permitiram que todos tivessem um final feliz, especialmente os jogadores mais cruéis da série. Mas Jaime Lannister conseguiu sair do jeito exato que queria: nos braços de sua irmã Cersei Lannister. Nicolaj Coster-Waldau, que interpretou Jaime, nunca acreditou que seu personagem pudesse matá-la.

Leia também:

Nicolaj Coster-Waldau e o fim dele e de Cersei em GOT

O ator de Jaime Lannister, Nikolaj Coster-Waldau, conversou com a Entertainment Weekly sobre o fim da série, dizendo que não poderia ter terminado nenhum outro caminho para seu personagem, apesar de sua breve redenção.

“Eu achei que foi um ótimo final para aquele casal”, explicou Coster-Waldau. “Ela nunca se renderia. E ele diz isso a Bronn na quarta temporada. Bronn perguntou: ‘Como você quer que isso acabe?’ E Jaime diz: “Nos braços da mulher que amo”. Então isso foi prefigurado e foi o que aconteceu. Há pelo menos um momento em que eles se conectam: “Apenas olhe para mim, apenas olhe nos meus olhos, é só você e eu …”

Tyrion Lannister teve a chance de manter seu irmão a salvo, mas Nicolaj Coster-Waldau acrescentou que o destino de Jaime era basicamente inevitável naquele momento.

“As coisas que você faz por amor … você precisa. Ele é parado em um ponto, quando ele é capturado”, disse ele. “Você pode dizer: ‘Tyrion, o que você está fazendo?’ Tyrion poderia ter salvado seu irmão não [libertando-o], mas teria matado Jaime para não ir – de uma maneira diferente, é claro. ”

A profecia do Valonqar

Alguns fãs teorizaram que o final incluiria Jaime finalmente reunindo coragem para matar sua irmã, superando sua auto-aversão e finalmente se estabelecendo com Brienne of Tarth. Teria sido um final poético para seu arco, dado que ele era conhecido em todo o reino por matar o Rei Louco, e então se tornaria o Regicida após o governo brutal de Cersei.

“Eu nunca pensei que ele mataria Cersei. Ele não faria isso”, disse Nicolaj Coster-Waldau, minimizando a profecia do Valonqar.

Quando perguntado sobre o final de Game of Thrones, a resposta do ator indica que ele está totalmente satisfeito com o que a série de TV da HBO alcançou no final.

“Eu não acho que eles poderiam ter feito melhor. Faz sentido. Há uma lógica nisso sem que seja óbvio”, disse ele.

Most Popular Topics

Editor Picks