Audiência Pública debaterá violência contra LGBTs em Santa Maria 0 246

lgbt santa maria

A Comissão Especial da Assembleia Legislativa para Análise da Violência Contra a População LGBT convida a todas e todos para uma audiência pública sobre o tema na cidade de Santa Maria. O evento será coordenado pela deputada estadual Luciana Genro (PSOL), que preside a Comissão.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O encontro ocorrerá na quinta-feira, dia 13/06, às 18h30, no auditório do prédio da antiga reitoria da UFSM (Rua Floriano Peixoto, 1184).

Esta é a quarta de uma série de audiências públicas que a Comissão vem realizando pelo interior do Rio Grande do Sul para dialogar com prefeituras, órgãos de segurança pública e movimentos sociais. “Queremos buscar dados sobre a violência contra a população LGBT para, ao final dos quatro meses de nosso trabalho, elaborarmos um relatório que compile estas informações e proponha políticas públicas”, disse a deputada Luciana Genro.

Além de convidar todos os deputados e deputadas da Comissão e os movimentos sociais que lidam com a pauta LGBT na região, convidamos ainda para a audiência pública de Santa Maria as seguintes instituições:

Comissão Especial da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB de Santa Maria
ONG Igualdade
Coletivo Voe
HTA – Homens Trans em Ação
Prefeito Municipal: Jorge Pozzobom
Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social
Secretaria Municipal da Educação
Secretaria Municipal da Saúde
Ministério Público
Defensoria Pública de Santa Maria
Polícia Civil
Brigada Militar
Câmara Municipal de Santa Maria

Assessoria de imprensa – Deputada Estadual Luciana Genro (PSOL)

Samir Oliveira – (51) 99858.8076

Juliana Almeida – (51) 99612.8824

Previous ArticleNext Article
Direto do Repórter Social, amantes de internet, redação e publicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chen da Kpop EXO, engravida namorada e casamento acontece nos próximos dias 0 42

chen kpop exo gravidez casamento

O K-Pop é um fenômeno mundial e muitos brasileiros tem acompanhado os artistas das bandas Sul Coreanas, principalmente com relação as vidas pessoais. E entre eles está Chen, o integrante da boyband EXO, que anunciou nesta segunda-feira (13/01), que irá se casar com a sua noiva que acabou engravidando.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Kim Jongdae (Chen) divulgou uma mensagem nesta manhã onde se diz estar muito nervoso e ansioso com os próximos passos de sua vida. Ele contou aos fãs que tem uma namorada, que não é celebridade, onde pretende passar o resto da vida com ela, principalmente após ser surpreendido com a gravides da moça.

O artista está hoje com 27 anos e disse que está à espera de uma “Bênção”.

Luana Risério tem GPS implantado sob a pele a pedido de Scarpa.

Revelação

Chen não estava disposto a falar muito de sua vida pessoal, principalmente relacionado à gravidez, pois na Coreia do Sul estes assuntos costumam ser mais complexos, mas tomou coragem de falar ao mundo sobre a situação, logo após conversar com seus amigos e integrantes do grupo EXO.

Ele estava preocupado, mas seus amigos o aconselharam a revelar, para que ninguém seja pego de surpresa, inclusive a gravadora.

Casamento

O casamento deve acontecer nos próximos dias, em uma cerimônia simples e com a presença exclusiva de poucos amigos e familiares.

A SM Entertainment, responsável pela EXO, divulgou uma nota confirmando todo o caso e pediu que os fãs sejam compreensíveis neste momento, pois todos os detalhes do casamento e do relacionamento será mantido em sigilo.

Em sua nota a gravadora termina dizendo que Chen deve continuar seu trabalho normalmente na banda e com duas motivações a mais neste ano de 2020.

Torcedores são presos por homofobia e racismo em jogo da Premier League 0 59

problema de racismo e homofobia amex stadium

Brighton & Hove Albion e Chelsea jogaram nesta quarta-feira (01/01) pela 21ª rodada do Campeonato inglês Premier League. E algo surpreendente aconteceu nesta partida. Três torcedores foram presos por conta de ofensas homofóbicas e racistas no estádio.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O clube da casa, Brighton, informou que os torcedores foram expulsos do Estádio Amex. Eles estavam propagando ofensas racistas contra os jogadores do Chelsea e também ofensas homofóbicas contra os torcedores do clube inglês.

Os três foram presos pela polícia de Sussex assim que saíram do estádio e agora estão sendo processados.

Vice-presidente do Brighton

Paul Barber, vice-presidente do Brighton deu um depoimento onde citou que mais uma vez a equipe de segurança e vigilância do estádio, em parceria com a polícia de Sussex, conseguiram colocar ordem em três problemas indesejáveis por torcedores sem educação.

“Não serão aceitos qualquer tipo de ofensa racista ou homofóbica em nosso estádio.”

Ele continua dizendo que se a proibição vitalícia de ver seus clubes jogarem não for o suficiente para mudar as suas mentes, é necessário que os tribunais possam aplicar punições mais severas. Hoje existe um limite no que o próprio futebol pode fazer nestes casos.

Ele termina dizendo que na Europa todos estão cansados da reputação do esporte ser manchada por pessoas deste nível.

Jogador Harvey Elliot é contratado por Liverpool e tem apenas 16 anos.

Premier League afetada

Neste ano de 2019 diversos jogos da liga inglesa foram afetados por conta de incidentes de racismo. No último mês outros dois torcedores do Wolverhampton Wanderers acabaram presos no estádio Amex por conta destes episódios.

Most Popular Topics

Editor Picks