Skip to content

Médico falso fã de Grey’s Anatomy invade hospital e da alta a 2 pacientes

31 de agosto de 2019
medico fa greys anatomy atendia pacientes em SP

Um fato muito curioso vinha acontecendo neste mês de agosto em São Paulo. Um médico falso realizava atendimentos no Hospital Santa Casa, localizado na Vila Buarque, onde chegou a dar alta à dois pacientes. O mais curioso é que ele fazia suas “consultas” com base no seriado Grey’s Anatomy, um seriado médico americano.

Fabio Faria da Silva, de 24 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM), logo após ter sido detido por seguranças da Santa Casa. As informações sobre o médico falso foram publicadas pela própria Secretaria de Segurança Pública, através de uma nota neste dia 31 de agosto.

Algumas testemunhas informaram que ele realizava atendimentos no hospital e que prescreveu alta para pelo menos dois pacientes.

Matrix 4 com Keanu Reeves é confirmado.

Médico falso em SP fã de Grey’s Anatomy

O homem entrava no hospital vestindo um jaleco branco e portava um estetoscópio no pescoço. Durante seu depoimento o “médico” disse que é um admirador da profissão e que sempre quis ser médico.

Mas ele disse que não tocou e nem atendeu nenhum paciente pois ciente de que não é habilitado para isso. Sua vontade era apenas andar com como os médicos da série americana. Ele ainda disse que já havia estado na Santa Casa em outras ocasiões, mas que só ia até o local para observar.

Ele prestou depoimento no 2º Distrito Policial em Bom Retiro e foi liberado, mas o caso foi encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim) de São Paulo.

Fabio Faria dizia que era especialista bucomaxilofacial, mas houve estranhamento pois a equipe de residentes achou estranho estar presente outro especialista da mesma área e solicitando informações dos pacientes.

Medidas de segurança

A Santa Casa informou que em decorrência do fato, está reforçando as medidas de controle de acesso e toda a segurança nas portarias.

Além disso os médicos e assistentes da Santa Casa estão sendo orientados para denunciar pessoas que estejam sem identificação e de forma suspeita nas dependências do hospital.

Ainda sobre este caso uma médica disse que viu Fábio nas dependências do hospital no dia 07 de agosto, quando notou algo estranho ao ser questionado sobre o crachá, que não estava presente em seu “uniforme”.