Hacker de Moro deve pegar 70 anos de prisão 0 62

hacker walter delgatti neto

O hacker Walter Delgatti Neto, deverá ser punido pela Polícia Federal sobre os crimes de invasão de dispositivo de informática e interceptação de comunicação, sobre cada uma das contas do aplicativo Telegram que invadiu neste ano.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Sendo assim a prisão de um dos principais acusados por invadir os celulares de autoridades brasileiras como o ministro da Justiça, Sérgio Moro e procuradores, deverá ser de 70 anos ou mais. Mas esses anos são referentes apenas pelos crimes que foram confessados por Walter.

Ainda há muito o que descobrir

Porém a Polícia Federal deve fazer um enquadramento penal que aumente a pressão sobre o hacker, onde até o momento já confessou alguns de seus crimes e deu informações sobre quais foram os métodos usados, porém acredita-se que ele sabe ainda mais sobre a real situação.

A PF acredita que mais de mil telefones foram invadidos, um número muito mais elevado do que apenas os 14 citados durante seus depoimentos. Mas somente por este acesso indevido, o artigo 10 da Lei n° 9.296/96 prevê uma reclusão de dois a quatro anos.

Já as invasões de dispositivos de informática podem proporcionar até um ano de prisão. Mas houve o acesso de celulares de procuradores do Rio de Janeiro e também de envolvidos na Operação Greenfield de Brasília, o que poderia complicar ainda mais a situação do hacker.

Operação Spoofing

A Polícia Federal ainda suspeita que Delgatti cometeu uma série de outros crimes em ambiente virtual com ajuda de outros criminosos. Até o momento três outros suspeitos foram presos na Operação Spoofing. Isso faria com que o hacker estivesse sujeito a ser enquadrado em crime por organização criminosa, acrescentando mais 8 anos de prisão a sua sentença.

Porém esta última penalização pode acabar sendo descartada, já que o hacker assumiu toda a responsabilidade sobre as invasões, onde até mesmo os outros três presos negaram qualquer envolvimento sobre a invasão no Telegram de autoridades.

Mas este é apenas o início de uma grande operação.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mãe quase vende a filha por R$ 2 mil em Santos. Câmera flagra momento. 0 114

mae tenta vender filha em santos

Algo impressionante aconteceu no litoral paulista neste final de semana. Câmeras de monitoramento do Hospital e Maternidade Silvério Fontes, na cidade de Santos, flagraram o exato momento em que uma mulher de 40 anos tentou vender a filha para uma desconhecida.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O caso ocorreu na madrugada deste sábado, quando uma mulher deu entrada na maternidade que fica localizada no bairro Castelo, estando em trabalho de parto e com uma outra mulher que relatava ser a sua irmã. Depois da internação, os funcionários acabaram descobrindo que a grávida havia fornecido um nome falso e que o motivo seria a negociação da criança.

Os valores dessa negociação seriam de R$ 2000.

Imagens da câmera de segurança

As imagens da câmera de monitoramento onde aparece a mulher que seria a suposta compradora da criança, foi divulgada na manhã deste domingo através da prefeitura da cidade. Nela aparece a gestante sendo deslocada em uma maca para o interior da maternidade. Em todo o momento ela da sinais de grande desespero por conta das dores.

Nesta mesma imagem aparece a suposta “irmã” da gestante, que na verdade seria a compradora da criança. Ela está com uma camiseta branca e com uma bolsa de cor roxa. Ela só sai do local após receber a orientação de um dos enfermeiros para esperar pelo lado de fora do setor de emergência. Porém ao sair do local ela acabou fugindo.

A criança que é prematura e a mãe estão ainda internadas no local.

O caso é bem delicado segundo Fábio Ferraz, que é o secretário de Saúde de Santos, isso porque a mãe é usuária de drogas e também é portadora de sífilis. As condições foram identificadas por um profissional da área de psiquiatria.

A venda da criança por R$ 2 mil foi confessada após ela ficar nervosa por ficar longe do recém nascido, quando passou a falar a verdade sobre a situação, inclusive admitindo que deu entrada com um nome falso na maternidade.

Fábio Ferraz se diz abismado com a situação, pois na região é um caso inédito. A menina segue internada na UTI Neonatal, pois nasceu prematura.

Novo Pente Fino do INSS começa nesta sexta-feira 12/07 0 122

pente fino inss comeca

Será iniciado a partir desta sexta-feira, dia 12 de julho de 2019, o novo pente-fino dos benefícios previdenciários através do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A publicação do início foi realizada em detalhes através do Diário Oficial da União.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Ontem (11/07), o governo publicou uma lei que viabiliza o orçamento para a realização de perícias no pente-fino, cujo o objetivo é o pagamento do bônus de peritos e servidores que trabalharem durante esta revisão. O governo só esperava essa liberação para dar o início na busca por benefícios suspeitos.

O presidente do INSS, Renato Vieira, informou que serão analisados cerca de 3 milhões de benefícios que contam com irregularidades já apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e também da Controladoria-Geral da União (CGU), órgãos de controle financeiro do governo.

Primeira etapa do Pente Fino

Nesta primeira etapa só serão analisados os benefícios que não exigem perícia médica, ou seja, apenas aqueles que estão sob suspeitas administrativas, identificadas pelos servidores do INSS. Eles já estarão recebendo um valor bônus de R$ 57,50 por cada processo que for concluído.

Em um primeiro momento a convocação será feita pelo caixa eletrônico, mas o INSS não descarta a possibilidade de enviar cartas aos beneficiários.

Segunda etapa

Os benefícios por incapacidade, que nada mais é do que o auxílio doença e a aposentadoria por invalidez, dependem de algumas mudanças no sistema do INSS para que possa começar a convocação. Nestes casos os peritos devem receber R$ 61,72 por exame concluído nos beneficiários.

Esta ainda não tem data para começar, mas não ficará de fora da revisão.

Benefícios na mira do governo

O governo tenta acalmar a população sobre o pente fino pois relata que estas revisões contam com o objetivo principal de combate a fraudes no sistema e a identificar pontos de vulnerabilidades para que esse tipo de caso não apareça regularmente. Portanto quem estiver com todos os exames em dia e possuir as condições para o recebimento do benefício não será atingido.

Entre as principais fraudes identificadas e que estão na mira principal do INSS neste pente fino, são pagamentos que estão sendo realizados mesmo com a suspeita de morte do beneficiário. Outro bem comum no caso de fraudes são os benefícios assistenciais. O BPC LOAS, onde famílias que contam com idosos acima dos 65 anos e pessoas com deficiência, estariam recebendo o benefício mesmo contando com faixa de renda superior ao máximo de 25% do salário mínimo per capita.

Most Popular Topics

Editor Picks