Bolsonaro muda de ideia e diz que pode tentar reeleição 0 48

Bolsonaro muda de ideia e diz que pode tentar reeleição 1

Menos de seis meses desde que assumiu o cargo, o presidente de direita Jair Bolsonaro disse que poderia concorrer a um segundo mandato, apesar de ter prometido, durante a campanha eleitoral, acabar com a reeleição para os presidentes brasileiros.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:

Reeleição

Bolsonaro muda de ideia e diz que pode tentar reeleição 2

Depois de participar de uma marcha religiosa de cristãos evangélicos na quinta-feira, Bolsonaro disse que se o Congresso não reformar substancialmente o sistema político brasileiro, ele considerará a possibilidade de concorrer novamente em 2022.

“Se houver uma boa reforma política, posso até jogar fora a possibilidade de reeleição. Mas se não houver, e as pessoas quiserem, estamos aqui para continuar por mais quatro anos ”, disse ele a repórteres.

Ex-capitão do Exército e congressista de sete mandatos, Bolsonaro foi eleito em outubro pelos eleitores brasileiros enfurecidos pela corrupção generalizada e pelo aumento da violência. Ele prometeu limpar a política ao acabar com as negociações com o Congresso, praticadas por ex-presidentes para poder governar o maior país da América Latina.

Até agora, Bolsonaro não conseguiu apoio suficiente entre os legisladores para passar o item mais importante em sua agenda, uma revisão do dispendioso sistema previdenciário para evitar uma crise fiscal.

Ele governou por decreto sobre questões como leis relaxantes sobre armas e redução do tamanho do governo, mas sua popularidade despencou desde a eleição, enquanto buscava questões secundárias, como a flexibilização das regras de trânsito, enquanto a economia vacilava.

As demissões no governo Bolsonaro

Bolsonaro demitiu três ministros de disputas internas, incluindo seu ex-gerente de campanha Gustavo Bebianno e o general aposentado Carlos Santos Cruz, um assessor militar próximo, criticado por seus filhos.

Na sexta-feira ele anunciou em uma mensagem no Twitter que o major da polícia militar e advogado, Jorge Antonio Oliveira, se tornaria o secretário-geral da presidência, substituindo o general reformado Floriano Peixoto, que comandará o serviço postal.

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novo ministro do STF deve ser “Terrivelmente” evangélico 0 27

bolsonaro ministro stf evangelico

Bolsonaro vem “adoçando” a bancada evangélica na Câmara dos Deputados, com participações em diversos atos, inclusive cultos que acontecem antes dos debates, além é claro de promessas futuras sobre a sua indicação para o Supremo Tribunal Federal (STF), onde durante o seu mandato dois dos atuais ministros, Celso de Mello e Marco Aurélio de Mello, devem se aposentar.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Como mais um sinal de que estará do lado desta área na Câmara, Bolsonaro nesta semana disse que uma das vagas em aberto será destinada a um ministro “terrivelmente evangélico”. Ao mencionar isso, o presidente já iniciou uma corrida de especulações de quem poderá ser o responsável por ocupar a vaga, já que deverá além de ser evangélico, também possuir condições acadêmicas, pois é uma das marcas deste governo.

A primeira vaga aberta de ministro irá ocorrer no dia primeiro de novembro de 2020, quando Celso de Mello irá completar seus 75 anos de idade e deverá se aposentar conforme exige a lei. A outra vaga disponível só será aberta no mês de julho de 2021, quando Marco Aurélio de Mello deverá deixar o cargo também.

O anúncio do novo ministro “terrivelmente” evangélico foi feito nesta quarta-feira (10/07) na Frente Parlamentar Evangélica, após um culto que ocorreu na Câmara antes da retomada dos debates que resultaram em uma aprovação em primeiro turno da tão falada Reforma da Previdência.

Quem é o ministro queridinho?

Sem citar nomes, Bolsonaro deixou “em aberto” quem poderá ocupar essa vaga, com o perfil pré estabelecido. Como há duas vagas, provavelmente uma delas será destinada ao atual Ministro da Justiça, Sérgio Moro, como já foi citado por Bolsonaro em uma outra ocasião, mas a vaga evangélica ainda é uma incógnita.

Um dos “queridinhos” pelos evangélicos é o atual chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), André Luiz Mendonça.

Discurso de Bolsonaro sobre o futuro ministro do STF

As falas de Bolsonaro na Câmara dos Deputados foram as seguintes:

“- Um deles será terrivelmente evangélico… – Quantos tentam nos deixar de lado dizendo que o Estado é laico? O Estado é laico, mas nós somos cristãos. Ou, para plagiar a nossa querida Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, nós somos terrivelmente evangélicos…”

Neymar “pisa na bola” com o PSG e clube se irrita com atitude 0 30

psg tira ou fica com neymar

Ao que parece o jogador Neymar JR está tentando “cansar” a relação com o PSG para que ele possa ser vendido de volta para o Barcelona. É nítido o descontentamento do atacante brasileiro com o Paris Saint-Germain e a última ocorrência que irritou bastante o clube foi o não comparecimento do jogador na reapresentação ao clube nesta segunda-feira, 08/07.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Todo o elenco se apresentou nesta segunda e Neymar não estava lá. Segundo o jogador o clube estava ciente de seus compromissos no Brasil e que o seu retorno estava programado para o próximo dia 15 de julho, porém o PSG informou que não sabia de nada e que a ausência será punida.

O clube francês publicou o seguinte comunicado e divulgou em suas redes sociais:

“…Nesta segunda-feira, 8 de julho, Neymar da Silva Santos Junior foi convocado para a retomada das atividades do grupo profissional do Paris Saint-Germain. O Paris Saint-Germain constatou que o jogador Neymar Jr não apareceu na hora e no local combinados, sem ter sido previamente autorizado pelo clube. Paris Saint-Germain condena esta situação e tomará as medidas apropriadas resultantes dela…”

Antes de se reapresentar na França, o brasileiro deve ir pessoalmente até a Espanha para tentar acelerar as negociações com o Barcelona.

O Diretor esportivo do Paris Saint-Germain se manifesta

Já na manhã deste dia 09 de julho, o diretor esportivo do PSG, Leonardo, deu uma entrevista ao jornal francês “Le Parisien”, onde teve que responder diversas perguntas sobre o caso Neymar. Segundo ele houve alguns “contatos superficiais” com o Barcelona, mas até o momento não houve nenhuma proposta concreta.

Mas Leonardo admitiu que as suas últimas atitudes e a posição de seu estafe (que é o próprio pai), está bem clara para o clube e para o mundo. Porém é preciso saber que Neymar ainda conta com três anos de contrato com o PSG e como ainda não foi revelada nenhuma proposta, não há o que se discutir sobre o caso.

Uma última pergunta sobre o caso durante a entrevista era sobre o PSG querer manter Neymar no clube. Segundo Leonardo, o clube quer investir e confiar em jogadores que desejam realmente ficar e construir algo grande, “nós do PSG não queremos jogadores que acreditam estar fazendo um favor para o clube”.

Most Popular Topics

Editor Picks