lista nao me perturbe governo federal

Site Não Me Perturbe entra no ar e permite bloqueio de telemarketing

A partir desta terça-feira (16/07), todo o consumidor brasileiro que não desejar mais receber ligações de telemarketing de empresas de telecomunicação, poderão realizar um cadastro na lista “Não Perturbe” através de um site que reúne as principais empresas de telefonia, internet e TV a cabo do país.

A determinação da criação deste site partiu da própria Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), após muitas denúncias e reclamações dos clientes, em decorrência do incômodo praticado por tais empresas. O site Não Me Perturbe, já está no ar desde a primeira hora da madrugada desta terça-feira.

Porém este não será o fim dos incômodos, pois a lista é válida para clientes das empresas Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, Tim e Vivo. Outras ainda não contam com leis específicas ou canais onde é possível solicitar para não receber mais chamadas.

Bloqueio das ligações

A partir do momento em que um cliente faz o seu cadastro no site www.naomeperturbe.com.br, as prestadoras devem bloquear as ligações em até 30 dias. Caso haja um descumprimento da lei, haverá uma advertência ou a aplicação de multas que chegam em até 50 milhões de reais.

O pedido de bloqueio de ligações da Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, Tim e Vivo, devem ser feitos através do site:

  • www.naomeperturbe.com.br
  • Após acessar o site clique em “cadastro” e crie o seu login utilizando um email válido e uma senha de acesso;
  • Depois insira o seu CPF;
  • Por fim, cadastre o seu número de telefone que não deseja mais receber ligações, podendo ser um número fixo ou móvel. Os clientes podem cadastrar mais de um número através do painel;

Então por fim selecione quais das empresas de telecomunicação deseja bloquear o seu número para ligações e pronto.

Se após 30 dias você ainda continuar recebendo ligações, é possível fazer denúncias para a Anatel.

Não perturbe

Esta criação da lista “Não Perturbe” foi um estudo feito pela Anatel, havendo a necessidade de parar as ligações exageradas pelas empresas à consumidores que já possuem serviços ou que não estejam interessados em adquirir produtos. A lista será nacional e todos deverão basear seus contatos através dela.

A Anatel realizou um estudo de mercado, onde ao menos um terço de todas as ligações indesejadas no país, contam com a finalidade de vender serviços de telecomunicações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *