‘Showzinho’ da defesa. Mensagens ao procurador Carlos Fernando dos Santos Lima 0 288

mensagens intercept sergio moro

Na noite desta sexta-feira (14/06) o site Intercept mais uma vez divulgou mensagens que estão sendo atribuídas a diversos procuradores da Lava Jato como Carlos Fernando dos Santos Lima e também ao atual Ministro da Justiça, o juiz Sérgio Moro.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O site afirma que Moro atuava como um tipo de coordenador informal da acusação no processo do triplex em Guarujá, São Paulo, aplicando e sugerindo diversas estratégias aos procuradores, para que realizassem uma campanha “pública” contra Lula.

Segundo o Intercept, as mensagens foram trocadas a partir do dia 10 de maio de 2017, a partir do momento em que o condenado ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha prestado depoimento pela primeira vez no caso do triplex.

Lula na ocasião ainda fez um pronunciamento de 11 minutos em uma coletiva, onde atacou a Lava Jato, Moro e também o Jornal Nacional. Após este depoimento de Lula, Moro teria encaminhado algumas mensagens para o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, para colocar Lula em seu devido lugar.

Mensagens de Moro à Carlos Fernando

As mensagens enviada por Moro a Carlos Fernando dos Santos Lima, segundo o site Intercept, foram as seguintes:

  • Sérgio Moro: talvez vcs devessem amanhã editar uma nota esclarecendo as contradições do depoimento com o resto das provas ou com o depoimento anterior dele
  • Sérgio Moro: por que a defesa já fez o showzinho dela.
  • Carlos Fernando: podemos fazer. Vou conversar com o pessoal.

A partir destas mensagens, Carlos Fernando começa a enviar mensagens para um grupo de assessoria de imprensa responsável pelo Ministério Público. As supostas mensagens foram as seguintes:

  • Carlos Fernando: será que não da para arranjar uma entrevista com alguém da globo em recife amanha sobre a audiência de hoje.

Porém sem divulgar outras mensagens, o que pode ser considerado fora de contexto, segundo o site a assessoria não achou que a sugestão fosse boa para o momento. Então Carlos envia mensagens para o procurador Deltan Dallagnol que manda mensagens para outro grupo, desta vez com integrantes do Ministério Público. Segundo o site as supostas mensagens são as seguintes:

  • Deltan Dallagnol: então temos que avaliar os seguintes pontos: 1) trazer conforto para o juízo e assumir o protagonismo para deixá-lo mais protegido e tirar ele um pouco do foco; 2) contrabalancear o show da defesa.
  • Deltan Dallagnol: esses seriam porquês para avaliarmos, pq ng tem certeza.
  • Deltan Dallagnol: o “o quê” seria: apontar as contradições do depoimento.
  • Deltan Dallagnol: e o formato, concordo, teria que ser uma nota, para proteger e diminuir riscos. O jn vai explorar isso amanhã ainda. Se for para fazer, teríamos que trabalhar intensamente nisso durante o dia para soltar até lá por 16h

Após estas mensagens, Dallagnol também tenta convencer a assessoria de imprensa do Ministério Público, para produzir uma nota sobre o depoimento de Lula. Segundo o Intercept a mensagem é a seguinte:

  • Deltan Dallagnol: caros, mantenham avaliando a repercussão de hora em hora, sempre que possível, em especial verificando se está sendo positiva ou negativa e se a mídia está explorando as contradições e evasivas. As razões para eventual manifestação são: a) contrabalancear as manifestações da defesa. Vejo com normalidade fazer isso. Nos outros casos não houve isso. B) tirar um pouco o foco do juiz que foi capa das revistas de modo inadequado.

Ministro da Justiça

Neste sábado a assessoria de imprensa do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, lançou uma nota onde informou que não comentará as supostas mensagens de autoridades públicas, que foram colhidas por meio criminoso através de uma ação hacker. Isso porque elas foram tiradas de contexto, podem ter sido editadas e também adulteradas para favorecer certas partes. Nenhuma mensagem foi avaliada previamente e nenhuma autoridade pode certificar a sua integridade.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novembro foi o melhor mês para as indústrias da China 0 94

producao china industria melhora economia novembro 2019

Novembro registrou o maior crescimento nos lucros das indústrias chinesas dos últimos oito meses. A notícia é excelente para a China e também para a economia mundial, já que o país pretende ampliar ainda mais as importações nos próximos meses.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Porém mesmo diante do ritmo acelerado, o país vive uma crise em decorrência da demanda doméstica, oferecendo diversos riscos para os resultados de 2020.

Manifestantes de Hong Kong invadem shoppings nesta quinta-feira.

Indústria chinesa

A área industrial da China vem enfrentando em 2019 uma forte pressão, principalmente pela falta de demanda e também pela guerra comercial instaurada pelos Estados Unidos.

Os dados dos últimos meses na indústria vem sendo animador e há uma boa possibilidade de recuperação no setor, onde o governo vem investindo muito em aceleração de medidas de estímulo e outros benefícios para aquecer a economia.

Até novembro o acumulado geral deste ano de 2019 registrou uma queda de 2,1% no lucro das empresas com relação ao mesmo período de 2018. O número é um pouco melhor do que os 2,9% de queda no acumulado de janeiro a outubro de 2019.

Até o momento a economia chinesa no setor industrial girou 5,61 trilhões de iuanes.

Lucros de novembro

Em novembro os lucros na indústria cresceram cerca de 5,4% em relação ao mês de outubro, que vinha de uma queda de 9,9%. A alta interrompe três meses de queda, fechando o balanço anual até o momento em 84,93 bilhões de dólares.

As ações na produção vem encaminhando para melhora na economia, principalmente nas vendas. Todas as informações foram divulgadas pelo Escritório Nacional de Estatísticas nesta sexta-feira (27/12).

Dezembro deve repetir o bom desempenho, já que é um mês de compras e a produção nacional acaba exportando muito para suprir a demanda mundial.

Granada é lançada contra policiais no Morro do Urubu e operação mata quatro 0 116

apreensao morro do urubu twitter policia militar

Na noite deste sábado (21/12) a polícia realizou uma operação no Morro do Urubu, região localizada em Pilares, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Quatro bandidos foram mortos durante a ocupação, mas um sargento acabou sendo atingido por estilhaços de uma granada na mão esquerda e no maxilar.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O policial ferido durante a operação já recebeu alta.

Durante a operação os policiais acabaram sendo alvejados próximo da Rua Pequi. Eles estavam indo pela mata da região, quando foram recebidos com tiros pelos bandidos da região. Segundo o 3º BPM (Méier), quatro feridos foram localizados, mas mesmo sendo encaminhados para o Hospital Municipal Salgado Filho, acabaram não resistindo aos ferimentos em decorrência da operação.

Essas mortes estão sendo investigadas pela Divisão de Homicídios (DH) do município.

Operação no Morro do Urubu

Durante a operação foram apreendidos três pistolas 9mm, um fuzil calibre 556 e dois rádio transmissores. Neste ano a região viveu um intenso confronto entre os próprios traficantes, onde as facções estavam disputando o comando da região. A “guerra” no local está mais “tranquila” neste fim de ano.

Outro fuzil e uma metralhadora também foram apreendidos na comunidade da Covanca, região de Jacarepaguá. Além disso muita munição, roupas camufladas e três granadas estavam entre as apreensões.

Em 2019 já foram apreendidos 496 fuzis no Rio de Janeiro, segundo a Polícia Militar.

Most Popular Topics

Editor Picks