Previdência já tem Disque Denúncia para suspeitas de fraude 0 291

disque denuncia inss

Entrou em funcionamento nesta quarta-feira, dia 14, o Disque Denúncia da Previdência Social, que passa a receber informações sobre suspeitas de fraude contra o sistema previdenciário antes atendidas pelo Prevfone. O denunciante não precisa se identificar, as ligações são gratuitas e devem ser feitas de telefones fixos, de 7h às 19h, de segunda a sábado, pelo telefone 0800 7070 477.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O ministro Amir Lando disse que o Prevfone recebe mais de 1500 denúncias por mês e, com a criação do novo serviço, o Ministério pretende aumentar ainda mais esse número. “Nós queremos que a sociedade participe desse processo de fiscalização das contas da Previdência. Nós somos gestores de um fundo do trabalhador e queremos que esses recursos sejam empregados sem desvios”, afirmou o ministro.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bandidos da Cidade de Deus trocam tiros com a PM nesta quarta 0 47

bandidos atras barreira cidade de deus

A manhã desta quarta-feira (12/06) amanheceu sob fogo cruzado na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Bandidos travaram uma batalha contra policiais militares na região, já a partir das 6h40 desta manhã.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Os policiais entraram na favela com seu veículo blindado, com o intuito de se aproximar de uma barreira que foi reconstruida pelos bandidos, onde em um outro momento havia sido demolida pelo batalhão da PM. Os criminosos fortemente armados com fuzis e pistolas, usaram esta barreira como proteção, enquanto trocavam tiros contra o blindado e policiais que seguiam por terra.

O helicóptero da polícia dava cobertura a partir das 7h10 e outro de uma emissora acompanhava toda a operação.

Foram mais de 30 minutos de fogo cruzado, quando os bandidos acabaram recuando para uma área da mata próxima da favela. O blindado avançou e mais uma vez derrubou a barreira de concreto construida para dar um “apoio tático” aos bandidos.

Por trás da barreira

Os criminosos utilizaram esta barreira para criar uma tática contra os PM, onde se revezavam contra os policiais, disparando constantemente contra os policiais. A parede foi atingida diversas vezes durante o confronto, mas não chegou a ser atravessada, pois era feita de concreto.

Essas barreiras são construidas em pontos estratégicos dentro da Cidade de Deus e de outras favelas do Rio de Janeiro. Elas auxiliam os criminosos fornecendo “segurança” para que uma equipe possa monitorar a movimentação das equipes táticas da PM dentro da comunidade.

Esta barreira em questão, havia a pouco tempo sido derrubada por agentes do mesmo batalhão em outra operação na favela. Mas rapidamente ela foi reconstruida pois se trata de um ponto importante de monitoramento.

Operação da PM

Esta operação em si não era para somente derrubar a barreira tática, mas sim com o objetivo de remover residências irregulares dentro da comunidade.

Outra região que recebeu PMs e também houve troca de tiros, foi no Caratê, próximo das 5h50.

Foto: Reprodução/TV Globo

Os melhores memes da #VazaJato na Internet 0 83

memes da #vazajato

Uma notícia caiu como uma bomba no domingo: o vazamento de áudios, vídeos e mensagens entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, evidenciando ações escusas, antiéticas e ilegais por parte de ambos. Como é de se esperar no Brasil, os internautas produziram inúmeros memes da #VazaJato na Internet.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:

Os fatos que deram origem aos memes da #VazaJato

memes da #vazajato
Reprodução/Café com Notícias

Domingo (09/06), uma reportagem veiculada pelo The Intercept Brasil trouxe à tona para a população brasileira uma notícia bombástica:áudios e mensagens trocadas entre o atual ministro da Justiça Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, quando moro ainda era juiz em Curitiba, evidenciam uma colaboração antiética e ilícita entre ambos, no âmbito da Lava Jato.

Segundo a série de reportagens do The Intercept, Moro e Dallagnol atuaram em conjunto, de forma ilegal, no âmbito da Lava Jato. Eles trocaram uma série de mensagens, na qual Moro dá uma série de dicas, pistas, palpites, instruções, enfim, colaborou com a operação, atitude essa que, enquanto juiz participante, está totalmente contra a lei.

O objetivo dessa colaboração seria obter a prisão do ex-presidente Lula, impedindo de concorrer às eleições e também encontrar meios para impedir, posteriormente, que Fernando Haddad ganhasse as eleições.

As fontes das reportagens

Conforme divulgado pelo The Intercept, há um vasto material, composto por mensagens no Telegram, fotos, áudios e vídeos. São mais de 1600 horas de áudio e vídeo. A fonte, por razões, óbvias, é anônima.

Em uma nota, o Ministério Público Federal atestou a veracidade e autenticidade das fontes. Dito de outro modo, as fontes são verdadeiras.

A reação da Internet

Como era de se esperar, a notícia bombou dentro e fora da Internet. Nas redes sociais, como Facebook, Twitter e Instagram, pessoas “comuns” e figuras mais conhecidas comentaram o caso.

Além disso, houve e continua havendo uma profusão de memes da #VazaJato, como ficou conhecido o vazamento dos materiais incriminadores.

Veja adiante alguns dos melhores memes da #VazaJato:

memes da #vazajato
Reprodução/Facebook – Prazeres Barros

 

Os melhores memes da #VazaJato na Internet 1
Reprodução/Facebook

Os melhores memes da #VazaJato na Internet 2
Reprodução/Facebook

Os melhores memes da #VazaJato na Internet 3
Reprodução/Facebook

Os melhores memes da #VazaJato na Internet 4
Reprodução/Facebook

Os melhores memes da #VazaJato na Internet 5
Reprodução/Facebook

Os melhores memes da #VazaJato na Internet 6
Reprodução/Facebook

 

Most Popular Topics

Editor Picks