Bandeira 2 no carnaval do Rio é autorizado aos táxis, Uber, 99 e outros comemoram 0 2

bandeira 2 taxi carnaval 2020

Uber, 99, Cabify e outros aplicativos comemoram decisão Secretaria Municipal de Transportes que autoriza a cobrança em bandeira 2 dos táxis convencionais que circulam pelo Rio de Janeiro (amarelos com faixa azul), durante todo o período do Carnaval 2020.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

As cobranças dos táxis deverão ser R$ 6 do início das corridas, mais R$ 3,18 por quilômetro rodado, que é o valor da bandeira dois na capital.

Muitos ainda utilizam táxi, porém diante das cobranças quem estiver com o smartphone preparado deverá utilizar de meios alternativos, como os aplicativos de transporte.

Bandeira 2

A cobrança entra em vigor a partir das 18h do dia 21 de fevereiro (sexta-feira), até a quarta-feira de Cinzas, às 12h do dia 26 de fevereiro. Quem estiver passando férias neste período, também irá enfrentar a bandeira 2 nos dias 29 de fevereiro, a partir das 18h, a 02 de março de 2020, até 6h.

Rio de Janeiro autoriza funcionamento do app Buser, o Uber de Ônibus.

Outros que estarão autorizados a fazerem essa cobrança serão os táxis executivos da capital. Eles poderá seguir a tabela tarifária nas viagens iniciadas em paradas de táxis que estejam em torno do Sambódromo. Toda a planilha de valores segundo a Secretaria Municipal de Transporte, deverá estar em um lugar bem visível para o passageiro.

Mais cobrança

Caso o percurso do passageiro passe por alguma via com pedágio, o mesmo será incluso na cobrança.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça o teto máximo do seguro desemprego em 2020 0 191

teto seguro desemprego 2020

O teto do seguro-desemprego foi reajustado em 2020 com base no aumento do salário mínimo, onde o principal índice levado em consideração foi o de 4,48% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Sendo assim a partir desde dia 11 de janeiro, a parcela máxima do seguro foi alterada de R$ 1735,29 para R$ 1813,03.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O salário mínimo teve um aumento de R$ 998 para R$ 1039 (4,1%).

Fazendo o cálculo do seguro-desemprego 2020

O valor das parcelas precisa considerar a média dos últimos três meses de salário antes da demissão. O pagamento não pode ser inferior a um salário mínimo, mas em todos os casos não chega a dois mínimos.

Trabalhadores com salários que eram de até R$ 1.599,61, devem multiplicar a média destes três últimos salários, por 0,8.

Já trabalhadores que ganhavam entre R$ 1599,62 e R$ 2666,29, devem multiplicar o valor excedido por 0,5 e somar sempre R$ 1279,69 a esta conta. O valor de soma é sempre o mesmo, o que altera é o de multiplicação.

E trabalhadores que ganham acima de R$ 2.666,29 e queiram dar entrada no seguro-desemprego, desde que tenham direito, independente do salário o valor mensal durante o período determinado pelo governo será de R$ 1813,03.

Documentos necessários para pedir o seguro-desemprego

Para poder solicitar os valores do seguro é preciso comparecer a Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego ou em um Sistema Nacional de Emprego (Sine), portando a seguinte documentação:

  • Cartão do PIS/Pasep ou o Cartão do Cidadão;
  • Guias do Seguro Desemprego;
  • Termo de rescisão do contrato de trabalho;
  • Carteira de trabalho;
  • Um documento de identificação com foto;
  • Comprovante de residência e escolaridade;
  • Documento dos depósitos do FGTS, documento judicial, extrato comprobatório de depósitos ou relatório de fiscalização;
  • Três últimos contracheques do trabalhador.

Hoje o pagamento do seguro varia entre três e cinco parcelas.

Maníaco do Sandero trocava as placas do carro para não ser identificado pela Polícia 0 122

maniaco do sandero

Após diversos ataques e tentativas de estupro em Curitiba e Região Metropolitana, o homem que ficou conhecido na região como “Maníaco do Sandero”, acabou sendo reconhecido por uma das vítimas na Delegacia da Mulher após o mesmo ter sido identificado pela central de inteligência e preso pela PM.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O criminoso tem 30 anos e foi preso no Centro de Curitiba no início da noite desta quarta-feira (08/01). Com ele durante a abordagem da PM foram encontrados uma faca, arma de fogo, fitas adesivas e também um cassetete.

Ele circulava no mesmo Sandero prata, onde o carro está bem sujo por fora e também por dentro. A perícia irá verificar quais foram os últimos atos realizados dentro do veículo.

Confrontos eclodem em protesto em Paris contra reforma da previdência.

Ação do criminoso

Segundo a PM, o criminoso sempre mudava a placa do carro quando faria uma nova tentativa de estupro. No último dia 11 houve o furto de uma placa na cidade de Tubarão em Santa Catarina, local em que a inteligência da PM identificou ele entrando e saindo com o Sandero da cidade.

Sempre que ele terminava a ação, colocava a placa original do carro e continuava circulando.

As investigações acontecem desde o último dia 19 de dezembro. O que se sabe até o momento é que ele tem 30 anos, seria de Santa Catarina e teria feito seis vítimas até o momento, pelo menos as que foram denunciadas à polícia. Não se sabe se realmente a sua profissão é Uber.

O criminoso ficou em Curitiba até o dia 30 de dezembro, retornou para Santa Catarina e então voltou para Curitiba no último dia 02 de janeiro.

Os policiais já estavam monitorando ele a algum tempo nas estradas.

Reconhecimento

Para reconhecer o suspeito, uma das vítimas foi até a Delegacia da Mulher e então confirmou que ele é o criminoso. Agora outras vítimas deverão reconhecer que é ele mesmo, para que o processo criminal possa ser instaurado.

maniaco sandero retrato falado preso

Most Popular Topics

Editor Picks