Novo Pente Fino do INSS começa nesta sexta-feira 12/07 0 17

pente fino inss comeca

Será iniciado a partir desta sexta-feira, dia 12 de julho de 2019, o novo pente-fino dos benefícios previdenciários através do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A publicação do início foi realizada em detalhes através do Diário Oficial da União.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Ontem (11/07), o governo publicou uma lei que viabiliza o orçamento para a realização de perícias no pente-fino, cujo o objetivo é o pagamento do bônus de peritos e servidores que trabalharem durante esta revisão. O governo só esperava essa liberação para dar o início na busca por benefícios suspeitos.

O presidente do INSS, Renato Vieira, informou que serão analisados cerca de 3 milhões de benefícios que contam com irregularidades já apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e também da Controladoria-Geral da União (CGU), órgãos de controle financeiro do governo.

Primeira etapa do Pente Fino

Nesta primeira etapa só serão analisados os benefícios que não exigem perícia médica, ou seja, apenas aqueles que estão sob suspeitas administrativas, identificadas pelos servidores do INSS. Eles já estarão recebendo um valor bônus de R$ 57,50 por cada processo que for concluído.

Em um primeiro momento a convocação será feita pelo caixa eletrônico, mas o INSS não descarta a possibilidade de enviar cartas aos beneficiários.

Segunda etapa

Os benefícios por incapacidade, que nada mais é do que o auxílio doença e a aposentadoria por invalidez, dependem de algumas mudanças no sistema do INSS para que possa começar a convocação. Nestes casos os peritos devem receber R$ 61,72 por exame concluído nos beneficiários.

Esta ainda não tem data para começar, mas não ficará de fora da revisão.

Benefícios na mira do governo

O governo tenta acalmar a população sobre o pente fino pois relata que estas revisões contam com o objetivo principal de combate a fraudes no sistema e a identificar pontos de vulnerabilidades para que esse tipo de caso não apareça regularmente. Portanto quem estiver com todos os exames em dia e possuir as condições para o recebimento do benefício não será atingido.

Entre as principais fraudes identificadas e que estão na mira principal do INSS neste pente fino, são pagamentos que estão sendo realizados mesmo com a suspeita de morte do beneficiário. Outro bem comum no caso de fraudes são os benefícios assistenciais. O BPC LOAS, onde famílias que contam com idosos acima dos 65 anos e pessoas com deficiência, estariam recebendo o benefício mesmo contando com faixa de renda superior ao máximo de 25% do salário mínimo per capita.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inflação chega ao menor nível dos últimos 13 anos 0 74

menor inflacao dos ultimos 13 anos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou nesta terça-feira (25/06) que a inflação no Brasil chegou ao seu menor nível dos últimos 13 anos neste mês de junho. A prévia da inflação oficial do país foi divulgada através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), onde a queda foi de 0,35% de maio para 0,06% em junho.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Esta é a menor prévia da inflação do mês de junho desde 2006. Na ocasião a prévia havia ficado em -0,15%. Entre os principais responsáveis pela queda segundo o IBGE, estão os preços de combustíveis e alimentos, onde em comparação com maio, o grupo de Alimentação e Bebidas apresentou uma deflação de -0,64%. Os combustíveis que tiveram uma alta de 3,30% em maio, sofreram uma queda para 0,67% em junho.

Nesta pesquisa do IBGE foram avaliados 9 grupos de produtos e serviços, onde a alimentação e bebidas, apesar da queda em todos os outros, foi o único que sofreu uma deflação. As altas em destaque ficou para o grupo de Saúde e Cuidados Pessoais, com aumento de 0,58% neste mês de junho.

Dados dos grupos pesquisados pelo IBGE

  • Alimentação e bebidas: -0,64%
  • Habitação: 0,52%
  • Artigos de residência: 0,01%
  • Vestuário: 0,09%
  • Transportes: 0,25%
  • Saúde e cuidados pessoais: 0,58%
  • Despesas pessoais: 0,11%
  • Educação: 0,09%
  • Comunicação: 0,00%

Alimentos e bebidas na inflação

O IBGE informou que a safra agrícola deste mês fez que diversos itens da alimentação que são importantes na mesa do brasileiro, caísse a um patamar ótimo para o consumidor. O tomate sofreu uma queda de -13,43%, o feijão carioca -14,99%, o feijão mulatinho -11,48%, feijão preto -8,84%, a batata inglesa caiu -11,30% e grande parte das frutas sofreu uma queda de -5,25%.

A alimentação em restaurantes, algo que é feito por muitos brasileiros no dia a dia, também teve uma queda de -0,15%, uma desaceleração segundo o IPCA-15, de 0,48% em maio para 0,33% em junho.

Combustíveis e transportes

Já o grupo dos combustíveis e transportes que estava em 0,65% em maio, desacelerou em junho para 0,25%. Ele e a alimentação foram os principais responsáveis por desacelerar a inflação.

A gasolina subiu 0,10% em junho, um índice muito menor com relação aos 3,29% de alta em maio. O álcool (Etanol) chegou a cair -4,57% e junho, diante de uma alta de 4% em maio.

Bolsonaro muda de ideia e diz que pode tentar reeleição 0 48

Bolsonaro muda de ideia e diz que pode tentar reeleição 3

Menos de seis meses desde que assumiu o cargo, o presidente de direita Jair Bolsonaro disse que poderia concorrer a um segundo mandato, apesar de ter prometido, durante a campanha eleitoral, acabar com a reeleição para os presidentes brasileiros.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:

Reeleição

Bolsonaro muda de ideia e diz que pode tentar reeleição 4

Depois de participar de uma marcha religiosa de cristãos evangélicos na quinta-feira, Bolsonaro disse que se o Congresso não reformar substancialmente o sistema político brasileiro, ele considerará a possibilidade de concorrer novamente em 2022.

“Se houver uma boa reforma política, posso até jogar fora a possibilidade de reeleição. Mas se não houver, e as pessoas quiserem, estamos aqui para continuar por mais quatro anos ”, disse ele a repórteres.

Ex-capitão do Exército e congressista de sete mandatos, Bolsonaro foi eleito em outubro pelos eleitores brasileiros enfurecidos pela corrupção generalizada e pelo aumento da violência. Ele prometeu limpar a política ao acabar com as negociações com o Congresso, praticadas por ex-presidentes para poder governar o maior país da América Latina.

Até agora, Bolsonaro não conseguiu apoio suficiente entre os legisladores para passar o item mais importante em sua agenda, uma revisão do dispendioso sistema previdenciário para evitar uma crise fiscal.

Ele governou por decreto sobre questões como leis relaxantes sobre armas e redução do tamanho do governo, mas sua popularidade despencou desde a eleição, enquanto buscava questões secundárias, como a flexibilização das regras de trânsito, enquanto a economia vacilava.

As demissões no governo Bolsonaro

Bolsonaro demitiu três ministros de disputas internas, incluindo seu ex-gerente de campanha Gustavo Bebianno e o general aposentado Carlos Santos Cruz, um assessor militar próximo, criticado por seus filhos.

Na sexta-feira ele anunciou em uma mensagem no Twitter que o major da polícia militar e advogado, Jorge Antonio Oliveira, se tornaria o secretário-geral da presidência, substituindo o general reformado Floriano Peixoto, que comandará o serviço postal.

Most Popular Topics

Editor Picks