Skip to content

Bandidos da Cidade de Deus trocam tiros com a PM nesta quarta

12 de junho de 2019
bandidos atras barreira cidade de deus

A manhã desta quarta-feira (12/06) amanheceu sob fogo cruzado na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Bandidos travaram uma batalha contra policiais militares na região, já a partir das 6h40 desta manhã.

Os policiais entraram na favela com seu veículo blindado, com o intuito de se aproximar de uma barreira que foi reconstruida pelos bandidos, onde em um outro momento havia sido demolida pelo batalhão da PM. Os criminosos fortemente armados com fuzis e pistolas, usaram esta barreira como proteção, enquanto trocavam tiros contra o blindado e policiais que seguiam por terra.

O helicóptero da polícia dava cobertura a partir das 7h10 e outro de uma emissora acompanhava toda a operação.

Foram mais de 30 minutos de fogo cruzado, quando os bandidos acabaram recuando para uma área da mata próxima da favela. O blindado avançou e mais uma vez derrubou a barreira de concreto construida para dar um “apoio tático” aos bandidos.

Por trás da barreira

Os criminosos utilizaram esta barreira para criar uma tática contra os PM, onde se revezavam contra os policiais, disparando constantemente contra os policiais. A parede foi atingida diversas vezes durante o confronto, mas não chegou a ser atravessada, pois era feita de concreto.

Essas barreiras são construidas em pontos estratégicos dentro da Cidade de Deus e de outras favelas do Rio de Janeiro. Elas auxiliam os criminosos fornecendo “segurança” para que uma equipe possa monitorar a movimentação das equipes táticas da PM dentro da comunidade.

Esta barreira em questão, havia a pouco tempo sido derrubada por agentes do mesmo batalhão em outra operação na favela. Mas rapidamente ela foi reconstruida pois se trata de um ponto importante de monitoramento.

Operação da PM

Esta operação em si não era para somente derrubar a barreira tática, mas sim com o objetivo de remover residências irregulares dentro da comunidade.

Outra região que recebeu PMs e também houve troca de tiros, foi no Caratê, próximo das 5h50.

Foto: Reprodução/TV Globo