Novo ministro do STF deve ser “Terrivelmente” evangélico 0 28

bolsonaro ministro stf evangelico

Bolsonaro vem “adoçando” a bancada evangélica na Câmara dos Deputados, com participações em diversos atos, inclusive cultos que acontecem antes dos debates, além é claro de promessas futuras sobre a sua indicação para o Supremo Tribunal Federal (STF), onde durante o seu mandato dois dos atuais ministros, Celso de Mello e Marco Aurélio de Mello, devem se aposentar.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Como mais um sinal de que estará do lado desta área na Câmara, Bolsonaro nesta semana disse que uma das vagas em aberto será destinada a um ministro “terrivelmente evangélico”. Ao mencionar isso, o presidente já iniciou uma corrida de especulações de quem poderá ser o responsável por ocupar a vaga, já que deverá além de ser evangélico, também possuir condições acadêmicas, pois é uma das marcas deste governo.

A primeira vaga aberta de ministro irá ocorrer no dia primeiro de novembro de 2020, quando Celso de Mello irá completar seus 75 anos de idade e deverá se aposentar conforme exige a lei. A outra vaga disponível só será aberta no mês de julho de 2021, quando Marco Aurélio de Mello deverá deixar o cargo também.

O anúncio do novo ministro “terrivelmente” evangélico foi feito nesta quarta-feira (10/07) na Frente Parlamentar Evangélica, após um culto que ocorreu na Câmara antes da retomada dos debates que resultaram em uma aprovação em primeiro turno da tão falada Reforma da Previdência.

Quem é o ministro queridinho?

Sem citar nomes, Bolsonaro deixou “em aberto” quem poderá ocupar essa vaga, com o perfil pré estabelecido. Como há duas vagas, provavelmente uma delas será destinada ao atual Ministro da Justiça, Sérgio Moro, como já foi citado por Bolsonaro em uma outra ocasião, mas a vaga evangélica ainda é uma incógnita.

Um dos “queridinhos” pelos evangélicos é o atual chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), André Luiz Mendonça.

Discurso de Bolsonaro sobre o futuro ministro do STF

As falas de Bolsonaro na Câmara dos Deputados foram as seguintes:

“- Um deles será terrivelmente evangélico… – Quantos tentam nos deixar de lado dizendo que o Estado é laico? O Estado é laico, mas nós somos cristãos. Ou, para plagiar a nossa querida Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, nós somos terrivelmente evangélicos…”

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LULA tem fortuna “sequestrada” na Lava Jato por Luiz Antônio Bonat 0 80

juiz bonat determina sequestro de dinheiro de lula

Luiz Antônio Bonat, juiz da Operação Lava Jato, à frente do caso de Luiz Inácio Lula da Silva, determinou neste último dia 26/06 o “sequestro” e arresto da fortuna do ex-presidente. Em números estão retidos cerca de R$ 77,9 milhões de Lula.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A decisão foi realizada após o pedido do Ministério Público Federal (MPF), em relação à compra de um terreno onde seria construida a nova sede do Instituto Lula e também de um imóvel ao lado de seu apartamento em São Bernardo do Campo.

Inicialmente o sequestro dos bens de Lula haviam sido negados no último mês de agosto. Isso porque os bens do ex-presidente já estavam bloqueados por conta da ação relacionada ao triplex do Guarujá em São Paulo. Bonat explica que a multiplicidade dos bloqueios sobre o mesmo patrimônio, não produz efeito prático significativo, atrapalhando à liquidação e destinação dos ativos.

Segundo Bonat, o valor mínimo na reparação de danos sobre o triplex era de R$ 16 milhões. Porém neste ano o valor acabou sendo reduzido para R$ 2,4 milhões pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), em decorrência de um recurso apresentado pela defesa. Em relação a isso, parte dos bens que foram bloqueados poderiam ser liberados, mesmo antes da conclusão do caso, por isso Bonat optou rever a decisão e examinar os pedidos do Ministério Público.

Milhões

O bloqueio tem o objetivo de garantir a reparação mínima dos danos, que hoje estão calculados em R$ 75,4 milhões. Esse valor é correspondente à porcentagem de propina “supostamente” entregue pela Odebrecht, através da assinatura de contratos com a Petrobras.

O MPF ainda estima que há ainda uma pena de multa em R$ 13 milhões, em decorrência da imputação contra Lula e o seu elevado padrão econômico. Mas neste caso o juiz considera uma multa menor, algo em torno de R$ 3 milhões, um valor que ainda será revisado antes da publicação da sentença.

Juntamente com o valor da multa, o total chega em R$ 78,4 milhões. Sendo assim o valor “final” até o momento é de R$ 77,9 milhões, pois já foram descontados os R$ 504 mil referentes ao apartamento sequestrado de São Bernardo do Campo.

Inflação chega ao menor nível dos últimos 13 anos 0 74

menor inflacao dos ultimos 13 anos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou nesta terça-feira (25/06) que a inflação no Brasil chegou ao seu menor nível dos últimos 13 anos neste mês de junho. A prévia da inflação oficial do país foi divulgada através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), onde a queda foi de 0,35% de maio para 0,06% em junho.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Esta é a menor prévia da inflação do mês de junho desde 2006. Na ocasião a prévia havia ficado em -0,15%. Entre os principais responsáveis pela queda segundo o IBGE, estão os preços de combustíveis e alimentos, onde em comparação com maio, o grupo de Alimentação e Bebidas apresentou uma deflação de -0,64%. Os combustíveis que tiveram uma alta de 3,30% em maio, sofreram uma queda para 0,67% em junho.

Nesta pesquisa do IBGE foram avaliados 9 grupos de produtos e serviços, onde a alimentação e bebidas, apesar da queda em todos os outros, foi o único que sofreu uma deflação. As altas em destaque ficou para o grupo de Saúde e Cuidados Pessoais, com aumento de 0,58% neste mês de junho.

Dados dos grupos pesquisados pelo IBGE

  • Alimentação e bebidas: -0,64%
  • Habitação: 0,52%
  • Artigos de residência: 0,01%
  • Vestuário: 0,09%
  • Transportes: 0,25%
  • Saúde e cuidados pessoais: 0,58%
  • Despesas pessoais: 0,11%
  • Educação: 0,09%
  • Comunicação: 0,00%

Alimentos e bebidas na inflação

O IBGE informou que a safra agrícola deste mês fez que diversos itens da alimentação que são importantes na mesa do brasileiro, caísse a um patamar ótimo para o consumidor. O tomate sofreu uma queda de -13,43%, o feijão carioca -14,99%, o feijão mulatinho -11,48%, feijão preto -8,84%, a batata inglesa caiu -11,30% e grande parte das frutas sofreu uma queda de -5,25%.

A alimentação em restaurantes, algo que é feito por muitos brasileiros no dia a dia, também teve uma queda de -0,15%, uma desaceleração segundo o IPCA-15, de 0,48% em maio para 0,33% em junho.

Combustíveis e transportes

Já o grupo dos combustíveis e transportes que estava em 0,65% em maio, desacelerou em junho para 0,25%. Ele e a alimentação foram os principais responsáveis por desacelerar a inflação.

A gasolina subiu 0,10% em junho, um índice muito menor com relação aos 3,29% de alta em maio. O álcool (Etanol) chegou a cair -4,57% e junho, diante de uma alta de 4% em maio.

Most Popular Topics

Editor Picks