Conheça o teto máximo do seguro desemprego em 2020 0 53

teto seguro desemprego 2020

O teto do seguro-desemprego foi reajustado em 2020 com base no aumento do salário mínimo, onde o principal índice levado em consideração foi o de 4,48% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Sendo assim a partir desde dia 11 de janeiro, a parcela máxima do seguro foi alterada de R$ 1735,29 para R$ 1813,03.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O salário mínimo teve um aumento de R$ 998 para R$ 1039 (4,1%).

Fazendo o cálculo do seguro-desemprego 2020

O valor das parcelas precisa considerar a média dos últimos três meses de salário antes da demissão. O pagamento não pode ser inferior a um salário mínimo, mas em todos os casos não chega a dois mínimos.

Trabalhadores com salários que eram de até R$ 1.599,61, devem multiplicar a média destes três últimos salários, por 0,8.

Já trabalhadores que ganhavam entre R$ 1599,62 e R$ 2666,29, devem multiplicar o valor excedido por 0,5 e somar sempre R$ 1279,69 a esta conta. O valor de soma é sempre o mesmo, o que altera é o de multiplicação.

E trabalhadores que ganham acima de R$ 2.666,29 e queiram dar entrada no seguro-desemprego, desde que tenham direito, independente do salário o valor mensal durante o período determinado pelo governo será de R$ 1813,03.

Documentos necessários para pedir o seguro-desemprego

Para poder solicitar os valores do seguro é preciso comparecer a Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego ou em um Sistema Nacional de Emprego (Sine), portando a seguinte documentação:

  • Cartão do PIS/Pasep ou o Cartão do Cidadão;
  • Guias do Seguro Desemprego;
  • Termo de rescisão do contrato de trabalho;
  • Carteira de trabalho;
  • Um documento de identificação com foto;
  • Comprovante de residência e escolaridade;
  • Documento dos depósitos do FGTS, documento judicial, extrato comprobatório de depósitos ou relatório de fiscalização;
  • Três últimos contracheques do trabalhador.

Hoje o pagamento do seguro varia entre três e cinco parcelas.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Granada é lançada contra policiais no Morro do Urubu e operação mata quatro 0 109

apreensao morro do urubu twitter policia militar

Na noite deste sábado (21/12) a polícia realizou uma operação no Morro do Urubu, região localizada em Pilares, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Quatro bandidos foram mortos durante a ocupação, mas um sargento acabou sendo atingido por estilhaços de uma granada na mão esquerda e no maxilar.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O policial ferido durante a operação já recebeu alta.

Durante a operação os policiais acabaram sendo alvejados próximo da Rua Pequi. Eles estavam indo pela mata da região, quando foram recebidos com tiros pelos bandidos da região. Segundo o 3º BPM (Méier), quatro feridos foram localizados, mas mesmo sendo encaminhados para o Hospital Municipal Salgado Filho, acabaram não resistindo aos ferimentos em decorrência da operação.

Essas mortes estão sendo investigadas pela Divisão de Homicídios (DH) do município.

Operação no Morro do Urubu

Durante a operação foram apreendidos três pistolas 9mm, um fuzil calibre 556 e dois rádio transmissores. Neste ano a região viveu um intenso confronto entre os próprios traficantes, onde as facções estavam disputando o comando da região. A “guerra” no local está mais “tranquila” neste fim de ano.

Outro fuzil e uma metralhadora também foram apreendidos na comunidade da Covanca, região de Jacarepaguá. Além disso muita munição, roupas camufladas e três granadas estavam entre as apreensões.

Em 2019 já foram apreendidos 496 fuzis no Rio de Janeiro, segundo a Polícia Militar.

McDonalds abre 200 vagas para pessoas com deficiência neste fim de ano 0 115

mc donalds vagas emprego pcd

Para este fim de ano o McDonald’s está contratando mais de 3 mil novos colaboradores por todo o país. E destas vagas aproximadamente 200 são dedicadas para pessoas com deficiência. O número pode parecer pouco se tratando de Brasil, mas é uma boa oportunidade para quem está em busca de um emprego, principalmente o primeiro emprego.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Todas as informações sobre as vagas estão sendo divulgadas através do seguinte endereço eletrônico:

Basta acessar o menu “Cadastre seu currículo” e então preencher o formulário com seus dados profissionais e pessoais. Há também a possibilidade de cadastrar o currículo em vagas na área corporativa, porém não há uma página específica para isso.

Localização de usuários do Facebook é monitorada mesmo estando desligada.

Para vagas da área corporativa é preciso enviar um email para:

  • trabalheconosco@br.mcd.com

Não é preciso experiência

A rede de fast food não exige experiência para a grande maioria dos cargos. A única exigência é que o candidato esteja cursando ou já tenha concluído o ensino médio.

Hoje o McDonald’s conta com mais de 50 mil colaboradores por todo o Brasil.

Essas novas vagas de fim de ano acontecem para fechar o plano de gerar novos 18 mil empregos em 2019. Para 2020 a empresa espera superar as expectativas.

Most Popular Topics

Editor Picks